Menu
2019-04-20T15:25:24-03:00
Estadão Conteúdo
Cessão onerosa

Projeto sobre cessão onerosa não deve ser votado nesta terça-feria, diz Jucá

Governo prevê arrecadar cerca de R$ 100 bilhões com a venda do chamado excedente da cessão onerosa, áreas com petróleo acima dos 5 bilhões de barris a que a Petrobras tem direito de explorar

4 de dezembro de 2018
14:27 - atualizado às 15:25
Romero Jucá
Senador Romero Jucá - Imagem: Adré Dusek/Estadão Conteúdo

A votação do projeto de lei que destrava o megaleilão de áreas do pré-sal deve ser adiada novamente, avisou nesta terça-feira, 4, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (MDB-RR), em sua conta no Twitter. Prevista para esta terça, a apreciação do projeto da cessão onerosa não será possível porque ainda não há acordo para fazer o repasse de parte dos recursos a Estados e municípios sem ferir o teto de gastos.

O governo prevê arrecadar cerca de R$ 100 bilhões com a venda do chamado excedente da cessão onerosa, áreas com petróleo acima dos 5 bilhões de barris a que a Petrobras tem direito de explorar segundo contrato firmado em 2010. O projeto de lei fornece as bases para a revisão desse contrato com a Petrobras, etapa necessária para dar segurança ao megaleilão.

A preocupação com o teto de gastos existe porque o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, sinalizou que pretende dividir esses recursos com Estados e municípios, que estão em crise financeira e cujos governadores eleitos já pediram apoio da União. Além disso, o governo deve ter de pagar à Petrobras pela revisão do contrato.

Esses repasses, pelas regras atuais, ficariam sujeitos ao teto de gastos. Os parlamentares chegaram a pedir ao governo que firme o compromisso de assinar uma Medida Provisória (MP), que tem vigência imediata, assegurando a transferência aos governos regionais. Mas o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, é contra a iniciativa e já avisou que não assinará a MP.

Jucá afirmou no Twitter que "os entendimentos estão acontecendo", mas ressaltou que o comando da votação cabe ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

"Hoje nós vamos conversar mais sobre o assunto para definir qual será a data da votação. Vamos esperar o relator (senador Fernando Bezerra) chegar para que possamos conversar", avisou o líder do governo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

negócio fechado

Petrobras assina compromisso de compra da plataforma P-71 por US$ 353 milhões

Petrolífera fala que, por conta da nova alocação da P-71, a licitação de afretamento da plataforma que atenderia ao projeto de Itapu será cancelada

retomada

Financiamentos imobiliários somam recorde histórico de R$ 12,9 bilhões

Volume financiado é recorde, em termos nominais, na série histórica iniciada em julho de 1994, segundo a Abecip

cardápio de balanços

Cielo, Localiza e Smiles: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta

Empresas estão entre as que mais recentemente divulgaram os números do terceiro trimestre, período com resultados ainda marcados pela pandemia

seu dinheiro na sua noite

A peleja da bolsa com a crise fiscal

Com tanto dinheiro girando no mundo, quem tem pede muito quem não tem pede mais. Os versos de Zé Ramalho não poderiam resumir melhor a encruzilhada na qual vive o mundo econômico em meio à crise do coronavírus. Quem tem pede muito. Nos Estados Unidos, a falta de um acordo para a aprovação de um […]

Guidance

Trisul projeta entre R$ 2,8 bilhões e R$ 3,2 bilhões em lançamentos em 2020 e 2021

Incorporadora divulgou guidance para biênio de 2020-2021; segundo prévias, meta de lançamentos para este ano já foi batida

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies