Menu
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

Datafolha indica vitória de Haddad sobre Bolsonaro no 2º turno

No primeiro turno, candidato do PSL segue liderando e petista confirma patamar acima dos 20%

28 de setembro de 2018
21:05 - atualizado às 21:20
Candidatos à presidente nas eleições 2018 -

Uma semana inundada de pesquisas eleitorais não poderia terminar sem mais um levantamento. Depois da XP/Ipespe publicar seus números pela manhã, hoje foi a vez do Datafolha divulgar o resultado da sua mais recente pesquisa de intenção de voto para presidente. No total, foram ouvidos nove mil eleitores entre os dias 26 de setembro e 28 de setembro.

E os números não foram muito animadores para Jair Bolsonaro (PSL), que viu sua trajetória de alta ser interrompida. Já Fernando Haddad (PT), subiu para acima da marca dos 20%, confirmando as tendências observadas em todas as pesquisas divulgadas ao longo da semana. Já o terceiro pelotão - com Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) trouxe mais do mesmo.

Veja os números completos do Datafolha:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 10%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 10%
Não sabe/não respondeu: 5%

De acordo com o Datafolha, o nível de confiança da pesquisa é de 95%. Na prática isso significa que há 95% de chance de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Rejeição a Bolsonaro volta a subir

O Datafolha também fez um levantamento da rejeição dos presidenciáveis. Esse é mais um dos cenários que traz preocupação tanto para Bolsonaro como para Haddad. Os dois presidenciáveis viram suas taxas de rejeição subirem e atingirem patamares recordes.

Confira os números:

Bolsonaro: 46%
Haddad: 32%
Marina: 28%
Alckmin: 24%
Ciro: 21%
Vera: 18%
Cabo Daciolo: 17%
Boulos: 17%
Eymael: 17%
Meirelles: 16%
Alvaro Dias: 15%
Amoêdo: 14%
João Goulart Filho: 14%
Rejeita todos/não votaria em nenhum: 4%
Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
Não sabe: 5%

Segundo turno traz novidades

Foram feitas seis simulações para o segundo turno com os quatro candidatos mais bem posicionados na primeira etapa da disputa.

Os resultados mostram uma forte tendência de alta de Haddad e de queda de Bolsonaro. O candidato do PSL passou a perder de todos os adversários fora da margem de erro. Inclusive, pela primeira vez desde o início das pesquisas, Haddad aparece a frente de Bolsonaro fora da margem de erro.

Veja os números:

Ciro 42% x 36% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
Alckmin 45% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
Ciro 48% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%)
Haddad 39% x 39% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
Haddad 45% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)
Ciro 41% x 35% Haddad (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)

Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu