Menu
2018-09-24T08:01:53-03:00
Mercados

Cardápio dos mercados serve (de novo) pesquisa eleitoral e tensão EUA-China

Pesquisa mostra Haddad consolidado em segundo lugar e Bolsonaro na frente. Lá fora, segue a tensão comercial entre EUA e China

24 de setembro de 2018
7:53 - atualizado às 8:01
cardápio
No menu de hoje, pesquisa FSB/BTG traz subida de HaddadImagem: Shutterstock.com

A semana do investidor começa com um cardápio requentado - o mesmo que tem provocado indigestão nas últimas semanas. Os mercados devem reagir à divulgação de uma nova pesquisa eleitoral e ao avanço das tensões comerciais entre Estados Unidos e China.

O levantamento do Instituto FSB encomendado pelo BTG Pactual consolidou o petista Fernando Haddad na segunda colocação da corrida presidencial, com 23% das intenções de voto, alta de sete pontos percentuais em relação ao levantamento da semana passada. Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança com 33%, mas parou de crescer e ficou com o mesmo percentual da pesquisa anterior.

Ciro Gomes (PDT), que estava empatado tecnicamente com Haddad, caiu de 14% para 10%.  O candidato agora está empatado tecnicamente com Geraldo Alckmin (PSDB), que subiu dois pontos, de 6% para 8%.

O avanço de Haddad pode provocar certa tensão, mas nos últimos dias os investidores parecem ter se conformado com o cenário de polarização nas eleições. Na semana passada, o Ibovespa, principal índice da B3, teve alta de 5,32%, enquanto que o dólar recuou 2,75% e fechou a R$ 4,05 na sexta-feira.

Resta saber se o cenário internacional vai colaborar. Entra em vigor hoje a nova rodada de tarifas comerciais entre Estados Unidos e China. As novas tarifas dos EUA entram em vigor nesta segunda-feira, contra US$ 200 bilhões em produtos chineses. No mesmo dia, começa a vigorar a retaliação chinesa contra US$ 60 bilhões em produtos dos EUA.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Exile on Wall Street

O diabo é velho — e sedutor

Todos querem acreditar que podemos saber se é para comprar tudo, porque não haverá uma segunda onda importante de coronavírus no mundo, a vacina está logo aí e as eleições norte-americanas não trarão grandes problemas.

mercado agora

Ibovespa busca recuperação, mas ata do Copom e depoimento do presidente do Fed estimulam volatilidade

Bolsa e dólar repercutem ata do Copom antes do início de série de depoimentos de Jerome Powell perante o Congresso dos EUA

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Fique de olho

Petrobras finaliza oferta de recompra de títulos no exterior de mais de US$ 3,5 bi

O montante total da ofertado pelos investidores na oferta de recompra excedeu o limite de US$ 4 bilhões previamente estabelecido, desta forma, o volume ofertado para alguns dos títulos não foi aceito

VEM DINHEIRO AÍ

B3 vai pagar R$ 1,3 bilhão em dividendos e R$ 302 milhões em JCP

Operadora da bolsa de valores vai pagar R$ 0,6483 por ação em dividendos e R$ 0,1256 em JCP em 7 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements