Menu
2019-12-05T08:38:00-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Oferta de ações

XP vai barrar fundos brasileiros criados para investir no IPO

A justificativa para a decisão foi o receio de que os órgãos reguladores brasileiros entendessem que se trata de uma oferta irregular. A medida atinge diretamente a gestora Vitreo, que criou dois fundos com o objetivo de aplicar nas ações da XP na oferta

4 de dezembro de 2019
19:01 - atualizado às 8:38
XP investimentos Escritório Fotos Google Street
Imagem: Divulgação

A XP Investimentos decidiu barrar a participação de fundos que foram criados para entrar na oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da empresa. A informação, publicada pelo Valor Econômico a partir de um comunicado da área jurídica da corretora, foi confirmada pelo Seu Dinheiro.

O Seu Dinheiro apurou que a XP vem justificando a decisão de barrar os fundos brasileiros usando como argumento que está com receio da interpretação da Comissão de Valores Mobiliários sobre a oferta. A medida atinge diretamente a gestora Vitreo, que criou dois fundos com o objetivo de aplicar nas ações da XP na oferta. No primeiro dia de funcionamento, a gestora captou R$ 18 milhões.

O IPO da XP acontece na bolsa norte-americana Nasdaq. Os investidores brasileiros não são proibidos de participar do processo, desde que o façam por meio de fundos. A XP foi procurada e não comentou o assunto.

Eu apurei que várias gestoras brasileiras avaliam entrar na oferta, mas já havia a percepção de que a XP daria preferência na alocação aos investidores estrangeiros para evitar problemas com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ao contrário do que acontece no Brasil, apenas investidores profissionais podem participar de IPOs no mercado norte-americano. Isso significa que você só pode virar sócio da XP comprando as ações diretamente na Nasdaq depois da estreia ou via fundos como o da Vitreo.

Em ambos os casos, porém, você pode perder parte da valorização esperada para os papéis no primeiro dia de negócios em relação ao preço definido no IPO.

"A Vitreo entende que o fundo pode participar do bookbuilding da oferta. Isso não garante, contudo, que o fundo terá sua demanda atendida, integral ou parcialmente", informou a gestora, que vai manter aberta a captação para os produtos.

A XP pretende captar até US$ 2,1 bilhões no IPO. A faixa indicativa da ação foi estipulada entre US$ 22 e US$ 25. A definição do preço está prevista para o dia 10 de dezembro. O código de negociação da empresa na Nasdaq será simplesmente "XP".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

UM DOS IPOs DO ANO

Presidente da XP diz que não descarta listar a companhia na bolsa brasileira

O executivo disse que a ideia sempre foi fazer uma listagem no Brasil, visto que a empresa sempre se posicionou “como disruptora do mercado local, democratizando investimentos”

POLÍTICA

Justiça derruba suspensão de deputados do PSL; Joice pode perder liderança

Nesta quarta-feira, Joice foi confirmada líder do PSL na Câmara e em sua primeira coletiva no cargo afirmou que vai buscar uma pacificação na bancada

Até que enfim!

Agência de risco S&P eleva perspectiva para nota do Brasil para “positiva”

Embora atrasada, a decisão da S&P abre caminho para a recuperação no selo de bom pagador do país, perdido em setembro de 2015

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A última superquarta do ano

Nesta última superquarta de 2019, o mercado ficou em compasso de espera pelas decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, e do Banco Central brasileiro. No meio da tarde, o Fed anunciou a manutenção das taxas de juros, interrompendo um ciclo de três reduções consecutivas. Mas como o resultado já […]

Sessão tranquila

Sem surpresas com o Fed, dólar cai a R$ 4,11 e Ibovespa fecha em leve alta

A primeira parte do script imaginado pelos mercados foi cumprida à risca: o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) manteve a taxa de juros no país na faixa de 1,50% e 1,75% ao ano, conforme era esperado pelos agentes financeiros. E, sem nenhuma surpresa, o dólar à vista encontrou espaço para continuar caindo, enquanto […]

Menor juro da história

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,5% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central cortou a Selic mais uma vez

Juros

Banco Central reduz juros para 4,5% ao ano, mas não garante novos cortes

Com a nova redução de 0,5 ponto percentual em decisão unânime tomada pelo Copom, a Selic renova a mínima histórica

Antes tarde do que nunca?

No dia do IPO da XP, CVM lança proposta para facilitar listagem de BDR

Se já estivesse em vigor, a regra permitiria a listagem de recibos de ações da XP na bolsa brasileira. CVM também pretende liberar investimento em BDR para o varejo

SEM BUROCRACIAS

Em evento na CNI, Bolsonaro faz acenos ao empresariado ao criticar “burocracias”

“Cada instrução normativa deve ser muito bem pensada. Deve atender ao interesse do Brasil. Não de grupos”, disse o presidente

MAIS MAGRINHA

Venda de 51% da Gaspetro com 20 distribuidoras deverá ser por IPO, diz Petrobras

“As conversas continuam com a Mitsui e a nossa expectativa é realizar a transação no mercado de capitais. Em 2015 a Petrobras vendeu 49% da empresa para a Mitsui e agora vamos vender nossa parte em bolsa”, disse Castello Branco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements