IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:23:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Decisão vai a tribunal

Superintendência do Cade livra bancões de processo envolvendo crédito consignado

Recomendação pelo arquivamento consta de despachos publicados no Diário Oficial da União; decisão final cabe ao tribunal do Cade

12 de novembro de 2018
11:30 - atualizado às 14:23

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou ao Tribunal da autarquia o arquivamento de seis processos administrativos contra bancos que investigam supostas infrações à ordem econômica no mercado de crédito consignado.

A recomendação pelo arquivamento consta de despachos publicados no Diário Oficial da União (DOU) e referem-se a investigações abertas contra gigantes como os bancos Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Caixa, Banrisul e BRB.

Segundo as denúncias, as instituições estariam exigindo exclusividade na celebração de contratos com entes públicos para a oferta de crédito consignado aos servidores vinculados a esses entes. Os processos foram instaurados em 2015.

Em nota, a Superintendência afirma que verificou que a exigência de exclusividade não era sistemática em relação aos seis bancos investigados. "Por vezes, a prática era decorrente de exigência legal (como no caso do BRB) ou prevista nos editais dos processos licitatórios abertos pelos próprios entes públicos para a contratação das instituições financeiras", comenta. "Em alguns casos, a exclusividade nem sequer constava dos contratos firmados entre os bancos e o órgão público", completa.

Os processos foram encaminhados ao Tribunal do Cade, responsável pela decisão final sobre os casos, com recomendação de arquivamento, reforça a Superintendência na nota.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MERCADOS HOJE

Esquenta dos mercados: sombra Super Quarta pressiona e bolsas internacionais caem; Ibovespa acompanha primeiro dia de Copom

31 de janeiro de 2023 - 7:23

RESUMO DO DIA: O PMI chinês veio pior do que o esperado, mas rompeu a tendência de contração da atividade econômica. No entanto, isso não foi o suficiente para sustentar uma alta nas bolsas da Ásia. A Europa acompanha os dados preliminares da atividade na Zona do Euro. O prato principal da semana, porém, é […]

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Mas só se fala em política monetária? Então saiba o que esperar da Super Quarta dos bancos centrais

31 de janeiro de 2023 - 6:43

Os bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos decidem os juros na quarta-feira; na quinta-feira será a vez da zona do euro e da Inglaterra

LOTERIAS

Lotofácil tem 4 ganhadores, sendo 2 em uma mesma lotérica (de novo)

31 de janeiro de 2023 - 5:51

Enquanto a Lotofácil segue fazendo a alegria dos apostadores, Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada

DIA 30

“Vocês fizeram falta, caro Lula” — a conversa com Olaf Scholz, o ministro alemão, que teve até recado duro para a China

30 de janeiro de 2023 - 20:26

Mercosul, OCDE e guerra na Ucrânia estiveram na pauta do encontro, mas teve um assunto que arrancou aplausos da plateia formada pela delegação da Alemanha: o meio ambiente

NÃO VAI VOLTAR?

Bolsonaro entra com pedido de visto de turista nos EUA — veja quanto tempo ele pode ficar por lá

30 de janeiro de 2023 - 19:05

O pedido foi apresentado na sexta-feira (27), de acordo com o Financial Times. O visto diplomático que ele usou para entrar no país em 30 de dezembro vence hoje.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies