Menu
2019-05-27T10:28:10+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de verde e amarelo

Manifestantes vão às ruas em apoio à pauta governista

Em sua maioria, as pessoas defendiam a reforma da Previdência, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e criticavam a atuação do Congresso e o STF; atos aconteceram em 93 cidades

26 de maio de 2019
17:38 - atualizado às 10:28
protestos bolsonaro 26/5/19
Imagem: Reprodução Twitter

Ao menos 93 municípios brasileiros em 25 Estados e no Distrito Federal registraram manifestações a favor das pautas do governo Jair Bolsonaro neste domingo. Os dados são de por volta das 18h30.

Em São Paulo, a manifestação ocorreu na Avenida Paulista e os participantes se distribuíram por sete quarteirões, segundo informações da Globonews. Ainda de acordo com a emissora, a Polícia Militar não divulgou estimativa de público.

Na ausência do Vem Pra Rua e do Movimento Brasil Livre (MBL), os dois maiores grupos do movimento pró-impeachment de Dilma Rousseff, o Nas Ruas foi quem mais reuniu manifestantes em torno de seu caminhão na Avenida Paulista.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O grupo fundado pela hoje deputada Carla Zambelli (PSL-SP) também foi o ponto de encontro dos políticos presentes, a maioria do PSL. Ao todo sete caminhões estavam estacionados em pontos da Avenida Paulista. Os discursos mais radicalizados foram feitos no caminhão do 'Brasil Conservador'.

Verde e amarelo dominou as ruas

O tom verde e amarelo foi dominante nas roupas das pessoas. Também lembrando os atos pró-impeachment da presidente cassada Dilma Roussef, muitos portavam a bandeira do Brasil.

Em sua maioria, eles apoiavam a reforma da Previdência, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e criticavam a atuação do Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF).

"Não quero pagar lagosta para ministro do STF", disse, em São Paulo, a vendedora Sandra Damélio, de 52 anos, numa referência ao edital de licitação do STF para a compra de alimentos e bebidas.

Na opinião do aposentado Afonso de Lima Lobo, de 64 anos, que também esteve na Avenida Paulista, "o Congresso está jogando contra a Nação". Ele se referia às discussões em torno da reforma da Previdência.

"O toma lá, da cá é o maior problema. Muitos se elegem para tirar proveito próprio", protestava o aposentado Paulo Handa, de 65 anos, vestindo camisa da seleção brasileira.

Em Belo Horizonte, o analista de importação Natalino Nunes, de 48 anos, disse que o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro "é a saída para a criminalidade no País". "A gente está nas mãos dos bandidos."

Também na capital mineira, o bombeiro Marcelo Ferreira, de 43 anos, foi à manifestação em apoio à reforma da Previdência. "Se eu quiser, posso me aposentar no ano que vem, mas, se continuar assim, quem vai pagar a conta?", questionou.

Em Belém, o piloto de avião Luiz Cláudio Nunes, de 51 anos, foi à manifestação ao lado da mãe, Vanize Nunes, de 72 anos, também em apoio à reforma da Previdência. "Tem que fazer a reforma para o Brasil atrair investimentos estrangeiros e voltar a gerar empregos", defendeu. A aposentada Suely Lis, de 61 anos, também participou da manifestação na capital paraense, em apoio a Bolsonaro. "Vamos ajudar esse homem que deu a cara a tapa", disse.

Em Salvador, Ivonete Lins, de 70 anos, foi às ruas com uma máscara do ministro Sérgio Moro e uma camiseta com a estampa do presidente Jair Bolsonaro. Ela defendia "um Brasil melhor e sem corrupção" para os seus netos.

O casal Denise e Celso Borges foi de Gravataí até Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Embora apoie o governo, Denise disse que é contra alguns itens da reforma da Previdência, como a elevação da idade mínima para a aposentadoria do trabalhador rural.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Startup no banco dos réus

STJ vai decidir se condomínios podem proibir aluguéis por aplicativos como Airbnb

Tribunal julga recurso para anular uma decisão que proibiu um casal de Porto Alegre de alugar um apartamento por meio do aplicativo Airbnb

Santiago em chamas

Chile põe Exército nas ruas após protestos que deixaram três mortos

Manifestantes saíram às ruas contra o aumento de preço do metrô de Santiago, que passaria do equivalente a US$ 1,12 para US$ 1,16. Ontem, o governo anunciou a suspensão do reajuste

Seu dinheiro no domingo

Bancão X Fintech, um duelo que vi ao vivo

Você pode apostar comprando ou vendendo ações dos bancos e fintechs na bolsa. A batalha está longe de acabar, mas já temos o ganhador, o cliente

Varejo

Compras pela internet devem crescer 18% na Black Friday deste ano

Expectativa para a Black Friday de 2019 no e-commerce é de faturamento acima de R$ 3 bilhões. O dia de promoções no varejo neste ano será em 29 de novembro

Disputa política

Eduardo Bolsonaro publica vídeo com campanhas do PSL que citam presidente

No vídeo, protagonistas da nova crise, como os deputados Delegado Waldir (PSL-GO) e Joice Hasselmann (PSL-SP), pedem votos para si próprios mencionando Bolsonaro

Débito e crédito

Luiz Frias: o empresário da mídia que virou bilionário com as maquininhas

Conheça o herdeiro da Folha de S.Paulo e entusiasta da internet que revolucionou mercado de meios de pagamentos no Brasil com a PagSeguro

Ações para uma vida

Conheça os 5 maiores investimentos da carteira do bilionário Warren Buffett

Em junho deste ano, a holding de Warren Buffett detinha na carteira ações de 47 companhias. Mas cinco delas representavam 69% do total em valor de mercado. Confira quais são as queridinhas do “oráculo de Omaha”

QUER GANHAR DINHEIRO?

5 estratégias para lucrar na bolsa olhando apenas os gráficos

Quem souber interpretar esses movimentos pode ter insights valiosos sobre a tendência de preços.

Impasse sem fim

Hoje não? Hoje sim. Parlamento britânico volta a adiar votação sobre acordo do Brexit

Foi um duro golpe para primeiro-ministro Boris Johnson, que poderá se ver obrigado a pedir à União Europeia o adiamento da saída do Reino Unido

Sócios na bolsa

Banco do Brasil atrai mais de R$ 7 bilhões em recursos de pessoas físicas em oferta de ações

Uma parcela de 30% da emissão do Banco do Brasil foi destinada ao varejo, embora a demanda fosse suficiente para cobrir o total da oferta, de R$ 5,8 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements