⚽️ Brasil enfrenta a Coreia do Sul na próxima fase; confira os dias dos próximos jogos

Cotações por TradingView
2019-04-04T13:52:31-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Crescimento revisado pela S&P

O PIB brasileiro em 2018 está cada vez mais perto de se consagrar como mais um “PIBinho”

Agência de classificação de risco S&P fez uma nova revisão para o crescimento da economia brasileira neste ano

1 de outubro de 2018
16:57 - atualizado às 13:52
brasil-crise
Incertezas eleitorais e dificuldades em aprovar reformas puxam o PIB brasileiro para baixo - Imagem: Shutterstock

Para os otimistas de plantão, que lá em fevereiro projetavam crescimento de 3% do PIB brasileiro neste ano, 2018 vai acabar deixando um sentimento de decepção. Isso porque a agência de classificação de risco S&P voltou a revisar para baixo a projeção de crescimento da nossa economia - de 1,8% para 1,4%.

Segundo relatório da S&P divulgado nesta segunda-feira, 1º, o cenário econômico não é nada positivo nem para o Brasil nem para os nossos vizinhos latinos. O dólar segue nas alturas, os juros dos Estados Unidos estão subindo e alguns países (como nós) vivem incertezas políticas.

"Acreditamos que, em geral, a situação macroeconômica se tornou mais desafiadora para a América Latina desde a nossa atualização trimestral anterior", S&P

No documento, a agência comenta que essas condições restringem os financiamentos externos e reduzem a confiança dos investidores. No caso do Brasil, esse problema é potencializado por dois agravantes chamados eleições e agenda de reformas.

Não estamos sozinhos

A S&P não citou apenas o Brasil como país afetado diretamente pelas dificuldades de promover mudanças fiscais em suas economias. A Argentina de Maurício Macri, com a taxa básica de juros a 65% ao ano, também teve sua capacidade de mudança colocada em xeque. A projeção do PIB dos hermanos em 2018 passou de expansão de 1,0% para contração de 2,0%.

Já em relação aos outros países latino-americanos, a S&P prevê que o México apresentará um crescimento real de mais de 2,0% neste ano e no próximo, além de acreditar que Chile, Colômbia e Peru apresentem um crescimento mais acelerado em relação ao ano passado.

Nem tudo está perdido (para a gente)

Mesmo patinando no crescimento, a estrutura de dívida e o risco de crédito do Brasil estão bem na fita. Pelo menos é o que indicou a agência de classificação de risco Moody's em outro relatório também divulgado nesta segunda-feira.

A agência cita Brasil e Chile entre os países da América Latina menos expostos às condições mais adversas de financiamento internacional, quando considerados a necessidade de financiamento bruto, o perfil de vencimento da dívida e a presença de colchões fiscais, mitigadores de riscos de crédito. O relatório, que avalia a estrutura de dívida de cada país, também menciona Argentina, República Dominicana, Honduras e Paraguai entre os países mais expostos a esses riscos, se desconsiderado qualquer fator atenuante.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FECHAMENTO DO DIA

Poeira assenta em Brasília e Ibovespa sobe quase 3% na semana; dólar cai a R$ 5,21

2 de dezembro de 2022 - 19:29

Em Nova York, no entanto, o clima foi de cautela. O payroll, o raio-X do mercado de trabalho americano e um dos dados mais importantes para o Federal Reserve na decisão de política monetária, mostrou uma força maior do que a esperada

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Raízen (RAIZ4) depositará R$ 918 milhões na conta dos acionistas em 2023, mas data de corte é na próxima semana; veja quem terá direito à bolada

2 de dezembro de 2022 - 19:22

A Raia Drograsil anunciou o pagamento de proventos nesta sexta-feira (2): a farmacêutica distribuirá R$ 90 milhões na forma de JCP

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Vai causar estrago? Europa fixa valor do barril de petróleo russo em US$ 60 e deve despertar a fúria de Putin

2 de dezembro de 2022 - 18:35

Na decisão de hoje, os europeus detalham que o limite de preço do petróleo russo será revisado regularmente e deve ser “pelo menos 5% abaixo do valor médio de mercado”

SEU DINHEIRO NA COPA

Confira os dias dos jogos das oitavas-de-final da Copa do Mundo e o horário de Brasil x Coreia do Sul

2 de dezembro de 2022 - 18:11

Encerrados os jogos do Grupo G, estão definidos os confrontos valendo vaga nas quartas-de-final da Copa do Mundo do Catar

VAGAS AFIRMATIVAS

Serasa Experian abre vagas exclusivas para pessoas com deficiência; saiba como se inscrever

2 de dezembro de 2022 - 16:15

Ao todo, são 50 oportunidades para as áreas de tecnologia, operações, corporativo e jurídico; nas cidades de Blumenau (SC), São Carlos (SP) e São Paulo (SP). O regime de trabalho é híbrido.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies