🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Mudanças fiscais

Aliados de Bolsonaro divulgam novas pistas sobre a reforma da Previdência em um eventual governo do capitão

Eleitos deputados federal e estadual, general Roberto Sebastião Peternelli Júnior e capitão reformado do Exército Castelo Branco falaram sobre a questão dos militares

Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
17 de outubro de 2018
14:27 - atualizado às 13:58
Jair Bolsonaro
Deputados eleitos e aliados de Bolsonaro disseram que as especificidades dos militares devem ser respeitadas em uma reforma da Previdência - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Jair Bolsonaro já deixou claro que, se for eleito, não vai levar a proposta de reforma da Previdência do governo Temer para frente. O candidato do PSL defende uma reforma própria, que ele mesmo chama de "mais realista e fácil de passar pelo Congresso".

A questão é que a grande névoa que rodeia as propostas econômicas dele e de seu futuro ministro da Economia (uma fusão de Fazenda e Planejamento), Paulo Guedes, coloca dúvidas e ansiedade em muita gente do mercado sobre como seria essa nova Previdência.

Mas aos poucos novidades vão aparecendo e as coisas vão ficando claras. Nesta quarta-feira, 17, por exemplo, o general Roberto Sebastião Peternelli Júnior, deputado federal eleito pelo PSL, e o capitão reformado do Exército Castelo Branco, eleito deputado estadual pelo partido em São Paulo, deixaram escapar que uma reforma da Previdência em um futuro governo Bolsonaro deve "preservar as especificidade das carreiras militares" e "combater privilégios".

"Os militares têm características completamente distintas de outras profissões. Há de se manter essas especificidades", Castelo Branco, capitão reformado do Exército.

Vale dizer que, semana passada, o Castelo Branco se encontrou com o economista Paulo Tafner para ouvir cenários para a reforma e ouviu de Tafner que existem três cenários possíveis, mas que os três inevitavelmente atingirão todas as camadas da sociedade serão afetadas.

"É preciso um estudo adequado se o desembargador vai entrar, o governador vai entrar, o deputado vai entrar, não há porque os militares não entrarem", disse Peternelli. "De formas diferentes, respeitando suas especificidades", completou Castelo Branco.

Sobre o combate a privilégios, nenhum dos dois deputados eleitos especificaram quais seriam.

*Com Estadão Conteúdo.

Compartilhe

Investigando o 'zap'

Suspeitando irregularidades, TSE pede a WhatsApp dados sobre disparos nas eleições de 2018

10 de novembro de 2019 - 9:29

Rede social deverá informar ainda se realizou alguma medida para bloquear ou banir as linhas referidas

Pensando no futuro?

Bolsonaro fala pela primeira vez em disputar a reeleição em 2022

20 de junho de 2019 - 14:23

Diante de moradores de Eldorado, no interior de São Paulo, o presidente apontou para a possibilidade de disputar novamente as urnas

Candidato derrotado

Em Nova York, Haddad diz que Brasil pode crescer com governo liberal de Bolsonaro

30 de novembro de 2018 - 13:43

Candidato derrotado na corrida eleitoral disse que Brasil terá de se “prevenir” de agenda conservadora e neoliberal radical

Além de Ilan

Os 5 possíveis nomes para o Banco Central no governo Bolsonaro

9 de novembro de 2018 - 7:11

Equipe de presidente eleito vem tentando aprovar autonomia do BC, o que abriria oportunidade para Ilan ficar no cargo até 2020

Governo eleito

Não teremos nenhum problema com a China, diz Bolsonaro

5 de novembro de 2018 - 18:46

Em entrevista, presidente eleito fala sobre China, reformas e corta a cabeça de assessor de Paulo Guedes

Sob pressão

Em entrevista, Eduardo Bolsonaro diz sentir que não haverá reforma da previdência em 2018

5 de novembro de 2018 - 6:56

Bolsonaro disse que há preocupação com a eleição de um presidente da Câmara alinhado com os interesses do futuro governo, que não necessariamente o nome sairá do PSL

Sob críticas

Bolsonaro ainda não bateu o martelo sobre fusão de Agricultura e Meio Ambiente, diz Onyx

1 de novembro de 2018 - 7:02

Anúncio da fusão causou protestos na Frente Parlamentar da Agricultura, a chamada bancada ruralista, que vê a ideia com desconfiança

Para enxugar gastos

Ministério de governo Bolsonaro terá até 16 pastas

31 de outubro de 2018 - 9:34

Futuro governo vai criar superministério da Economia, juntando as pastas da Fazenda, Planejamento e Indústria além de Comércio Exterior e Serviços

Namoro continua

Empresários esperam confirmação de agenda liberal no governo de Bolsonaro

30 de outubro de 2018 - 13:33

Aprovação das reformas é vista como prioridade para colocar o país na rota do crescimento, embora candidato eleito tenha de convencer o Congresso a votar a favor de medidas impopulares

Mas voltou a criticar Brasil

Trump reforça possibilidade de acordo comercial com futuro governo Bolsonaro

30 de outubro de 2018 - 10:43

Presidente norte-americano reforçou que teve “uma ótima” conversa com Bolsonaro mas criticou o atual comportamento do país na área comercial

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar