🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Estadão Conteúdo
Núcleo de Bolsonaro na mira

Flávio Bolsonaro diz que não deve explicações sobre o caso Coaf e joga a bola para o seu ex-assessor

Deputado estadual eleito pelo Rio de Janeiro afirmou que as denúncias têm como objetivo atingir o novo governo

Estadão Conteúdo
18 de dezembro de 2018
15:51 - atualizado às 10:16
Flávio Bolsonaro (PSL)
Flávio voltou a dizer que quem deve explicações é seu ex-assessorImagem: Divulgação

O deputado estadual pelo Rio de Janeiro e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL) afirmou nesta terça-feira, 18, "não ter a menor dúvida" de que as denúncias que envolvem um ex-assessor vieram à tona para atingir ele e seu pai, o presidente eleito, Jair Bolsonaro.

O parlamentar, que se recusou a dizer qual teria sido a "explicação bastante plausível" que Fabricio Queiroz lhe dera há alguns dias, disse considerar mal explicado o fato de apenas questões envolvendo seus assessores terem se tornado públicas quando haveria "um monte de gente lá nessa situação também".

Após participar da cerimônia de diplomação dos eleitos no Rio de Janeiro, Flávio voltou a dizer que quem deve explicações é Queiroz, apontado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) como autor de movimentações atípicas que envolvem R$ 1,2 milhão.

"Eu não tenho que dar mais explicações sobre isso, quem tem que falar é meu ex-assessor. A movimentação atípica foi na conta dele, não foi na minha. Eu não tenho a senha do cara para saber o que houve", Flávio Bolsonaro, deputado estadual eleito.

"Se especula que ele Queiroz tomava dinheiro dos outros, mas ninguém sabe, ele tem que falar. Cabe a ele esclarecer isso tudo. Eu sou o maior interessado que isso se esclareça, estou há não sei quantos dias apanhando sem nem saber por quê", continuou.

Depois, Flávio Bolsonaro disse que o relatório veio à tona para prejudicar o futuro governo. "Também há um fato: muitas coisas estão mal explicadas nesse processo todo. Por que só o sigilo bancário dele Queiroz veio a público? Como é que pode? Quebraram o sigilo do cara e veio a público só o dele? Tem um monte de gente lá nessa situação também, similar. Será que é só pra me atingir? Será que é só pra atingir o presidente eleito, pra causar uma desestabilização já no início do mandato dele?", indagou. "Não tenho a menor dúvida. Se alguém ainda tem dúvida disso, não está sabendo ler nas entrelinhas."

Logo depois que o jornal O Estado de S. Paulo revelou o relatório do Coaf, Flávio Bolsonaro deu entrevista declarando ter ouvido uma explicação "bastante plausível", sobre as movimentações, sem no entanto contar qual foi. Sobre isso, o parlamentar voltou a ser sucinto.

"Ele falou alguma coisa, que ele geria o dinheiro da família dele", comentou Flávio. "Não posso falar (a explicação), ele falou por alto. Não posso assumir uma responsabilidade que não é minha. Não sou responsável pelos atos de terceiros, do seu, do dele. Cada um fala por si."

Compartilhe

Radiocash

Consumidores prestam atenção em pessoas e não em anúncios, diz sócio-fundador da Adventures

3 de novembro de 2021 - 16:13

A agência criada há um ano para revolucionar não apenas o mercado publicitário, mas, com a própria forma como as companhias concebem e lançam novos produtos

Radiocash

O homem que ajudou a eleger Bolsonaro diz que liberalismo de Paulo Guedes foi “desfigurado” pelo governo

26 de outubro de 2021 - 13:05

Luciano Bivar, presidente do União Brasil, criado a partir da fusão entre o PSL e o DEM, diz que o partido vai apresentar nome para a “terceira via” nas eleições de 2022

Caso Queiroz

MP denuncia Flávio Bolsonaro e Queiroz por ‘rachadinhas’ na Alerj

4 de novembro de 2020 - 7:53

Após mais de dois anos de investigação, MP do Rio denunciou filho do presidente Bolsonaro por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa

primeira-dama

Extratos bancários de Queiroz provam depósitos de 21 cheques a Michelle Bolsonaro

7 de agosto de 2020 - 15:33

Extratos bancários de Queiroz anexados a investigação sobre suposto esquema de rachadinha revelam 21 depósitos em cheques em nome de Michelle Bolsonaro

solicitação ao STJ

PGR pede retorno de Queiroz e Márcia à prisão para ‘resgatar bom nome da justiça’

3 de agosto de 2020 - 18:47

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, Queiroz é apontado por investigadores como operador financeiro de esquema de ‘rachadinha’ no gabinete de Flávio enquanto deputado estadual no Rio

filho 01

Flávio Bolsonaro nega ter sido avisado sobre Operação Furna da Onça

20 de julho de 2020 - 20:21

O procurador disse que Flávio confirmou participação em uma reunião com Marinho e advogados

caso queiroz

Citados em ‘rachadinha’ continuam com cargos

12 de julho de 2020 - 12:04

Ex-assessores fazem parte de uma lista de 69 pessoas que trabalharam com Flávio Bolsonaro e tiveram sigilo bancário e fiscal quebrados por decisão da Justiça em abril do ano passado

caso das rachadinhas

Presidente do STJ decide colocar Queiroz em prisão domiciliar

9 de julho de 2020 - 18:41

O caso tramita sob segredo de Justiça. Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação de salários de funcionários – no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro

Fake news

Facebook derruba rede de fake news ligada ao PSL e à família Bolsonaro

8 de julho de 2020 - 18:32

Segundo a Atlantic Council, o envolvimento de funcionários de gabinetes pode indicar que a operação usou recursos públicos

de quando era deputado

Flávio Bolsonaro presta depoimento ao MP no Rio no inquérito da ‘rachadinha’

8 de julho de 2020 - 6:57

Esquema consistiria na devolução de parte dos salários dos assessores; depoimento desta terça-feira foi prestado a pedido do próprio senador

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar