Esse conteúdo é exclusivo para o
Seu Dinheiro Premium.
Seja Premium
Quero ser Premium Já sou Premium
O que você vai receber
Conteúdos exclusivos
Indicações de investimento
Convites para eventos
Menu
Cotações por TradingView
SD Premium - Lupa dos fundos

Um fundo de crédito privado para deixar sua renda fixa mais temperada

Enquanto o mercado de crédito privado enfrenta uma crise, conheça o trabalho de uma gestora com 16 anos e R$ 7 bilhões em patrimônio especializada em selecionar e investir em títulos emitidos por empresas e tem fundos disponíveis nas principais plataformas de investimento e também na bolsa

A Bula do Mercado

A Bula da Semana: Os sinais da economia

Varejo e serviços no Brasil crescem acima do esperado em setembro, sinalizando expansão mais forte do PIB no 3T19

Seu mentor de investimentos

Encruzilhada nos ares. Como a crise na Boeing afeta a brasileira Embraer?

O principal desafio da Embraer já foi vencido há anos: fabricar ótimos aviões, aceitos em todo o mundo. Resta agora resolver o problema corporativo com a Boeing

CONHEÇA TODOS OS SEUS BENEFÍCIOS

Comece por aqui a aproveitar sua assinatura

Toda segunda e quinta-feira, o Seu Dinheiro traz conteúdos novos na sua área Premium. Saiba mais.

A Bula da Semana

A Bula da Semana: O “B” e o “C” dos Brics

Presidente chinês, Xi Jinping, desembarca em Brasília para cúpula dos Brics, e Brasil deve aproveitar oportunidade de interação com a segunda maior economia do mundo

Fique de olho nelas

Do clássico ao repaginado: as principais indicações de ações das corretoras para o mês de novembro

O aquecimento da economia reacendeu um setor que andava meio esquecido pelos analistas e, para acompanhar, duas velhas conhecidas estão de cara nova. Veja o top 3 das ações do mês para as corretoras

A Bula da Semana

A Bula da Semana: O pacote de Guedes

Ministro da Economia e presidente Jair Bolsonaro entregam nesta semana ao Congresso pacote de medidas para contas públicas

SEU DINHEIRO PREMIUM

Esse papel é patinho feio, mas está barato!

Esse ativo andou meio em descrédito, mas agora há fatores macro e micro favoráveis a sua valorização. Saiba mais

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Semana de decisão de Fed e Copom

BCs brasileiro e dos EUA devem cortar os juros pela terceira vez seguida e dúvida fica com os próximos passos

CLIQUE PARA BAIXAR O EBOOK

Ebook exclusivo: 1929 – Quebra da Bolsa de Nova York

Obra está esgotada nas livrarias e sua distribuição é um benefício exclusivo para os leitores Premium

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Crise política testa agenda econômica

Briga interna no PSL eleva tensão política e pode respingar na agenda econômica, em semana de conclusão da votação da reforma da Previdência

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Guerra esfria

Progresso nas negociações comerciais entre EUA e China abre caminho para acordo parcial, mas incertezas ainda existem

CRÔNICAS DE MERCADO

Minha vida de urso: as alegrias e amarguras de um trader que fez história vendido

Quem acredita na baixa de um ativo, pode vender a descoberto e lucrar na queda. Os shorts de câmbio me fizeram um jovem rico (cheguei a ser apontado como um dos 10 melhores partidos de Belo Horizonte por um colunista social). Mas também já perdi o equivalente a 90 “Monzas” quando estava vendido em um único contrato de café. O fato é que você pode ganhar ou perder na alta ou na baixa. O mercado é um jogo de soma zero: quando alguém compra, outro vende. .

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Desaceleração, recessão ou o quê?

Cresce preocupação com ritmo da economia global após dados fracos de atividade nos EUA

As queridinhas do mercado

As ações que prometem eletrizar a bolsa em outubro, segundo as corretoras

Mercado optou mais uma vez pela diversificação na sua carteira de recomendações. Mas além da sempre favorita Petrobras, o setor energético mostra que pode se beneficiar muito da aprovação das reformas e do avanço das pautas econômicas do país

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Só restam mais três meses

Na reta final de 2019, dúvidas sobre impeachment de Trump, guerra comercial contra a China e reforma da Previdência ainda pairam no ar

SEU DINHEIRO PREMIUM

Que tal umas comprinhas? Duas ações de shoppings que estão em ‘promoção’

Olhando para o valuation relativo das duas companhias, não só os preços me parecem adequados, como, em relação às médias históricas, estão, de certa forma, descontados.

A Bula da Semana

Bula da Semana: Agenda cheia sugere volatilidade nos mercados

Ata do Copom, Relatório Trimestral de Inflação e votação da reforma da Previdência no Senado em destaque por aqui

SD Premium - Lupa dos fundos

Ação do Magazine Luiza está mais barata hoje do que em 2015, diz Alaska

Estive no escritório da gestora para entender por que a gestora ainda não pensa em se desfazer da posição na varejista mesmo depois de multiplicar por várias vezes o capital investido nem vê ameaça com avanço da Amazon no país

seu dinheiro premium

A Bula da Semana: Um aguardado alívio preventivo

Decisões do Fed, do BoJ, do BoE e do Copom são os destaques da semana

Seu Mentor de Investimentos

Na era das taxas de juros negativas, o zero a zero já é lucro

Níveis de inflação baixíssimos, pelo menos para os padrões brasileiros, estão mudando o hábito das pessoas. Quer comprar algo, ou fazer uma aplicação? Dá para se estudar com calma

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Mercado passa a bola para os BCs

Decisão do BCE é o destaque da semana, que antecede reuniões do Fed e do Copom neste mês

Ações do mês

27 ações diferentes no top 3 das corretoras: as lições de setembro sobre diversificação de carteira

11 corretoras listaram suas 3 ações favoritas e divergiram bastante. Isso diz muito sobre o momento que vive o mercado

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Novo mês, mesmas resoluções

Mercado Financeiro continua confiante em um desfecho da guerra comercial entre EUA e China e na aprovação da reforma da Previdência no Congresso

UMA BOA PEDIDA NA BOLSA

Uma ação para ganhar com a alta do dólar e com o aumento da população no mundo

Além de uma ótima companhia, o papel pode funcionar como um seguro dentro da sua carteira, já que tem baixa correlação com os demais ativos da bolsa brasileira.

O paraíso dos especuladores

Você prefere ser um abutre rico ou um argentino quebrado?

A Argentina jamais se soergueu ao governo peronista. Tornou-se a pátria da inflação, dos choques heterodoxos, das reformas monetárias e das moratórias – e o paraíso dos especuladores.

A Bula da Semana

A Bula da Semana: A tensão em Jackson Hole

Tradicional encontro de banqueiros centrais na bucólica cidade no Wyoming (EUA) concentra atenção do mercado financeiro, gerando apreensão nos negócios

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Otimismo local desafia tensão externa

Fundos e investidores locais ampliam aposta na Bolsa brasileira com o avanço da reforma da Previdência, relegando impacto da guerra comercial no crescimento global

As ações favoritas do mercado

Que ação seria o ‘Roger Federer’ do Top 3 das corretoras em agosto?

Dentre os papéis das empresas negociadas no Ibovespa, algumas companhias costumam se destacar com frequência entre as indicações das corretoras. Confira as principais recomendações de ações para agosto

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Mercados entre a guerra e a reforma

Guerra comercial entre EUA e China deve manter a volatilidade no mercado financeiro, mas ativos locais estão atentos à votação da reforma da Previdência na Câmara

Que bolsa é essa?

Se sobe, não está cara! Uma ação para comprar e esquecer

Se você tiver uma grana para deixar parada por uns anos, tem poucas ações nas quais confio mais para o longo prazo. Essa empresa deve surfar a retomada da economia e está bem posicionada para continuar sendo líder no seu setor. O histórico de governança e a forte cultura organizacional também me animam – é o tipo de empresa da qual gosto de ser sócio.

seu dinheiro premium

A Bula da Semana: Enfim, o tão esperado alívio

Perspectiva de alívio monetário do Fed e do Copom monopoliza expectativas

Crise nos céus

Como o 737 MAX, o avião-problema da Boeing, vai abalar a empresa, a Embraer e até sua viagem de férias

Dois acidentes aéreos colocam em xeque viabilidade técnica do modelo e levam Boeing ao maior prejuízo de sua história. A companhia conseguirá sobreviver à turbulência?

seu dinheiro premium

A Bula da Semana: Dias de poucas notícias e muita expectativa

Semana começa com expectativa com medidas econômicas e decisão de juro do BCE

EXCLUSIVO PREMIUM

O rei das emergências: os melhores fundos para a sua reserva de curto prazo

Conheça os três fundos DI que não possuem taxa de administração e saiba até quando é mais interessante investir nesses tipos de fundo ou no Tesouro Selic

seu dinheiro premium

A Bula da Semana: Realização à vista

Reforma da Previdência fica para depois do recesso e deve levar a ajuste nos preços de ativos

EXCLUSIVO PARA O PREMIUM

Um achado na bolsa: que tal uma parada no purgatório da beleza e do caos?

Hoje, com a Bolsa renovando as suas máximas dia após dia, para encontrar coisa boa é preciso sujar as mãos na lama e cavar. E foi no fundo que encontrei uma boa oportunidade..

a bula do mercado

A Bula da Semana: A corrida contra o relógio

Reforma da previdência avança na Câmara em meio a prazo apertado antes do recesso; feriado e ata do Fed devem limitar liquidez até quarta

As queridinhas do mercado

Das commodities ao varejo: veja as ações mais recomendadas em julho

Alta recente do minério de ferro no exterior impulsiona os papéis de Vale e Usiminas, que se destacam entre as indicações das principais corretoras do mercado para o mês de julho

A Bula do Mercado

A Bula da Semana: Novo mês, velhos temas

Guerra comercial e reforma da Previdência continuam no radar do mercado financeiro, mas investidor fica com a sensação de novidades sobre esses temas em julho

Aos mestres com carinho

Os 17 mestres: Um papo lucrativo com Edmond Safra, um convite ‘indecente’ de Jorge Paulo Lemann e outras inspirações

Filho de assessor econômico de Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, entre outros, relata grandes encontros ao longo da carreira e aconselha: escute as outras pessoas, aprenda com aqueles que acertam e, mais ainda, com os que erram

A Bula da Semana

A Bula da Semana: Mundo mais suave, apesar da guerra

Viés dovish dos principais bancos centrais no mundo em resposta à desaceleração econômica causada pela guerra comercial alimenta o apetite por ativos de risco

Carregar mais notícias
Fechar
Menu