Menu
2019-06-03T09:12:39-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
Cada vez pior

Projeção para alta do PIB em 2019 cai pela 14ª semana seguida, para 1,13%

Para 2020, estimativa segue em 2,50%; na semana passada, IBGE divulgou que o PIB teve contração de 0,2% no primeiro trimestre

3 de junho de 2019
8:30 - atualizado às 9:12
otimismoPIB

O boletim Focus, publicação do Banco Central que reúne estimativas de economistas, divulgado nesta segunda-feira, 3, estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 de 1,13%, ante 1,23% da semana passada. Essa é a 14ª baixa seguida no Focus. Para 2020, a projeção segue em 2,50%. 

No último dia 30, o IBGE confirmou contração do PIB em 0,2% nos três primeiros meses de 2019 na comparação com o último trimestre do ano passado. A última queda do indicador havia ocorrido no quarto trimestre de 2016 e tinha sido de 0,6%. Em valores correntes, o principal indicador da economia brasileira totalizou R$ 1,714 trilhão.

Na mesma

Mas voltando ao Focus, a Selic, a taxa básica de juros, segue em 6,50% no fim de 2019 (mesmo patamar de um mês atrás). A projeção para a Selic no fim de 2020 seguiu em 7,25% ao ano.  Em 2021, o número seguiu em 8,00% e para 2022 permaneceu em 7,50%.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

No último dia 8, Comitê de Política Monetária (Copom) anunciou a manutenção, pela nona vez consecutiva da Selic, em 6,50% ao ano. O BC também indicou que o risco de inflação menor devido ao fraco desempenho econômico se elevou desde a reunião anterior e reiterou que manterá a "cautela, serenidade e perseverança" em suas próximas reuniões.

Os economistas do mercado financeiro também mostraram uma estabilidade no cenário para a moeda norte-americana em 2019. A mediana das expectativas para o câmbio no fim deste ano ficou em R$ 3,80. Para o próximo ano a projeção no fim do ano continua em R$ 3,80.

Em relação ao IPCA em 2019, os economistas do mercado financeiro baixaram a previsão para 4,03%, ante 4,07% da semana passada. A projeção para o índice em 2020 seguiu em 4,00%. Mesmo nível de quatro semanas atrás.

O relatório também trouxe a projeção para o IPCA em 2021, que seguiu em 3,75%. No caso de 2022, a expectativa também permaneceu em 3,75%.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

melhor no indicador

‘Prévia’ do PIB avança 0,17% em outubro

IBC-Br considera a trajetória das variáveis da agropecuária, indústria e serviços, além de impostos sobre produtos.

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

No radar: 33º recorde na bolsa e fraude na Via Varejo

O Ibovespa bateu seu 33º recorde neste ano ontem e o dólar fechou abaixo de R$ 4,10. Entre as empresas o destaque é a Via Varejo, que deixou todo mundo de cabelo em pé ao confirmar uma fraude bilionária. Combina bem com o clima de sexta-feira 13. O que você precisa saber hoje: Mercados • O […]

Hora de dar tchau

BNDES avalia vender sua fatia na Petrobras em oferta que pode chegar a R$ 24 bi

Intenção do banco é vender toda a fatia que detém hoje da petroleira, ou seja, 10% do total de ações ordinárias emitidas pela Petrobras via oferta pública de ações

avanço no paraná

Ânima compra UniCuritiba por R$ 130 milhões

Dono de conceito máximo do MEC (nota 5) e prestes a completar 70 anos de história, o UniCuritiba é a quinta maior instituição privada da região Sul

voltando atrás

Sob pressão, relator propõe reduzir fundo eleitoral para R$ 2 bilhões

Comissão Mista do Orçamento, formada por deputados e senadores, aprovou na semana passada relatório de Domingos Neto que prevê R$ 3,8 bilhões para o fundo usado para financiar as campanhas eleitorais

Novidades no setor

Ford pode investir R$ 1,4 bi na Bahia, afirma sindicato

Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, o que o presidente da Ford América do Sul, Lylle Watters, pediu na semana passada, em reunião com os trabalhadores, “é a precarização da mão de obra”

Entrevista

‘Sinais sugerem trajetória de crescimento’, diz ex-diretor do BC

Alexandre Schwartsman diz acreditar que o Banco Central ainda tem espaço para novos cortes dos juros básico, hoje em 4,5% ao ano

para marcar na agenda

Caixa anuncia saques de até R$ 998 do FGTS para 20 de dezembro

Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira (12) a Medida Provisória que aumenta o limite do saque imediato do FGTS, anteriormente em R$ 500

cada vez mais br

Amazon anuncia centro de distribuição em Pernambuco

Anúncio representa mais um avanço sobre o mercado local; em setembro deste ano americana lançou no Brasil o serviço “Prime”, ao custo de R$ 9,90 mensais

reputação melhor

S&P eleva perspectiva de crédito da Petrobras

Agência alterou de estável para positiva a perspectiva dos ratings de todas as entidades corporativas e de infraestrutura cujos níveis de risco são direta ou indiretamente limitados pelo rating soberano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements