Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-26T15:30:51-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Subindo!

Ações da Thyssenkrupp vão para cima com possível venda da divisão de elevadores

Rumores crescentes quanto à compra da divisão de elevadores da Thyssenkrupp para a empresa finlandesa Kone animam a bolsa da Alemanha nesta quarta-feira (26)

26 de junho de 2019
12:18 - atualizado às 15:30
Pessoa aperta botão "para cima" de um elevador
Ações da Thyssenkrupp lideram os ganhos do índice DAX, da Alemanha - Imagem: Shutterstock

Quase todas as bolsas da Europa fecharam o pregão desta quarta-feira (26) com um leve viés negativo. No entanto, um dos principais índices acionários do velho continente destoou do restante: na Alemanha, o DAX teve ganho de 0,14%. E isso porque o mercado alemão pegou carona num elevador da Thyssenkrupp — e ele estava subindo.

As ações do conglomerado fecharam em forte alta de 6,88%, a 12,50 euros, e apresentaram o melhor desempenho do DAX nesta quarta-feira— o índice é composto pelos ativos das 30 maiores empresas de capital aberto da Alemanha. Tudo isso por causa dos rumores crescentes envolvendo a venda de uma segmento chave da companhia.

De acordo com a publicação Der Platow Brief, a empresa finlandesa Kone está preparando uma oferta pela divisão de elevadores da Thyssenkrupp — os valores da proposta estariam oscilando entre 12 e 15 bilhões de euros. Mais cedo, as ações da companhia alemã chegaram a avançar 8,89%, a 12,73 euros.

O interesse da Kone nos elevadores da Thyssenkrupp não é novo. No mês passado, a Reuters já havia afirmado que os finlandeses estariam estudando a compra da divisão, em meio às dificuldades financeiras enfrentadas pela empresa da Alemanha.

Recentemente, a Thyssenkrupp declarou que planejava abrir o capital de sua divisão de elevadores, de modo a levantar recursos de maneira rápida. No entanto, a Kone parece ter planos diferentes — e a edição de hoje do Der Platow Brief fortalece as apostas numa negociação direta entre as partes.

A empresa alemã encerrou o segundo trimestre fiscal do ano 2018/2019 — período finalizado em 31 de março — com receita líquida de 10,6 bilhões de euros. A divisão de elevadores respondeu, sozinha, por 1,87 bilhão de euros, ou 17,6% da receita total do grupo.

Em seu último relatório financeiro, a Thyssenkrupp diz projetar um prejuízo líquido no ano fiscal 2018/2019, em função de gastos de reestruturação para melhorias de desempenho no futuro e de provisões no médio prazo. Preparações para o IPO do segmento de elevadores também são citados como fator de pressão para o resultado líquido da empresa.

Mesmo com os ganhos de hoje, as ações da empresa alemã ainda acumulam perdas de mais de 15% desde o início do ano. Já os papéis da Kone terminaram o pregão desta quarta-feira em alta de 0,50% na bolsa de Helsinque — em 2019, os ativos da companhia finlandesa acumulam valorização de quase 30%.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Me vê bitcoin

De olho no interesse dos clientes por bitcoin (BTC), Mastercard vai lançar plataforma que une criptomoedas com cartões de débito e crédito

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: Entre “O fim do Brasil —parte 2” e o começo da terceira via

Depois do desastre com o teto de gastos, o que podemos esperar de uma resolução que não envolva nem Lula nem Bolsonaro?

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: Suas definições de “responsabilidade fiscal” foram atualizadas

A temporada de resultados brasileira, que começou na última sexta-feira, segue hoje com EcoRodovias, EDP Brasil, Neoenergia e TIM, após o fechamento do mercado. Enquanto isso, ao longo do dia, o presidente Jair Bolsonaro deverá lançar o Programa de Crescimento Verde, indicativo positivo para a COP26 de novembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

UM OLHO NO GATO, OUTRO NO PEIXE

Como a encrencada Evergrande pretende se inspirar em Elon Musk para sair da draga

Depois de depositar dinheiro devido a credores externos, fundador fala em deixar em segundo plano os empreendimentos imobiliários para investir em setores considerados mais promissores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies