Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
FMI
Publicações
Esperança

Mundo pode crescer em 2021 mais que 5,5% previstos em janeiro, diz FMI

Kristalina Georgieva também defendeu crédito para empresas e famílias, a partir das circunstâncias de cada país, até a crise de saúde ser superada.

perspectivas

Piora na covid-19 e vacinação lenta podem ameaçar América Latina em 2021, diz FMI

Entidade projeta que a América Latina e o Caribe registrem crescimento de 4,1% em 2021 e de 2,9% em 2022

mundo em crise

Para FMI, zona do euro não deve retirar estímulos fiscais prematuramente

Kristalina Georgieva avalia que há incerteza no cenário econômico, com novas infecções de covid-19 atrapalhando a retomada

Preocupação social

Crise de 2008 mudou postura na área fiscal do FMI e da OCDE

Nos dois órgãos internacionais, recomendação de austeridade foi substituída por preocupação com possíveis impactos sociais

crise mundial

Países devem encontrar espaço fiscal para amortecer os riscos, diz FMI

Georgieva destacou que, atualmente, depois do choque da covid-19, as nações avançadas têm muito mais margem para novos gastos do que as emergentes e as pobres

Possível respiro

FMI defende alívio em dívida e novos financiamentos a países em dificuldade

Kristalina Georgieva também enfatizou a importância do setor privado participar do movimento e cobrou pressa para se avançar nesse ponto.

Hora certa

FMI aponta juros baixos no mundo como oportunidade para digitalizar economia

Sobre a crise na pandemia, o FMI ressaltou que o mundo conseguiu ter “estabilidade financeira”, e que, com o trabalho dos bancos centrais em coordenação com os governos, houve a injeção global de US$ 20 trilhões em apoios.

Crise vindo aí?

FMI e Banco Mundial adiam reuniões anuais para 2022 por conta da Covid-19

As reuniões do FMI e do Banco Mundial normalmente são realizadas por dois anos consecutivos em suas sedes, em Washington (EUA), e no terceiro ano em algum outro país-membro.

EM SITUAÇÃO DELICADA

FMI vê País com a pior dívida entre emergentes

Situação fiscal ruim do Brasil só é superada por países menores, como Angola, Líbia e Omã

Acelerando

FMI: retomada econômica mais ágil pode somar US$ 9 tri à renda global

Kristalina Georgieva pediu a Estados Unidos e China que mantenham um forte estímulo econômico que possa ajudar a impulsionar a recuperação global

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies