Menu
2018-09-30T13:46:08-03:00
Estadão Conteúdo
Eleições 2018

Disputa esquenta na reta final com Haddad e Bolsonaro com empate técnico

Pesquisa da CNT mostra Bolsonaro com 28,2% das intenções de voto e Haddad com 25,2%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

30 de setembro de 2018
13:31 - atualizado às 13:46
Montagem mostra candidatos Fernando Haddad e Jair Bolsonaro
Montagem mostra candidatos Fernando Haddad e Jair Bolsonaro - Imagem: Seu Dinheiro com Agência Brasil

Pela primeira vez, os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) aparecem tecnicamente empatados na corrida presidencial , conforme os resultados da pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte).

O levantamento divulgado neste domingo (30) mostra Bolsonaro com 28,2% das intenções de voto e Haddad com 25,2% da preferência dos entrevistados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Considerando essa margem, Bolsonaro pode ter entre 26% e 30,4%. Já Haddad pode ter entre 23% e 27,4%.

Ciro Gomes (PDT) surge em seguida com 9,4%, tecnicamente empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que marcou 7,3%. Marina Silva (Rede) registrou 2,6%.

Eis as intenções de voto em cada candidato:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 28,2%
  • Fernando Haddad (PT): 25,2%
  • Ciro Gomes (PDT): 9,4%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 7,3%
  • Marina Silva (Rede): 2,6%
  • João Amoêdo (Novo): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Alvaro Dias (Podemos): 1,7%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 0,7%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 0,4%
  • Vera (PSTU): 0,3%
  • José Maria Eymael (DC): 0,1%
  • João Goulart Filho (PPL): 0,1%
  • Branco/Nulo: 11,7%
  • Indeciso: 8,3%

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas nos dias 27 e 28 de setembro em 137 municípios de 25 unidades da federação. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018 e tem nível de confiança de 95%. Na última pesquisa MDA/CNT, do dia 17 de setembro, Bolsonaro aparecia em primeiro lugar, com 28,2% das intenções, seguido por Haddad, com 17,6%, e Ciro, com 10,8%.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Contas brasileiras em jogo

STF retoma julgamento sobre ICMS e PIS/Cofins; decisão pode ter impacto de R$ 258,3 bilhões para União

Os ministros já haviam declarado inconstitucional a cobrança de ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins, mas o governo pede que a decisão não tenha efeito retroativo

São Jorge e o dragão inflacionário

A grande e ameaçadora besta da inflação começa a sair do seu sono profundo. Aos poucos, movimenta as asas e mexe sua cauda incendiária. Um vagaroso e temerário despertar. Nem de longe está cuspindo fogo — e quem viveu no Brasil nos anos 80 e 90 lembra bem do seu poder destrutivo. Mas mesmo o […]

FECHAMENTO

Dragão americano da inflação assombra ativos globais e resultado é bolsa, dólar e juros sob pressão; Ibovespa recua 2% e volta aos 119 mil pontos

A pressão inflacionária superou até mesmo o cenário político interno caótico nos holofotes do mercado e levou o principal índice brasileiro a amargar uma queda brusca

Primeiro encontro

Presidentes de Petrobras e BR se reúnem para tratar da saída da estatal da distribuidora

Os executivos, que assumiram os cargos há cerca de uma vez, discutirão a venda da participação de 37,5% que a Petrobras ainda detém na empresa

Trabalho em equipe?

Biden e oposição tentam acordo para aprovar pacote de infraestrutura

Um dos maiores pontos de divergência entre o presidente e líderes republicanos é o aumento de impostos para financiar a proposta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies