Menu
2018-12-19T12:45:16-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
RECOMPENSA

Petrobras aprova pagamento de R$ 4,293 bilhões em dividendos aos acionistas

Em fato relevante, a companhia destaca que o valor será pago em até 60 dias após a Assembleia Geral Ordinária (AGO) a ser realizada em 25 de abril de 2019, ou em outra data a ser deliberada na AGO

19 de dezembro de 2018
9:15 - atualizado às 12:45
Petrobras
Imagem: shutterstock

Em reunião realizada nesta terça-feira (18), o conselho de administração da Petrobras aprovou a distribuição antecipada aos acionistas sob a forma de juros sobre o capital (JCP) de R$ 4,293 bilhões, ou seja, R$ 0,05 por ação ordinária e de R$ 0,70 por ação preferencial (valor bruto). Em fato relevante, a companhia destaca que o montante será pago em até 60 dias após a Assembleia Geral Ordinária (AGO) a ser realizada em 25 de abril de 2019, ou em outra data a ser deliberada na AGO.

A companhia ficou sem pagar dividendos aos acionistas por três anos diante da crise que assolou a empresa em meio à Lava Jato e aos problemas da economia brasileira e da cotação do barril do petróleo. A companhia voltou a remunerar o acionista em maio deste ano e em agosto.

A estatal anunciou em março deste ano uma nova política de remuneração dos acionistas. Em vez de pagamentos anuais, a Petrobras passou a aprovar pagamentos trimestrais de dividendos e juros sobre  o capital para os acionistas.

Dividendos em 2018

A gigante também informa que o valor será provisionado nas demonstrações contábeis do quarto trimestre deste ano, com base na posição acionária de 21 de dezembro de 2018.

Com isso, o total antecipado referente ao exercício de 2018 soma, incluindo essa parcela, R$ 0,25 por ação ON e R$ 0,90 por ação PN.

No caso das ADRs negociadas na Bolsa de Nova York (NYSE), a empresa diz que as datas serão oportunamente divulgadas pelo The Bank of New York Mellon, banco depositário dos recibos.

A companhia ainda destaca que os valores serão atualizados pela variação da Selic, de 31 de dezembro de 2018 até a data do efetivo pagamento. Também incidirá sobre esse montante imposto de renda retido na fonte, "mediante aplicação da alíquota cabível".

Porém, as retenções de imposto de renda não serão aplicadas aos acionistas cujos dados cadastrais comprovem a condição de imunes, isentos ou acionistas domiciliados em países ou jurisdições para os quais a legislação estabeleça tratamento diverso.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Entrevista

Vitreo não será “mais uma” plataforma de investimentos na concorrência com XP, diz CEO

Patrick O’Grady conta por que a Vitreo, que possui hoje R$ 4,5 bilhões e 60 mil clientes, decidiu entrar na disputa pelo território ocupado hoje por mais de duas dezenas de corretoras, bancos e fintechs

SEXTOU COM RUY

As grandes vencedoras na crise e o “vício” das perdedoras no lucro

O problema dessas empresas “reloginho” – com lucros estáveis e recorrentes – é que elas atraem acionistas que só conseguem pensar nos dividendos

Balanço da covid no país

Brasil supera Itália em número de mortes por coronavírus e chega a 33.884

O Brasil registrou 33.884 mortes provocadas pelo coronavírus até agora. Há 612.862 casos confirmados da doença em todo o país

coronavírus na energia

Copasa prorroga pagamento de contas devido à pandemia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que prorrogou os prazos das medidas de auxílio aos clientes, a fim de minimizar os impactos à população devido à pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Licença para gastar

Na crise financeira de 2008, as autoridades dos países desenvolvidos se encontraram diante de um dilema: era certo usar dinheiro público para salvar os bancos que estavam à beira da falência? Se por um lado eles foram os grandes culpados pelo próprio destino, por outro os efeitos colaterais de uma quebradeira no sistema financeiro afetariam […]

Recorde histórico

Em meio à pandemia, poupança tem captação líquida recorde de R$ 37,201 bilhões em maio

Este é o maior volume de depósitos líquidos em um único mês em toda a série histórica do BC, iniciada em janeiro de 1995

Bolsa imparável

Ibovespa sobe pelo quinto dia, desafiando até mesmo o tom mais cauteloso no exterior

O Ibovespa contrariou a tendência global e fechou em alta, aproximando-se do patamar dos 94 mil pontos. O tom mais cauteloso visto lá fora só foi sentido no mercado de câmbio, com o dólar à vista subindo e voltando a R$ 5,13

MP 936

Maia avalia que desoneração de folha evita mais desemprego na crise

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a prorrogação da desoneração da folha de pagamento até o fim de 2021, como proposto no texto da medida provisória 936 aprovada pela Câmara, vai evitar um impacto de R$ 10 bilhões nos custos de mão de obra de 17 setores

Efeito covid

Busca por passagem aérea no Brasil atinge mínima histórica no Google

Diante de pandemia que deixou aéreas sem operação e impôs isolamento, as buscas por passagem aérea no Brasil atingiram o menor nível histórico no Google

Marink Martins: In GOLD we trust

Marink Martins vai apresentar o que se passa na mente dos principais investidores internacionais, condensando a avaliação de quem já esteve a frente da tesouraria de grandes bancos nos EUA e no Brasil.     Sem opções rentáveis na renda fixa, todos querem alternativas seguras. Agora, Marink Martins compartilha exclusivamente com você qual poderá ser a […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements