Menu
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A estrela do dia

Em discurso de Davos, Bolsonaro não deve detalhar reforma da Previdência

Em seu discurso, que deve ocorrer por volta das 12h30 (horário de brasília), Bolsonaro prometeu destacar o “agronegócio do Brasil, sem questões ideológicas”

22 de janeiro de 2019
7:09 - atualizado às 9:04
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro em Davos, na Suíça - Imagem: Alan Santos/PR

Os holofotes já estão apontados ao presidente Jair Bolsonaro, que deve discursar no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

Em seu discurso, que deve ocorrer por volta das 12h30 (horário de brasília), Bolsonaro prometeu destacar o "agronegócio do Brasil, sem questões ideológicas" e sem preconceitos, não excluindo possibilidades de negociações com a China.

Segundo Eduardo Bolsonaro, filho e deputado que acompanha o presidente, a reforma da Previdência não será detalhada o discurso.

Questionado sobre o fato de muitos investidores estrangeiros argumentam que precisam saber como será o comprometimento do governo com essa reforma para aplicarem recursos no Brasil.

"Todos sabem que a Previdência está nos planos. Eles estão estudando, etc e tal, mas isso é para apresentar lá no Brasil", disse, explicando que nem sobre datas deverá haver alguma informação hoje.

Já o presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou que o discurso de Bolsonaro em Davos vai ter como alvo diminuir resistências em relação à imagem do brasileiro.

Para ele, Bolsonaro vai mostrar que é "um brasileiro".

"O discurso do presidente vai ser em cima das reformas da área econômica, especialmente da reforma da Previdência", disse Mourão ao deixar o Palácio do Planalto. Mourão afirmou também que a proposta de reforma da Previdência deverá ser apresentada pelo governo só depois das eleições da Câmara e do Senado.

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

IR 2019

Plantão do IR: como adicionar corretagem e emolumentos ao preço médio de uma ação?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

Topa?

Um modelo de empresa para concorrer com a agiotagem

Bolsonaro sancionou a criação da Empresa Simples de Crédito (ESC) buscando estimular financiamento para micro e pequenas empresas

Pra gaveta!

Cade arquiva processos contra seis bancos que investigavam abuso no crédito consignado

Conselho livrou dos processos os bancos Bradesco, Santander, Caixa, Itaú, BRB e Banrisul

Agora o bicho pega!

Rodrigo Maia cria comissão especial que vai analisar a reforma da Previdência

Colegiado será composto por 34 membros e 34 suplentes e deve ser oficialmente instaurado pelo presidente da Casa na quinta-feira

Vai acelerar?

Governo promete intensificar reuniões com partidos para discutir a reforma da Previdência

Líder do governo na Câmara ignora críticas à articulação na votação da reforma e diz que comentários são um sinal de busca por diálogo

Acertando os detalhes

Ministério de Minas e Energia define cálculo de compensação à Petrobras na cessão onerosa

Ao todo, serão devolvidos à empresa US$ 354,4 milhões pelo gasto em equipamentos e US$ 7,7 bilhões no gasto com plataformas

Dados do BC

Entrada de dólares supera a saída em US$ 1,63 bilhões no acumulado do ano até 18 de abril

Para efeitos de comparação, em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 11,311 bilhões

Pior desempenho para março desde 2017

Arrecadação de impostos em março cai e soma R$ 109,854 bilhões, diz Receita

Queda real (já descontada a inflação) foi de 0,58% na comparação com o mesmo mês de 2018; em relação a fevereiro deste ano, baixa foi de 5,24%

Plataformas de investimento

Banco Inter vai devolver ao cliente parte da taxa de fundos de investimento

Após conta sem tarifas, banco digital anuncia “cashback” de taxas que seriam destinadas aos intermediários, como os agentes autônomos

Popularidade

Bolsonaro tem pior avaliação entre presidentes em começo de mandato

Pesquisa CNI Ibope capta 35% de ótimo e bom para o presidente agora em abril e percepção sobre o noticiário envolvendo o governo ajuda a explicar o resultado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu