⚽️ Brasil enfrenta a Coreia do Sul na próxima fase; confira os dias dos próximos jogos

Cotações por TradingView
2018-09-22T11:15:43-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

Alckmin manda preparar artilharia pesada contra Bolsonaro

Candidato do PSDB à Presidência vai retomar as críticas que foram interrompidas após atentado ao candidato do PSL

18 de setembro de 2018
19:55 - atualizado às 11:15
geraldo-alckmin
Alckmin quer fazer colar a ideia de que votar em Bolsonaro é carimbar a volta do PT ao poder - Imagem: Shutterstock

Na reta final do primeiro turno, Geraldo Alckmin (PSDB) vai partir para o tudo ou nada de vez. A campanha do candidato à Presidência pelo PSDB nas eleições 2018 decidiu retomar em seu horário eleitoral os ataques ao presidenciável do PSL e líder nas pesquisas de intenção de voto, Jair Bolsonaro.

A decisão de radicalizar a disputa foi tomada após reunião com aliados do Centrão na tarde desta terça-feira (18) em São Paulo. Além disso, Alckmin vai reforçar o tom anti-petista de sua campanha: a ideia é pregar o voto útil e o mantra de que "votar em Bolsonaro significa carimbar o passaporte do PT no 2° turno".

Encontro do desespero

A reunião de aliados do tucano foi convocada em caráter de emergência pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, coordenador político da campanha de Alckmin, e reuniu dirigentes do PR, PSD, PTB, PRB, SD e PSDB. Entre os participantes estavam Valdemar Costa Neto, do PR, Roberto Freire, do PPS, Guilherme Mussi, do PP, Silvio Torres, do PSDB, e o marqueteiro Lula Guimarães.

No encontro, Alckmin e seus auxiliares apresentaram aos aliados do Centrão as mudanças que serão feitas na estratégia de campanha e tentaram tranquilizar o grupo. Segundo relatos de participantes do encontro, os dirigentes dos partidos da coligação que apoiam Alckmin temem que Bolsonaro possa vencer no 1.° turno ou ir para o 2.° com Fernando Haddad, candidato do PT.

São remotas as chances da disputa terminar no dia 7 de outubro. O próprio ACM Neto disse a jornalistas que não há hipótese dessa eleição acabar no 1° turno, já que "essa é a eleição mais pulverizada desde 1989". Ainda segundo o prefeito de Salvador, o ataque a Bolsonaro em Juiz de Fora (MG) deixou todos os candidatos em "compasso de análise".

Estancando a sangria

Como mostrou o jornal "O Estado de S. Paulo" nesta terça-feira, Alckmin tenta impedir uma debandada do Centrão - o tucano está estagnado nas pesquisas de intenção de voto enquanto vê Bolsonaro consolidar seu eleitorado.

"Enquanto um dos candidatos lutava pela vida, não era razoável fazer um determinado tipo de enfrentamento político. Mas não iremos, em 7 de outubro, viver uma eleição entre a prisão e uma facada", disse ACM. "Não podemos deixar de evidenciar as fragilidades da candidatura de Bolsonaro", concluiu.

Quando questionado sobre as traições de aliados nos Estados, ACM minimizou. "Isso está acontecendo em todos os partidos, e não só da nossa coligação."

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA COPA

Brasil segue favorito mesmo após primeira derrota na Copa; confira as seleções queridinhas das oitavas entre os apostadores

3 de dezembro de 2022 - 9:14

Já classificado, Tite escalou um time recheado de reservas que acabou perdendo de 1 x 0 para os camaroneses, que ficaram fora do mundial

Aperta o play!

Copom realiza última reunião do ano na próxima quarta (07); o que esperar para a Selic daqui para frente?

3 de dezembro de 2022 - 8:00

No podcast Touros e Ursos desta semana, falamos sobre as incertezas fiscais que cercam a decisão de juros do Copom e como investir neste cenário

FECHAMENTO DO DIA

Poeira assenta em Brasília e Ibovespa sobe quase 3% na semana; dólar cai a R$ 5,21

2 de dezembro de 2022 - 19:29

Em Nova York, no entanto, o clima foi de cautela. O payroll, o raio-X do mercado de trabalho americano e um dos dados mais importantes para o Federal Reserve na decisão de política monetária, mostrou uma força maior do que a esperada

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Raízen (RAIZ4) depositará R$ 918 milhões na conta dos acionistas em 2023, mas data de corte é na próxima semana; veja quem terá direito à bolada

2 de dezembro de 2022 - 19:22

A Raia Drograsil anunciou o pagamento de proventos nesta sexta-feira (2): a farmacêutica distribuirá R$ 90 milhões na forma de JCP

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Vai causar estrago? Europa fixa valor do barril de petróleo russo em US$ 60 e deve despertar a fúria de Putin

2 de dezembro de 2022 - 18:35

Na decisão de hoje, os europeus detalham que o limite de preço do petróleo russo será revisado regularmente e deve ser “pelo menos 5% abaixo do valor médio de mercado”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies