Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-09-24T13:41:55-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Previsões econômicas

Queda no crescimento e aumento dos preços pioram ‘maré’ no Brasil

Banco Central prevê queda no PIB enquanto inflação aumenta até 2019

24 de setembro de 2018
9:35 - atualizado às 13:41
Maré
PIB do país deve encolher enquanto a inflação aumentará neste ano e em 2019Imagem: Shutterstock

A maré não está para peixe no Brasil, dificultando cada vez mais o caminho do investidor por aqui. O PIB do país deve crescer menos enquanto a inflação aumentará neste ano e em 2019, segundo relatório do "Focus", divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira, 24.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, deve ir de 4,09% para 4,28% ainda este ano, aponta os analistas. Essa foi a segunda alta seguida do indicador. Para o ano que vem, a previsão também subiu de 4,11% para 4,18%.

E o PIB?

O Produto Interno Bruto, que serve para medir a evolução da economia, deve recuar de 1,36% para 1,35%, a quinta queda consecutiva do indicador.

Alívio

Os analistas decidiram manter a expectativa do mercado pra expansão em 2,50%.  Para 2020 e 2021, a previsão de expansão continua em 2,5%. Já para 2019, a taxa permaneceu em 8,00% ao ano, igual ao verificado há quatro semanas.

Selic

A média das previsões para a Selic este ano seguiu em 6,50% ao ano.

O BC também alterou a expectativa da taxa de câmbio. A moeda norte-americana deve ir de R$ 3,83 para R$ 3,90 até o fim do ano, ante os R$ 3,75 verificados há um mês.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

PAPAI NOEL NA B3

CPFL Energia (CPFE3) pagará R$ 1,5 bilhão em dividendos antes do Natal; parte da grana ainda pode ser sua

Parte do valor corresponde à última fatia dos R$ 1,7 bilhões em proventos anunciados em agosto e divididos em três parcelas

Reconhecida no exterior

Luiza Trajano é a única brasileira entre as 25 mulheres mais influentes de 2021

Luiza é apontada como uma das empresárias e líderes sociais mais notáveis do país, além de inspiração para empreendedores de todos os lugares

VÍDEO

O metaverso numa casca de noz: os analistas do Seleção Empiricus mostram como investir nas tendências do futuro

Confuso com o metaverso? Pois saiba que é possível ganhar dinheiro com ele hoje — e os analistas do Seleção Empiricus mostram como

bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) luta para se manter nos US$ 56 mil, mas Solana (SOL) e Cardano (ADA) sobem após notícias positivas; confira

A pandemia de covid-19 pressiona os ativos de risco, como ações e criptomoedas; o bitcoin (BTC) segue em queda

O futuro é roxo?

Nubank quer ser a maior fintech do mundo, não só da América Latina, e pode vir a ser ‘muito lucrativo’, diz BTG

Analistas do BTG destacaram os principais pontos da apresentação dos fundadores do Nubank a investidores, e consideram que, para justificar o valuation de US$ 40 bi no IPO, roxinho terá de atingir um retorno de 30% em cinco anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies