Menu
2020-07-08T06:58:04-03:00
Estadão Conteúdo
de quando era deputado

Flávio Bolsonaro presta depoimento ao MP no Rio no inquérito da ‘rachadinha’

Esquema consistiria na devolução de parte dos salários dos assessores; depoimento desta terça-feira foi prestado a pedido do próprio senador

8 de julho de 2020
6:57 - atualizado às 6:58
Plenário do Senado
Senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). - Imagem: Roque de Sá/Agência Senado

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi ouvido nesta terça-feira, 7 pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) no inquérito que investiga o esquema de "rachadinha" em seu gabinete enquanto era deputado estadual no Rio de Janeiro.

O esquema consistiria na devolução de parte dos salários dos assessores. O depoimento desta terça-feira foi prestado a pedido do próprio senador, que afirmou por meio de sua assessoria querer "restabelecer a verdade".

A oitiva foi realizada pelos promotores do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc), que investiga o caso desde março do ano passado. Flávio é investigado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Outro alvo da mesma investigação é Fabrício Queiroz, seu ex-assessor parlamentar, preso em 18 de junho em Atibaia (SP).

O pedido para que fosse ouvido na investigação representou uma mudança na estratégia de defesa do senador. O MP-RJ havia tentado ouvir o senador no início de 2019, mas ele não prestou depoimento. Depois, tentou interromper a investigação.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do senador, o conteúdo da audiência está em segredo de Justiça e será preservado. Ainda segundo a assessoria, a mulher do parlamentar, Fernanda Bolsonaro, não prestará depoimento. O MP-RJ havia requerido também a oitiva dela.

A defesa do senador afirmou ainda que Flávio Bolsonaro "não praticou qualquer irregularidade e que confia na Justiça".

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies