Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-10-22T20:27:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Mercado de trabalho

Depois de vazar seus próprios dados, Ministério do Trabalho confirma geração recorde de empregos formais em setembro

Mês de setembro foi o nono seguido com criação de postos formais. Temer comemorou a marca

22 de outubro de 2018
19:04 - atualizado às 20:27
carteira-de-trabalho
Carteira de trabalho - Imagem: Shutterstock

Depois de (mais uma vez) vazar as informações que ele mesmo ia divulgar, o Ministério do Trabalho confirmou que o mercado de trabalho brasileiro criou 137.336 empregos com carteira assinada em setembro. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que teve o melhor resultado para o mês desde setembro de 2013, quando foram gerados 211.068 empregos formais.

Foi o nono mês seguido com criação de postos formais, de acordo com a série histórica com ajuste sazonal. Setembro registrou o melhor desempenho do ano e ficou à frente de abril, quando a economia gerou 127.134 empregos - até então, o melhor resultado de 2018. Não foi à toa que o presidente Michel Temer, em clima de fim de festa, usou suas redes sociais para comemorar.

O resultado veio melhor que o previsto pelos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que previam criação de emprego entre 47.819 a 127.000 vagas, sem ajuste sazonal. Com base no intervalo de 13 estimativas, a mediana indicava a criação de 100.000 empregos formais em setembro.

No acumulado de janeiro a setembro, o Caged registra criação de 719.089 empregos formais na série com ajuste sazonal. Nos 12 meses até setembro, o Ministério do Trabalho registra a criação de 459.217 empregos com carteira assinada.

Serviços puxando o emprego

Um dado de destaque do Caged foi o crescimento do emprego no setor de serviços, que registrou a criação de 60.961 postos de trabalho. A indústria de transformação, que elevou o número de trabalhadores com carteira assinada em 37.449 vagas, foi o segundo segmento que mais gerou empregos, seguido pelo comércio, com 26.685 postos no mês passado.

Entre os demais setores, a construção civil criou 12.481 empregos, os serviços industriais de utilidade pública ganharam 1.091 postos, a administração pública registrou 954 novos empregos e o segmento de extração mineral teve 403 novas vagas. Por outro lado, o agronegócio registrou fechamento de 2.688 empregos formais no mês passado. Esse foi o único setor econômico com fechamento de empregos em setembro.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies