Menu
2019-04-20T16:55:57-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Para acalmar mercado

Se eleito, Bolsonaro quer mudança radical na previdência já em 2019

Equipe de presidenciável estaria cogitando descartar proposta de Temer mas quer apresentar proposta já no começo de 2019 para acalmar mercado, segundo Broadcast

26 de outubro de 2018
7:23 - atualizado às 16:55
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (PSL) - Imagem: Igo Estrela/Ag. Estado

O presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse que, se eleito, sua equipe econômica já tem um rascunho para tirar a reforma da previdência do papel no começo de 2019.

O líder nas pesquisas de intenção de voto deu uma entrevista à TV Aparecida nesta quinta-feira, 25.

Segundo "Broadcast", do Estadão, a equipe do capitão reformado já pensa em dez modelos de reforma, que divide-se em dois caminhos.

O primeiro seria apresentar, no início do ano, pacote com mudanças no sistema atual, como idade mínima e tempo de contribuição, para “acalmar o mercado”, ou encaminhar uma alteração mais profunda, com a adoção do sistema de capitalização.

A avaliação do grupo capitaneado pelo economista Paulo Guedes é de que o texto em tramitação no Congresso, enviado pelo presidente Michel Temer, não deve ser levado adiante.

A equipe ainda trabalha no formato de sua reforma ideal. O objetivo é que ela contemple três eixos: assistência social, capitalização e repartição sob novas bases, ou seja, com exigências mais duras para acesso ao benefício.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

questionamentos em brasília

Novo marco de saneamento é alvo de ofensiva no Supremo e no Congresso

No Supremo, mais de 20 empresas estatais que prestam hoje serviços no setor querem a volta da possibilidade de fechar os chamados “contratos de programa”, diretamente com as Prefeituras e sem licitação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies