Menu
2018-11-08T15:45:19-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Codeshare e programas de fidelidade

Azul anuncia parceria com Copa Airlines e mira expansão de suas fronteiras na América Latina

Plano vai permitir que os clientes Azul se conectem com 80 destinos em 32 países nas Américas do Norte, Central, do Sul e do Caribe

8 de novembro de 2018
15:20 - atualizado às 15:45
Avião da azul
Acordo permite que a Azul adicione seu código aos voos da Copa que partem e chegam da Cidade do Panamá - Imagem: Shutterstock

A Azul deu mais um passo dentro do seu plano de expansão de negócios na América nesta quinta-feira, 8, com um projeto que pode animar seus acionistas. A companhia aérea fechou um acordo com a Copa Airlines para o chamado codeshare, que compartilha os códigos de voos das duas empresas em voos partindo do Panamá.

O projeto prevê que a Azul adicionará seu código aos voos da Copa que partem e chegam da Cidade do Panamá, permitindo a conexão de seus clientes com 80 destinos em 32 países nas Américas do Norte, Central, do Sul e do Caribe.

Além disso, no Brasil, os clientes da Copa poderão usufruir da malha da Azul, que atualmente voa para 101 cidades brasileiras. Vale lembrar que 52 desses destinos não são servidos por nenhuma outra companhia aérea brasileiras, o que garante a hegemonia da Azul nas rotas alternativas.

O acordo ainda precisa ser aprovado pelas autoridades reguladoras. Junto com a parceria, as aéreas também lançaram um acordo entre seus programas de fidelidade. Clientes do TudoAzul e do ConnectMiles poderão acumular milhas quando voarem por qualquer uma das duas empresas.

Em dezembro, clientes também poderão resgatar os pontos acumulados nas duas companhias aéreas.

E você leitor e acionista, o que achou das novidades da Azul?

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

seu dinheiro na sua noite

B3 Fashion Week

A semana de moda da bolsa brasileira está pegando fogo! Flashes por todos os lados, comentários entusiasmados, queixos caídos a cada novo desfile. As grandes marcas não pouparam esforços para a coleção outono/inverno — e, como era de se esperar, um intenso burburinho toma conta dos bastidores. Essa sexta-feira foi particularmente animada, com a Renner […]

Moradia classe A

Pandemia, juros baixos e dólar caro: combo impulsiona o mercado de imóveis de luxo

Uma combinação que prejudicou boa parte das empresas brasileiras acabou beneficiando o segmento imobiliário de alto padrão

fechamento da semana

Brasília impede Ibovespa de decolar, mas saldo da semana ainda é positivo; dólar vai a R$ 5,58

No Brasil, o que garantiu um bom desempenho do Ibovespa foi a alta das commodities e a recuperação econômica de Estados Unidos e China.

em encontro com investidores

Arthur Lira sinaliza que Orçamento será resolvido ‘sem rupturas’

Presidente da Câmara mencionou ainda o posterior encaminhamento da reforma administrativa e ainda o início das discussões sobre a privatização da Eletrobras

Conheça as novatas

A hora da biotecnologia: empresas do setor disparam até 78% após IPOs na Nasdaq

Três estreantes do segmento atraíram a atenção dos investidores e chegaram com tudo à bolsa norte-americana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies