Menu
2020-06-21T23:59:42-03:00
Estadão Conteúdo
caso queiroz

Jamais disse ao presidente ou ao Flávio que Queiroz estava em minha casa, diz Wassef

Advogado disse que resolveu deixar de defender o filho do presidente no esquema de “rachadinha”

21 de junho de 2020
23:41 - atualizado às 23:59
Frederick Wassef
Brasil, São Paulo, SP, 19/06/2019. Retrato de Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, durante entrevista em São Paulo. - Imagem: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

O advogado da família de Jair Bolsonaro, Frederick Wassef, proprietário da casa onde Fabrício Queiróz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foi preso declarou hoje que "jamais disse" ao presidente da República ou ao seu filho que Queiróz estava em sua casa.

"Nunca, jamais o presidente da República soube ou teve conhecimento desses fatos. Isso é de minha inteira responsabilidade", afirmou em entrevista na noite deste domingo à rede de televisão CNN. "Eu omiti essas informações do presidente e do senador Flávio Bolsonaro."

Wassef contou que Queiróz estava fazendo um tratamento na Santa Casa de Bragança Paulista e que de sua residência ao hospital demorava "10 minutos". O advogado disse que Queiróz tinha câncer e fez duas cirurgias no hospital em Bragança. "Ficou internado por vários dias."

O advogado disse não acreditar que Queiróz vá fazer delação premiada. O advogado disse que "nunca, jamais" o ex-assessor repassou dinheiro para contas bancárias de Flávio Bolsonaro. "Não tem nenhuma prova no processo que ele recebeu dinheiro", disse ele, ressaltando que há uma "inquisição" tentando incriminar seu cliente.

"Jamais existiu qualquer esquema de 'rachadinha' no gabinete de Flávio Bolsonaro", afirmou seu advogado, ressaltando diversas vezes durante a entrevista que neste momento está impedido, pelo fato de o caso estar em andamento, de dar maiores informações mais detalhadas.

'Não vou mais continuar no caso de Flávio Bolsonaro'

Ainda em entrevista à CNN, o advogado disse que resolveu deixar de defender o filho do presidente no esquema de "rachadinha".

A razão da desistência, afirmou Wasseff, é que há uma estratégia para atingir sua pessoa e, assim, chegar ao presidente. "Sim, sou advogado do presidente Jair Bolsonaro", disse na entrevista à CNN, ressaltando que a relação entre os dois é "única e exclusivamente de natureza jurídica".

Wassef contou que ligou neste domingo, 21, para Flávio Bolsonaro para falar de sua saída do caso e, apesar de o senador relutar e pedir para que ele continue, resolveu mesmo deixar e nesta segunda-feira, 22, será anunciado um novo advogado. "Fiz um telefonema ao senador e disse que estou sendo usado pelos inimigos da pátria, os inimigos do Brasil. Estão fazendo um massacre midiático contra minha pessoa para atingir o presidente."

"Sem dúvida existe um estratégia de todos onde resolveram destruir minha imagem e minha reputação. apontar os canhões para mim, porque hoje eles entendem que bater em mim é atingir o presidente."

Wassef negou que tenha um movimento dentro do Planalto para, após a prisão de Queiróz em sua casa, desvinculá-lo da imagem de Jair Bolsonaro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

o melhor do seu dinheiro

Efeito Lula livre na bolsa – 2022 já começou?

No Brasil morre-se de tudo – inclusive morre-se muito de covid -, mas não se morre de tédio. Os mercados locais começaram o dia castigados pelos temores dos investidores em relação ao avanço da pandemia no país, hoje no seu pior momento. Como se todas as incertezas em relação ao combate ao coronavírus por aqui […]

balanço 4º tri

Magazine Luiza vê lucro ir a R$ 219 milhões no 4º tri e supera expectativas do mercado

A varejista Magazine Luiza encerrou o quarto trimestre de 2020 superando as expectativas do mercado. A companhia divulgou na noite desta segunda-feira (08) o seu resultado trimestral, com umacom alta de 30,6% no lucro líquido, para R$ 219,5 milhões. No acumulado do ano passado, o resultado encolheu 57,5%, para R$ 391,7 milhões. No critério “ajustado”, […]

Desidratação à vista?

Bolsonaro: Lira e relator vão discutir PEC Emergencial, podem criar PEC paralela

Na entrevista, Bolsonaro afirmou que a PEC deve ser votada pela Câmara na quarta-feira, 10. De acordo com ele, ao votar a medida, os deputados federais darão o sinal verde para retomada do auxílio emergencial em cinco dias

Fechamento do dia

São muitas emoções! ‘Efeito Lula’ aprofunda incertezas locais e faz Ibovespa cair 4%; dólar fecha a R$ 5,77

Mercado doméstico já operava em queda firme antes da decisão do ministro Fachin; aumento das incertezas pesou sobre bolsa, dólar e juros

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies