Menu
2018-10-08T16:46:07-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

13 dos 27 estados definem seus governadores no primeiro turno; confira como ficaram as disputas

Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí e Tocantins não terão segundo round

7 de outubro de 2018
19:52 - atualizado às 16:46
urna-eletronica eleições
Urna eletrônica - Imagem: Shutterstock

De acordo com os resultados das votações para os governos estadual e distrital, 13 dos 27 estados definiram seus governadores já no primeiro turno. Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí e Tocantins não farão a segunda etapa da disputa no próximo dia 28 de outubro.

Entre os eleitos neste domingo, 7, três são do PT, três do PSB, dois do DEM, um do PP, um do MDB, um do PCdoB, um do PSD e um do PHS. Chama a atenção a expressiva votação que o PT manteve nos estados do nordeste, sendo que todos os seus governadores eleitos vem de lá.

Confira os resultados por estado:

Acre
Urnas apuradas: 100%
Gladson Cameli (PP): 53,71% - ELEITO
Marcus Alexandre (PT): 34,54%
Coronel Ulysses (PSL): 10,80%

Alagoas
Urnas apuradas: 100%
Renan Filho (MDB): 77,30% - REELEITO
Josan Leite (PSL): 11,06%
Pinto de Luna (PROS): 7,31%

Amapá
Urnas apuradas: 100%
Waldez (PDT): 33,55% - SEGUNDO TURNO
Capi (PSB): 30,10% - SEGUNDO TURNO
Davi (DEM): 23,75%

Amazonas
Urnas apuradas: 100%
Wilson Lima (PSC): 33,73% - SEGUNDO TURNO
Amazonino Mendes (PDT): 32,74% - SEGUNDO TURNO
David Almeida (PSB): 23,59%

Bahia
Urnas apuradas: 100%
Rui Costa (PT): 75,50% - REELEITO
Zé Ronaldo (DEM): 22,26%
Marcos Mendes (PSOL): 0,66%

Ceará
Urnas apuradas: 100%
Camilo (PT): 79,96% - REELEITO
General Theophilo (PSDB): 11,30%
Hélio Góis (PSL): 6,53%

Distrito Federal
Urnas apuradas: 100%
Ibaneis (MDB): 41,97% - SEGUNDO TURNO
Rodrigo Rollemberg (PSB): 13,94% - SEGUNDO TURNO
Rogério Rosso (PSD): 11,24%

Espírito Santo
Urnas apuradas: 100%
Renato Casagrande (PSB): 55,49% - ELEITO
Manato (PSL): 27,22%
Jackeline Rocha (PT): 7,38%

Goiás
Urnas apuradas: 100%
Ronaldo Caiado (DEM): 59,73% - ELEITO
Daniel Vilela (MDB): 16,14%
Zé Eliton (PSDB): 13,73%

Maranhão
Urnas apuradas: 100%
Flávio Dino (PCdoB): 59,29% - REELEITO
Roseana Sarney (MDB): 30,07%
Maura Jorge (PSL): 7,87%

Mato Grosso
Urnas apuradas: 100%
Mauro Mendes (DEM): 58,69% - ELEITO
Pedro Taques (PSDB): 19,56%
Wellington Fagundes (PR): 19,00%

Mato Grosso do Sul
Urnas apuradas: 100%
Reinaldo Azambuja (PSDB): 44,61% - SEGUNDO TURNO
Juiz Odilon (PDT): 31,62% - SEGUNDO TURNO
Junior Mochi (MDB): 11,61%

Minas Gerais
Urnas apuradas: 100%
Romeu Zema (NOVO): 42,73% - SEGUNDO TURNO
Antonio Anastasia (PSDB): 29,06% - SEGUNDO TURNO
Fernando Pimentel (PT): 23,12%

Pará
Urnas apuradas: 100%
Helder (MDB): 47,96% - SEGUNDO TURNO
Mauro Miranda (DEM): 30,21% - SEGUNDO TURNO
Paulo Rocha (PT): 17,05%

Paraíba
Urnas apuradas: 100%
João (PSB): 58,18% - ELEITO
Lucélio Cartaxo (PV): 23,41%
Zé Maranhão (MDB): 17,44%

Paraná
Urnas apuradas: 100%
Ratinho Júnior (PSD): 59,99% - ELEITO
Cida Borghetti (PP): 15,53%
João Arruda (MDB): 13,19%

Pernambuco
Urnas apuradas: 100%
Paulo Câmara (PSB): 50,70% - REELEITO
Armando Monteiro (PTB): 35,99%
Dani Portela (PSOL): 4,98%

Piauí
Urnas apuradas: 100%
Wellington Dias (PT): 55,65% - ELEITO
Dr. Pessoa (SD): 20,48%
Luciano (PSDB): 17,30%

Rio de Janeiro
Urnas apuradas: 100%
Wilson Witzel (PSC): 41,28% - SEGUNDO TURNO
Eduardo Paes (DEM): 19,56% - SEGUNDO TURNO
Tarcísio Motta (PSOL): 10,72%

Rio Grande do Norte
Urnas apuradas: 100%
Fatima Bezerra (PT): 46,17% - SEGUNDO TURNO
Carlos Eduardo (PDT): 32,45% - SEGUNDO TURNO
Robinson Faria (PSD): 11,85%

Rio Grande do Sul
Urnas apuradas: 100%
Eduardo Leite (PSDB): 35,90% - SEGUNDO TURNO
José Ivo Sartori (MDB): 31,11% - SEGUNDO TURNO
Miguel Rossetto (PT): 17,76%

Rondônia
Urnas apuradas: 100%
Expedito Junior (PSDB): 31,59% - SEGUNDO TURNO
Coronel Marcos Rocha (PSL): 23,99% - SEGUNDO TURNO
Maurão de Carvalho (MDB): 22,69%

Roraima
Urnas apuradas: 100%
Antonio Denarium (PSL): 42,27% - SEGUNDO TURNO
Anchieta (PSDB): 38,78% - SEGUNDO TURNO
Suely Campos (PP): 11,13%

Santa Catarina
Urnas apuradas: 100%
Gelson Merísio (PSD): 31,12% - SEGUNDO TURNO
Comandante Moisés (PSL): 29,72% - SEGUNDO TURNO
Mauro Mariani (MDB): 23,23%

São Paulo
Urnas Apuradas: 100%
João Doria (PSDB): 31,77% - SEGUNDO TURNO
Marcio França (PSB): 21,53% - SEGUNDO TURNO
Paulo Skaf (MDB): 21,09%

Sergipe
Urnas apuradas: 100%
Belivaldo (PSD): 40,84% - SEGUNDO TURNO
Valadares Filho (PSB): 21,49% - SEGUNDO TURNO
Eduardo Amorim (PSDB): 20,50%

Tocantins
Urnas apuradas: 100%
Mauro Carlesse (PHS): 57,39% - ELEITO
Carlos Amastha (PSB): 31,19%
Marlon Reis (Rede): 6,68%

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Alfabetização financeira para crianças: quando é a hora de falar sobre dinheiro?

As idades entre nove e quinze anos são cruciais no desenvolvimento de uma criança. Muito do que vivem como adultos vem das fórmulas vencedores que aprendem quando crianças.

Novo nome no MEC

Bolsonaro anuncia pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Decreto presidencial nomeou professor para o cargo nesta sexta-feira

Investimento para o cliente

Corretora Warren recebe aporte de R$ 120 milhões para investimento em plataformas digitais

Fintech visa multiplicar por cinco patrimônio sob gestão até o fim de 2021 e aumentar alcance da marca: ‘Nossa meta é seguir investindo em tecnologia’

Chegou lá

E o Ibovespa, quem diria, voltou aos 100 mil pontos. O que isso significa?

Depois de mais de quatro meses, o Ibovespa finalmente reconquistou o patamar dos três dígitos. Algumas boas notícias da economia doméstica ajudam a explicar o otimismo na semana, mas há mais fatores que influenciaram esse movimento

Crise se afastando?

Barômetros globais sinalizam retomada gradual da economia mundial, diz FGV

Melhoras ainda estão condicionadas a um ‘grau elevado’ de incerteza diante da pandemia, pondera pesquisador

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements