Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T16:03:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Novos rumos

Uber quer chegar na bolsa americana valendo US$ 120 bilhões

Passo é um marco para uma das principais empresas do Vale do Silício, que pretende entrar na Bolsa de Valores em 2019

11 de dezembro de 2018
7:04 - atualizado às 16:03
Uber
Uber - Imagem: Shutterstock

A Uber entregou documentos para protocolar sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), segundo o "Broadcast" do Estadão desta terça-feira, 11.

O passo é um marco para uma das principais empresas do Vale do Silício, que pretende entrar na Bolsa de Valores em 2019.

Segundo reportagem do Wall Street Journal, que ouviu bancos de investimento ligados à operação, o Uber quer chegar à Bolsa avaliado em US$ 120 bilhões. O valor supera de forma considerável os US$ 76 bilhões da mais recente avaliação da empresa, feita quando o Uber vendeu parte de suas ações para a montadora japonesa Toyota, por US$ 500 milhões.

De acordo com o jornal, há indícios de que o Uber poderá abrir seu capital logo no primeiro semestre, antecipando o prazo esperado por especialistas. O presidente executivo do Uber, Dara Khosrowshahi, disse anteriormente projetar que a empresa estreasse na Bolsa no segundo semestre de 2019.

Corrida de unicórnios

A pressa do Uber faz parte de um movimento generalizado dos chamados “unicórnios” - as startups de capital privado avaliadas em mais de US$ 1 bilhão - para antecipar a chegada à Bolsa. Segundo o The New York Times, trata-se de uma reação a um volátil mercado de ações e à perspectiva de uma desaceleração econômica no ano que vem.

Uma das fontes da reportagem do Wall Street Journal afirmou que o Uber apelidou o planejamento de seu IPO de “Projeto Liberdade” - o nome é provavelmente uma referência aos funcionários e investidores que há anos esperam para vender suas participações na empresa.

Segundo a agência de notícias Reuters, a abertura de capital do Uber deve ser a mais bem avaliada entre uma série de IPOs de empresas do Vale do Silício esperadas para 2019 - entre elas, estão o serviço de aluguéis Airbnb, a plataforma de mensagens corporativas Slack e o aplicativo de transporte Lyft.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Índice geral de preços

IGP-M avança 0,78% em julho e acumula alta de 33,83% em 12 meses

O resultado é influenciado principalmente pelos efeitos sazonais, exportações e alta no Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA)

Esquenta dos Mercados

PIB e inflação dos EUA devem movimentar o dia enquanto temporada de balanços avança e anima mercados

E mais: China acalma medo regulatório dos investidores e bolsas da Ásia sobem, animando os índices pelo mundo

Contrato assinado

Petrobras assina contrato para venda da Gaspetro

O valor da venda é de R$ 2,03 bilhões, assinado com a empresa Compass Gás e Energia S.A.; o fechamento da transação está sujeito a aprovação pelo Cade

Estrada disputada

TCU aprova plano de concessão da Dutra e dá aval à isenção de pedágio para motos

Atualmente a rodovia é administrada pela CCR, mas contrato, que já foi prorrogado, se encerra no começo do próximo ano, e haverá um novo leilão

Cerveja em alta

Com crédito tributário, Ambev lucra quase R$ 3 bilhões no segundo trimestre

Decisão do STF levou a um impacto positivo de R$ 1,6 bilhão no resultado final, mas fabricante de bebidas apresentou crescimento de 19% nos volumes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies