Menu
2018-10-18T20:57:38-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

Nova pesquisa Datafolha mostra disputa presidencial estável com liderança de Bolsonaro

Candidato do PSL tem 59% dos votos válidos enquanto do petista Fernando Haddad tem 41%

18 de outubro de 2018
20:57
bolsonaro-haddad
Bolsonaro segue com vantagem em relação à Haddad - Imagem: Montagem: Victor Matheus

Datafolha divulgou na noite desta quinta-feira, 18, mais uma pesquisa de intenção de voto para presidente no 2º turno das eleições. Segundo os resultados, Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 59% dos votos válidos e Fernando Haddad (PT) com 41%.

A pesquisa foi realizada entre 17 e 18 de outubro, e ouviu 9.137 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Em relação à pesquisa divulgada no dia 10 de outubro, Bolsonaro oscilou um ponto para cima e Haddad um para baixo.

Votos totais

No levantamento feito com os votos totais, aqueles que consideram brancos, nulos e indecisos, Bolsonaro aparece com 50% das intenções de voto e Haddad 35%.

Veja todos os números:

Jair Bolsonaro (PSL): 50%
Fernando Haddad (PT): 35%
Em branco/nulo/nenhum: 10%
Não sabe: 5%

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso significa que, se respeitada a margem de erro, há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

APOSTAS

XP aposta em ações defensivas e BTG recomenda exposição a construção e e-commerce para outubro

Banco e corretora divulgam carteiras recomendadas após volatilidade de setembro, quando Ibovespa acumulou queda de 4,80%

Impostos e contribuições

Receita: Arrecadação em agosto soma R$124,5 bilhões, acima do teto das projeções

O valor arrecadado no mês passado foi o maior para meses de agosto desde 2014, quando a arrecadação no oitavo mês do ano foi de R$ 127,405 bilhões.

Recuperação acelerada

PMI industrial brasileiro acelera 64,9 em setembro e atinge máxima histórica

É a terceira vez consecutiva que o indicador quebra seu recorde histórico de alta, após julho (58,2) e agosto (64,7)

MERCADO DE TRABALHO

EUA: Pedidos de auxílio-desemprego caem 36 mil, a 837 mil

Resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal

DIVULGAÇÃO ATRASADA

CVC cai mais de 4% após ter prejuízo de R$ 1,15 bilhão no primeiro trimestre

Pandemia derruba receita e provoca despesas não recorrentes no período

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements