Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-12-14T17:29:53-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Cash is king

Mais de US$ 115 bilhões deixaram os mercados globais de ações e dívida em uma semana

Dados da EPFR Global evidenciam a postura cautelosa dos investidores. Na contramão, fundos voltados ao Brasil captaram US$ 100 milhões

14 de dezembro de 2018
16:38 - atualizado às 17:29
dólar cotação
Imagem: Shutterstock

Tem uma expressão de mercado que diz “cash is king” ou “o dinheiro é rei”, que serve para diversas situações, entre elas momentos de incerteza, como o atual. Essa expressão casa bem com os dados da EPFR Global, que mostraram uma acentuada saída de recursos dos mercados de ações e títulos e uma captação recorde de mais de US$ 115 bilhões pelos “Money Market Funds”, fundos de curto prazo e baixo risco vistos como "porto seguro", na semana encerrada dia 12 de dezembro.

Segundo a consultoria, que acompanha mais de 100 mil fundos ao redor do mundo, com cerca de US$ 34 trilhões em ativos, os investidores saíram dos demais ativos, como ações e dívida soberana e corporativa, antes dos feriados de fim de ano.

Ainda de acordo com EPFR Global, motivos não faltam para essa postura mais defensiva. Os mercados continuam oscilando entre otimismo e pessimismo sobre as relações comerciais entre China e Estados Unidos, o Banco Central Europeu (BCE) anunciou que vai começar a reduzir seu programa de compra de ativos, e no dia 19, o Federal Reserve (Fed), banco central americano, deve confirmar mais um aperto de 25 ponto-base na taxa de juros dos EUA.

No cômputo geral do período, todos os fundos de ações acompanhados tiveram um saque líquido de US$ 38,9 bilhões e outros US$ 13 bilhões saíram dos fundos de dívida.

Mercados Emergentes

Entre os emergentes, a China continuou como destaque na categoria Fundos de Ações de Mercados Emergentes. Mas na avaliação da consultoria, os investidores estão cortando agressivamente a sua exposição aos mercados onde enxergam maiores riscos políticos e políticas econômicas inconsistentes.

Mesmo assim, a crença nas agendas reformistas segue atraindo dinheiro para os fundos de ações do Brasil e do México. Os fundos que investem em ações do Brasil captaram US$ 100 milhões no período, quarto resultado positivo das últimas sete semanas.

O gráfico abaixo mostra o fluxo para os fundos dos BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) mais Coreia do Sul de 2008 até hoje. Destaque para a Índia que segue com resultado positivo, mesmo depois do forte saque visto na semana, depois que o presidente do Banco Central deixou o cargo de forma inesperada.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O MELHOR DA SEMANA

Ronaldo Fenômeno ficou maluco? Saiba como funciona a SAF, que permitiu ao craque pagar R$ 400 milhões pelo Cruzeiro

Conheça também os principais candidatos a Sociedade Anônima de Futebol e para que tipo de clube ela pode ser mais interessante

Dê o play!

Com a Selic acima de 10%, quais os próximos passos do BC? O podcast Touros e Ursos debate o futuro da taxa de juros

No podcast Touros e Ursos desta semana, a equipe do SD discutiu o cenário para a Selic e o BC em 2022. Até onde o Copom vai subir os juros?

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa no azul apesar da volatilidade, bitcoin no vermelho e imbróglios com FII e Oi: o que marcou o mercado nesta sexta

Numa semana marcada pela escalada das tensões entre Rússia e Ucrânia, decisão de juros nos Estados Unidos e um discurso mais hawkish (duro contra a inflação) por parte do presidente do banco central americano, Jerome Powell, o Ibovespa conseguiu, mais uma vez, acumular alta. E as bolsas americanas – pasme – também. A sexta-feira (28) […]

DESINVESTIMENTOS

Em negócio bilionário, Petrobras (PETR4) vende ativos na Bacia Potiguar para subsidiária da 3R Petroleum (RRRP3); saiba quanto entrou nos cofres da estatal

A bola da vez é um conjunto de 22 concessões de campos de produção terrestre e de águas rasas, juntamente à sua infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies