🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Estadão Conteúdo
Após destravar negociação

J&F vende linhas de energia à Taesa por R$ 942 milhões

Transação envolve um total de 1,2 quilômetros de linhas de transmissão de energia; até o ano passado, gestora canadense Brookfield tinha contrato de exclusividade para a negociação

Estadão Conteúdo
18 de dezembro de 2018
7:14 - atualizado às 9:55
Imagem: shutterstock

A holding J&F, que pertence aos irmãos Batista, fechou a venda de quatro linhas de transmissão da Âmbar, braço de energia da família, para a companhia Taesa, controlada pela colombiana Isa e pela mineira Cemig, segundo comunicado divulgado nessa segunda-feira, 17. O valor do negócio foi de R$ 942,5 milhões.

As conversas entre a J&F e Taesa foram retomadas nas últimas semanas. No início deste ano, a Taesa, que está de olho em ativos de energia na América Latina, já tinha manifestado interesse pelas linhas de transmissão da Âmbar, mas as negociações tinham travado.

A transação envolve um total de 1,2 quilômetros de linhas de transmissão de energia. Até o ano passado, a gestora canadense Brookfield tinha contrato de exclusividade para a negociação. A Taesa foi assessorada pelo banco ABC e, a J&F foi auxiliada pelo BTG.

A venda desses ativos ganhou força no ano passado, quando as delações de Joesley e Wesley Batista vieram à tona. O grupo Âmbar também possui negócios de geração de energia, que reúne o Projeto Integrado de Energia Cuiabá, com usina termoelétrica e conjunto de gasodutos que transportam o gás natural desde Chiquitos, na Bolívia, até Cuiabá, no Mato Grosso, que ficaram de fora dessas negociações.

Desinvestimentos

Além das linhas de transmissão da Âmbar, a família Batista, controladora da JBS, vendeu outras importantes empresas para fazer caixa. Em julho do ano passado, a família negociou a Alpargatas, dona da Havaianas, para um grupo liderado pela Itaúsa, braço de investimentos do Itaú.

A Minerva ficou com os ativos de carne bovina da JBS na América do Sul. O grupo também se desfez da participação que detinha na Vigor, que foi comprada pela mexicana Lala. Outro acordo fechado pela J&F foi a venda da companhia de celulose Eldorado, negociado para a Paper Excellence.

Segundo fontes, a família não vai abrir mão da JBS, maior processadora de carnes do mundo, fundada por José Batista Sobrinho, o Zé Mineiro. No mês passado, a gigante de carnes anunciou que o executivo Gilberto Tomazoni, que já era presidente de operações globais, assumiu o comando da companhia.

Zé Mineiro havia voltado à presidência da empresa que fundou nos anos 1950, em setembro do ano passado, após a prisão de Joesley e Wesley por quase seis meses.

Compartilhe

MUDANÇAS À VISTA

Madeira Energia tem novo conselho de administração, após Eletrobras (ELET3) assumir o controle da companhia

9 de julho de 2022 - 11:49

Furnas, subsidiária da Eletrobras, detém 72,36% da Madeira Energia, após aumento de capital da hidrelétrica em junho; Cemig, por sua vez, reduziu a participação

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

29 de junho de 2022 - 19:29

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

FESTA DOS PROVENTOS

Sextou com mais de R$ 7 bilhões em dividendos: CPFL Energia (CPFE3) puxa fila com R$ 3,7 bilhões; confira quais outras empresas anunciaram proventos

29 de abril de 2022 - 19:08

Outro destaque da noite foi a Cemig (CMIG4), que depositará mais de R$ 1 bilhão na conta dos cotistas

BOLSOS CHEIOS

Dividendos e JCP: BR Properties (BRPR3), Cemig (CMIG4) e Hypera (HYPE3) anunciam o pagamento de mais de R$ 400 milhões em proventos; confira prazos

23 de março de 2022 - 19:38

É possível optar pela comprar da ação agora e ter direito à distribuição ou esperar a data de corte e adquirir os papéis por um valor menor, mas sem o direito aos proventos

Ainda dá tempo

Usiminas, Telefônica, Cemig e Banrisul anunciam quase R$ 3,5 bilhões em dividendos e JCP; veja quem tem direito

11 de dezembro de 2021 - 13:44

Ainda dá tempo de se tornar acionista dessas empresas e garantir os proventos; saiba quais são as datas de corte e quando serão feitos os pagamentos

COMOÇÃO

Cemig manifesta-se sobre acidente que causou a morte da cantora Marília Mendonça

6 de novembro de 2021 - 15:27

Colisão com cabo de alta tensão é apontado por testemunhas como aparente causa do acidente, que está sob investigação

Cardápio de balanços

Reta final com IRB, Yduqs, Cruzeiro do Sul, Cemig e Gafisa – Os resultados que podem mexer com o mercado nesta terça

17 de agosto de 2021 - 7:55

Empresas que deixaram para apresentar seus números do segundo trimestre no último dia do prazo ficam no radar dos investidores

Ampliando investimentos

Cemig pretende investir R$ 22,5 bilhões em Minas Gerais até 2025

5 de julho de 2021 - 11:13

Até 2027, serão 200 novas subestações em todas as regiões do Estado de Minas Gerais, sendo que 80 novas subestações já em estão em processo de implantação, e 23 delas estarão em operação ainda neste ano

Estatal investigada

Assembleia de MG designa membros de CPI para apurar atos da gestão na Cemig

25 de junho de 2021 - 7:11

Dentro das investigações estão a contratação de consultorias e assessorias pela estatal mineira sem processo de licitação

possível oferta

Cemig avalia vender participação na Taesa e vê lucro crescer 136,2% no 4º tri

26 de março de 2021 - 19:51

No início do ano, empresa vendeu participação na Light, enquanto no final de 2020 ela foi beneficiada pelo resultado financeiro da Cemig GT

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar