Menu
2018-10-05T15:52:26-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Em alta

Fabricante de armas vê ações dispararem com ‘onda Bolsonaro’

Empresa viu volume negociado das ações subir mais de 50 vezes, indo de R$ 255 mil a R$ 14 milhões em dois meses; valorização do papel é de 113% no período

5 de outubro de 2018
12:59 - atualizado às 15:52
Armas
Imagem: shutterstock

A fabricante brasileira de armas Forjas Taurus viu o volume negociado das suas ações crescer mais de 50 vezes na bolsa nos últimos dois meses.

A companhia pegou carona na corrida eleitoral e, mais especificamente, na campanha de Jair Bolsonaro (PSL), que defende o porte de armas no país.

Desde o início da campanha eleitoral em rádio e TV, o volume negociado das ações preferenciais da Taurus (FJTA4) aumentou de cerca de R$ 250 mil ao dia para mais de R$ 14 milhões. O preço do papel da companhia foi de R$ 2,34 ao patamar desta sexta-feira, 5, de R$ 4,98. Trata-se de uma alta de quase 113%.

E não há outra explicação para valorização que não acabe nas eleições, já que o desempenho da empresa não tem respaldo em seus dados financeiros. No primeiro semestre do ano, a fabricante acumulou um prejuízo de R$ 92,6 milhões, segundo o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do "Estadão".

Embora a receita com a venda de armas venha crescendo, a companhia está sendo impactada pelo aumento de despesas financeiras, que cresceram 98% no segundo trimestre deste ano ante igual período do ano anterior, chegando a R$ 118,6 milhões.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Crise

Vendas no varejo caíram 13,9% em 2020, segundo ICVA; resultado é o pior da série histórica

Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o índice teve uma queda de 10,4%.

imbróglio resolvido

OSX, de Eike Batista, fecha acordo com acionista e ações sobem

Acerto permite convocação de assembleia para eleger nova administração para companhia de logística portuária

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

MERCADOS HOJE

Vacina anima investidores e Ibovespa sobe 1%, na contramão da cautela global

Em dia de Wall Street fechada, o mercado deve refletir uma liquidez menor. Os investidores também repercutem os dados do IBC-Br

acelera aí

Gol cobra agilidade da Smiles na análise de incorporação

Companhia aérea afirma que demora na avaliação da proposta resultará em atraso substancial na reorganização das empresas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies