Menu
2019-07-12T16:28:38+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Análise

Previdência: Dá para comemorar, mesmo que ainda seja cedo para cantar vitória

Votação em segundo turno da reforma da Previdência deve mesmo ficar para agosto, mas caminho até aqui surpreende de forma positiva

12 de julho de 2019
15:00 - atualizado às 16:28
Rodrigo Maia discursa no plenário da Câmara
Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O plenário da Câmara dos Deputados ainda vota os destaques ao texto-base da reforma da Previdência. Mas dando um passo atrás e avaliando o que aconteceu ao longo da semana é uma vitória sem precedentes a aprovação de um tema impopular e pouco compreendido com 379 votos ou 75% do total de deputados.

Ainda mais surpreendente, ao menos por ora, é a manutenção de um impacto fiscal na casa dos R$ 900 bilhões ao longo de dez anos. No mercado, o contentamento estava com algo entre R$ 600 a R$ 700 bilhões.

Mas mais importante que votos e economia é o aceno que o Parlamento dá como “casa do povo”, representação mesmo que imperfeita do país. Parece que finalmente estamos saindo da situação de insanidade, de fazer sempre as mesmas coisas e esperar resultados diferentes, como bem descreveu o ministro Paulo Guedes, em uma de suas audiências no Congresso.

Pode-se não gostar dos políticos e da política, mas foi justamente a construção de consensos possíveis entre interesses difusos e a burrice inerente de parte do Parlamento que nos trouxe até aqui.

Não é possível cantar vitória, pois a política é ardilosa e ainda temos algumas etapas pela frente. E o tempo nem sempre é amigo da política. Esse é o caso do possível intervalo entre o primeiro e segundo turno de votação na Câmara.

O texto também passará pelo Senado, onde o ambiente é um pouco mais controlado, mas há pressão por modificações também por lá.

Ainda assim, é possível avaliar que das próximas vezes que o tema Previdência voltar a ser discutido (e isso vai acontecer) os debates sejam mais arrazoados e avancemos ainda mais no tema, acabando com regimes próprios e aposentadorias especiais, bem como encaminhando um regime de capitalização.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Série: os mais ricos do Brasil

Abilio Diniz: um bilionário bom de briga

Ele transformou a pequena doceria do pai na maior rede varejista do país e aos 82 anos continua na ativa

Papo de poder

Maia conversa com Bolsonaro sobre pauta de votações da Câmara para próxima semana

Entre os itens da pauta está o projeto de lei que trata do registro, posse e comercialização de armas

Após operação da PF

Governo Bolsonaro já avalia substituto para líder no Senado

Dois nomes cogitados para ocupar o cargo de Fernando Bezerra Coelho devem ser discutidos por aliados com o presidente quando ele retornar dos Estados Unidos

Bem na fita

Governo inicia campanha para melhorar imagem do Brasil

Em vídeo, governo destaca que o Brasil está entre os principais exportadores de açúcar, café, suco de laranja, soja, carne bovina e frango

Agenda cheia até na folga

De frango assado a passeios com Warren Buffett: como foram as férias do bilionário Bill Gates

Com uma agenda lotada de eventos, Bill Gates fez do verão 2019 um momento para colocar compromissos e metas pessoais em dia

Voando

Startups do Cubo Itaú atraem R$ 480 milhões

Resultado é mais que o dobro em relação ao ano anterior, quando as startups faturaram R$ 230 milhões

Para levar no bolso

5 regras que qualquer investidor deve seguir, do iniciante ao profissional

Independentemente da fase em que você está quando o assunto é investimento, algumas regras nunca vão mudar

Assembleia da ONU

Bolsonaro diz que participará de jantar com Trump nos EUA

Comitiva do presidente partirá de Brasília às 7h da próxima segunda-feira para participar da Assembleia Geral da ONU

A tal da B3

O ponto de encontro dos investidores: saiba como funciona a bolsa de valores brasileira e conheça a sua história

Com mais de 120 anos, a bolsa de valores brasileira é o centro de negociação de ações e contratos futuros no mercado financeiro

O caminho do dinheiro

Os primeiros passos na bolsa: Entenda o processo de compra e venda de uma ação

Conheça cada etapa do caminho do dinheiro e entenda como ocorre o processo de compra e venda de uma ação na bolsa brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements