Menu
2020-06-21T23:59:42-03:00
caso queiroz

Jamais disse ao presidente ou ao Flávio que Queiroz estava em minha casa, diz Wassef

Advogado disse que resolveu deixar de defender o filho do presidente no esquema de “rachadinha”

21 de junho de 2020
23:41 - atualizado às 23:59
Frederick Wassef
Brasil, São Paulo, SP, 19/06/2019. Retrato de Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, durante entrevista em São Paulo. - Imagem: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

O advogado da família de Jair Bolsonaro, Frederick Wassef, proprietário da casa onde Fabrício Queiróz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foi preso declarou hoje que "jamais disse" ao presidente da República ou ao seu filho que Queiróz estava em sua casa.

"Nunca, jamais o presidente da República soube ou teve conhecimento desses fatos. Isso é de minha inteira responsabilidade", afirmou em entrevista na noite deste domingo à rede de televisão CNN. "Eu omiti essas informações do presidente e do senador Flávio Bolsonaro."

Wassef contou que Queiróz estava fazendo um tratamento na Santa Casa de Bragança Paulista e que de sua residência ao hospital demorava "10 minutos". O advogado disse que Queiróz tinha câncer e fez duas cirurgias no hospital em Bragança. "Ficou internado por vários dias."

O advogado disse não acreditar que Queiróz vá fazer delação premiada. O advogado disse que "nunca, jamais" o ex-assessor repassou dinheiro para contas bancárias de Flávio Bolsonaro. "Não tem nenhuma prova no processo que ele recebeu dinheiro", disse ele, ressaltando que há uma "inquisição" tentando incriminar seu cliente.

"Jamais existiu qualquer esquema de 'rachadinha' no gabinete de Flávio Bolsonaro", afirmou seu advogado, ressaltando diversas vezes durante a entrevista que neste momento está impedido, pelo fato de o caso estar em andamento, de dar maiores informações mais detalhadas.

'Não vou mais continuar no caso de Flávio Bolsonaro'

Ainda em entrevista à CNN, o advogado disse que resolveu deixar de defender o filho do presidente no esquema de "rachadinha".

A razão da desistência, afirmou Wasseff, é que há uma estratégia para atingir sua pessoa e, assim, chegar ao presidente. "Sim, sou advogado do presidente Jair Bolsonaro", disse na entrevista à CNN, ressaltando que a relação entre os dois é "única e exclusivamente de natureza jurídica".

Wassef contou que ligou neste domingo, 21, para Flávio Bolsonaro para falar de sua saída do caso e, apesar de o senador relutar e pedir para que ele continue, resolveu mesmo deixar e nesta segunda-feira, 22, será anunciado um novo advogado. "Fiz um telefonema ao senador e disse que estou sendo usado pelos inimigos da pátria, os inimigos do Brasil. Estão fazendo um massacre midiático contra minha pessoa para atingir o presidente."

"Sem dúvida existe um estratégia de todos onde resolveram destruir minha imagem e minha reputação. apontar os canhões para mim, porque hoje eles entendem que bater em mim é atingir o presidente."

Wassef negou que tenha um movimento dentro do Planalto para, após a prisão de Queiróz em sua casa, desvinculá-lo da imagem de Jair Bolsonaro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)

100 dias entre o fundo e topo do mercado

Até aqui, 2020 foi o ano de Amyr Klink, em que aqueles que souberam capotar (entre janeiro e o final de março), passaram pela tempestade sem afundar de vez em mar aberto

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements