Menu
2018-09-25T18:05:44-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Alvo de investimentos

Fundo gigante do Reino Unido diz que Brasil está muito barato e mudará sua recomendação

Maior fundo de pensão do Reino Unido pretende mudar a classificação de investimentos do Brasil depois das eleições

25 de setembro de 2018
15:34 - atualizado às 18:05
Brasil em promoção
Investidores estrangeiros sinalizam interesse no Brasil pós-eleiçãoImagem: Shutterstock

A forma como os gringos enxergam o Brasil dá sinais de mudança. Um dos maiores fundos de pensão do Reino Unido, o Universities Superannuation Scheme (USS), vai mudar a classificação de investimentos no Brasil de "underweight" para "neutro" depois das eleições. A percepção dos dirigentes é de que o país tem potencial subestimado e está muito barato. O USS tem sob seu domínio 60,5 bilhões de libras em ativos.

Para a chefe global para mercados emergentes do USS, Carmel Peters, os ativos dos países emergentes estão subavaliados. A princípio, a decisão de alterar a nota do Brasil independe de quem vença as eleições presidenciais.

Mas as coisas ainda podem mudar. Durante o seminário FT Investment Management Summit, realizado nesta terça-feira, 25, em Londres, Peters enfatizou que o cenário político no Brasil é "muito estranho" e trouxe três grandes preocupações para o país: a corrupção, a recessão econômica e a violência.

Para ela, os preços de investimentos no Brasil estão tão baratos por causa das indefinições eleitorais. "É impossível saber quem será o próximo presidente".

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Sustentabilidade

Governo Biden deve cobrar do Brasil medidas concretas sobre meio ambiente

Desde o início do governo Bolsonaro, o Brasil adotou posições no cenário internacional alinhadas com a gestão Trump, que devem ser refutadas no mandato de Biden

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies