Menu
2018-12-28T13:51:58-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Balanços

GPA registra lucro líquido abaixo das estimativas do mercado no 3º trimestre

Companhia registrou lucro líquido ajustado de R$ 177 milhões, abaixo das estimativas do mercado, que era de R$ 205 milhões

26 de outubro de 2018
6:54 - atualizado às 13:51
Sede do Grupo Pão de Açúcar
Imagem: Divulgação

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) divulgou seus resultados para o 3º trimestre no fim desta quinta-feira, 25. A companhia registrou lucro líquido ajustado de R$ 177 milhões, número abaixo das estimativas do mercado, que era de R$ 205 milhões, de acordo com a Bloomberg.

O resultado é atribuído aos acionistas controladores e considera operações continuadas. No acumulado dos primeiros nove meses do ano, esse lucro chega a R$ 726 milhões, crescimento de 194%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia varejista foi de R$ 611 milhões entre julho e setembro, resultado 49,4% maior do que no ano anterior, quando registrou R$ 409 milhões. O Ebitda ajustado a itens não recorrentes foi de R$ 670 milhões, alta de 24,3%.

O GPA já havia divulgado antecipadamente seu desempenho de vendas no terceiro trimestre. A receita líquida atingiu R$ 12,258 bilhões. O montante é 12,4% maior do que o anotado em igual intervalo do ano anterior.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Rapidinhas da semana

BLINK: Magalu ou ViaVarejo? Quem mandou melhor no 1º trimestre?

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Magalu, ViaVarejo e muito mais no Blink

Virando a chavinha

Agibank traça estratégia para abandonar imagem de ‘financeira’

Banco gaúcho quer alcançar marca de 35 milhões de clientes em 6 anos

O melhor do Seu Dinheiro

O dragão à solta, Elon Musk, bitcoin e outras notícias que mexeram com seus investimentos

O temor com o retorno da inflação nos EUA, as falas de Elon Musk sobre o bitcoin, as ações de empresas em recuperação judicial e outros destaques da semana

Como vai ser?

Decisão sobre ICMS vai destravar ações, dizem especialistas

Cobrança continuará até que Receita seja autorizada a alterar sistema

Efeitos da reestruturação

CEO da Cogna afirma que ajustes feitos em 2020 já mostram primeiros resultados

Rodrigo Galindo cita margem Ebitda recorrente e prazo médio de recebimento de alunos pagantes como efeitos positivos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies