Menu
2019-10-14T14:22:29+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Luz no fim do túnel?

EUA sinalizam que podem negociar com a China antes que novas tarifas entrem em vigor

Diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou que “um monte de coisas boas” pode acontecer no período de um mês

2 de agosto de 2019
14:40 - atualizado às 14:22
China, Estados Unidos, Guerra Comercial
Imagem: Shutterstock

O diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou nesta sexta-feira que "um monte de coisas boas" pode acontecer no período de um mês até que as tarifas de 10% sobre US$ 300 bilhões em importações chinesas anunciadas pelo presidente Donald Trump entrem em vigor, em 1º de setembro.

"Esperamos nos encontrar com os chineses em setembro e daí podem sair coisas boas", disse Kudlow nos jardins da Casa Branca, em entrevista à Bloomberg TV. "Não posso dizer se isto evitaria as novas tarifas, mas a China comprar mais produtos agrícolas americanos certamente seria um ponto positivo"

Pouco antes, ele já havia apontado que uma das principais insatisfações que levou Trump a se decidir pelo anúncio de novas tarifas era com a falta de progresso nas tratativas com Pequim sobre agricultura - o setor de tecnologia também foi mencionado como um ponto determinante. Kudlow foi claro que "a questão das tarifas" depende "do progresso ou da falta de progresso" nos diálogos comerciais.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O conselheiro insistiu, assim como vêm fazendo diversos membros da equipe econômica de Trump e o próprio presidente, que qualquer impacto das tarifas a importações da China sobre o consumidor americano é "minúsculo", alegando que Pequim está "pagando o preço" por meio, por exemplo, da queda das exportações.

A economia da China, opinou Kudlow, "está bastante fraca". Ele emendou, contudo, não querer que ela esteja mal.

Quando o assunto foi a atividade doméstica, o diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca previu um segundo semestre "realmente forte" e uma recuperação do ritmo de expansão da indústria americana nos próximos dados.

Questionado sobre as fortes perdas sofridas nos mercados de ações desde o anúncio de novas tarifas por Trump, Kudlow argumento que "um dia ruim ou outro não forma uma tendência" e que as bolsas estão tendo "um grande ano, prevendo uma economia forte" em 2019.

Por fim, ele reforçou estar "perfeitamente feliz" com a força do dólar sobre outras moedas, dizendo que o "problema" está em outros países que "manipulam sua moeda" visando a alguma vantagem no comércio.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Gestoras

JGP segue comprada em bolsa enquanto acompanha guerra de narrativas

Gestora discute tese de que a manufatura e o comércio global estão próximos ao fundo do poço e prestes a se recuperar

Mudança de coleção

Dona da Le Lis Blanc e Dudalina, a Restoque tenta pôr ordem na casa. O mercado está cético

Em meio a um processo de mudança de estratégia, a Restoque reportou mais um conjunto de resultados trimestrais desanimadores, o que faz suas ações chegarem às mínimas em três anos

Mudanças à vista

Desoneração da cesta básica vai acabar, diz Tostes Neto

Para compensar o gasto com tributo, o governo deve devolver dinheiro aos mais pobres como adicional aos programas sociais

Briga de gigantes

Softbank planeja criar rival japonesa para competir com gigantes como Google e Amazon

O grupo anunciou acordo para a fusão de uma de suas subsidiárias conhecida como Yahoo Japan com a empresa Line Corp. Com isso, as duas companhias podem criar mais um “super app”

olho na reforma tributária

Governo confirma que quer tributar dividendos

Plano faz parte do projeto de reduzir imposto de empresas e elevar sobre as Pessoas Físicas; deve entrar em fases posteriores da reforma tributária

pacote de medidas

Governo enviará ao Congresso proposta de reforma com imposto sobre consumo

Roteiro traçado pelo ministério prevê o envio da reforma ao Congresso em quatro etapas, que devem começar ainda em novembro e se estender até meados de 2020

com o caixa cheio

Neon recebe investimento de R$ 400 milhões do Banco Votorantim e do fundo General Atlantic

Recursos devem acelerar o crescimento da empresa e aumentar a densidade da marca nas capitais fora do eixo Rio-São Paulo

Bancos

Ação do Banco do Brasil é a preferida do Santander no setor

Em relatório sobre perspectivas para 2020, Santander lista os bancos que devem se beneficiar dentro de um cenário de recuperação da atividade

rumo ao topo?

TikTok chega a 1,5 bilhão de downloads – no ano, é o único entre os 5 mais baixados que não pertence ao Facebook

Rede social fundada pela startup chinesa ByteDance segue firme em sua popularização, impulsionada pelo mercado na Índia

Planos futuros

Em entrevista, relator admite que PEC emergencial deve ficar para o ano que vem

Parlamentar quer ainda que, quando haja superávit primário, o funcionalismo ganhe um bônus salarial equivalente a 5% dessa economia extra

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements