🔴 NOVA META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM DUAS OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
DESTAQUES DA BOLSA

Os números do PagBank (PAGS34) que ‘brilharam’ os olhos dos analistas e fazem as ações subirem na B3 e em NY 

A companhia teve um lucro líquido recorrente de R$ 522 milhões no primeiro trimestre, um crescimento de 33% na base anual

Liliane de Lima
24 de maio de 2024
14:53 - atualizado às 17:46
Maquininhas da PagBank (PAGS34), antiga PagSeguro
Maquininhas de cartão da PagBank, antiga PagSeguro - Imagem: PagSeguro/PagBank

Uma das últimas empresas a divulgar seus resultados nesta temporada de balanços do primeiro trimestre, o PagBank, ex-PagSeguro, trouxe números que agradaram o mercado e impulsionam as ações da companhia de maquininhas de cartão, negociadas na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). 

Os papéis subiram mais de 10% logo após a abertura do pregão. No fechamento do pregão, os BDRs PAGS34, negociados na B3, registravam avanço de 4,00%, a R$ 13,00. Nos Estados Unidos, as ações PAGS fecharam estáveis, a US$ 12,27. Confira a cobertura de mercados.

O PagBank teve um lucro líquido recorrente de R$ 522 milhões no primeiro trimestre, um crescimento de 33% na comparação com o mesmo período de 2023. 

Já o lucro líquido contábil (GAA) foi de R$ 483 milhões no período, um crescimento de 31% na base anual. Os resultados ficaram acima das expectativas do mercado. 

Outro destaque foi o volume total de pagamentos (TPV), que atingiu R$ 111,7 bilhões, uma alta de 26,8% na base anual, impulsionado pelo crescimento em todos os segmentos — e acima do volume registrado pela indústria de cartões, que teve alta de 11,4% no período. 

Na avaliação da XP, a companhia está no bom caminho para cumprir o seu objetivo para o ano. “Olhando para as receitas, TPV e lucro líquido em relação ao consenso, o PagBank superou em todas as métricas”, escrevem Bernardo Guttmann, Matheus Guimarães e Rafael Nobre, que assinam o relatório. 

Além disso, os analistas destacaram que a inadimplência acima de 90 dias continua a cair, devido principalmente à estratégia da PAGS de crescer em produtos com garantia.

A empresa encerrou o primeiro trimestre com 17,3 milhões de clientes ativos, uma alta anual de 2,6%.

Para o BTG Pactual, o TPV melhor do que o esperado, a concorrência racional, o crescimento dos lucros, a melhoria do retorno sobre capital investido (ROE) e o fluxo de caixa muito melhor reforçam a visão de que a dinâmica das ações das empresas de pagamento permanece favorável. 

Com os resultados, BTG Pactual e XP mantiveram a recomendação de compra para as ações do PagBank. 

PagBank: o que esperar daqui para frente

O PagBank afirmou que existem chances de que as projeções para o TPV deste ano sejam superadas. 

A projeção para o ano é de R$ 441 bilhões, enquanto cerca de R$ 112 bilhões foram alcançados no primeiro trimestre. 

"Claramente há chances de alta, mas achamos que era cedo para mudar o guidance, foram três meses. Decidimos esperar e ver como as coisas evoluem", disse o CEO do Grupo UOL e principal executivo do PagBank, Ricardo Dutra, em teleconferência de resultados no primeiro trimestre.

Mas na visão do Santander, ainda é cedo para revisar as estimativas. 

“Embora a empresa tenha ficado acima da orientação em todas as métricas no primeiro trimestre e a administração tenha reconhecido que há potencial de alta, especialmente para a orientação de crescimento de TPV, eles observaram que ainda é muito cedo para potencialmente revisar a orientação para cima”, escrevem os analistas Henrique Navarro, Arnon Shirazi e Anahy Rios, do Santander. 

O banco considera outras preocupações relacionadas especialmente ao aumento do quadro de vendas, já que alguns concorrentes estão adotando estratégias semelhantes.

“O PagBank está reinvestindo seu excesso de capital na operação, focada no crescimento orgânico, e não discutindo nenhum programa de dividendos neste momento — embora ainda restem US$ 45 milhões do último programa de recompra”, escrevem os analistas do Santander. 

A XP, por sua vez, vê o PagBank como uma das empresas que deve se beneficiar de uma eventual melhora do ambiente macroeconômico daqui para frente.

“Gostamos do posicionamento da empresa no segmento micro, pequenas e médias empresas (MSMB) e, neste cenário de concorrência menos intensa e de redução gradual das taxas de juro, acreditamos que o PagSeguro é o player do setor de pagamentos que mais se beneficiará”, diz o relatório. 

Compartilhe

APOSTAS PARA O CÂMBIO

O dólar não vai mais cair? Alckmin diz que governo tem “absoluta confiança” sobre a trajetória da moeda norte-americana

13 de junho de 2024 - 17:52

O presidente em exercício falou sobre o tema um dia após a moeda americana ter ultrapassado a cotação de R$ 5,40 pela primeira vez desde janeiro de 2023

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Dólar fecha próximo da mínima intraday com rescaldo de Haddad sobre fiscal; Ibovespa sustenta os 119 mil pontos

13 de junho de 2024 - 17:17

RESUMO DO DIA: O cenário fiscal roubou a cena mais um vez no mercado acionário brasileiro. Se ontem foram as falas do presidente Lula que aumentaram a aversão ao risco, hoje o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ficou encarregado de ‘reduzir os danos’. Apesar dos esforços do ministro, o Ibovespa não deixou o tom negativo. […]

CAI, CAI

Fuga dos investidores? Como a B3 contribuiu para a forte queda do Ibovespa em maio; ações B3SA3 recuam 

13 de junho de 2024 - 15:59

A dona da bolsa registrou volume médio diário de negociações 8,8% menor em maio na comparação anual; Goldman Sachs mantém a recomendação

PROTEÇÃO NA CARTEIRA

O dólar já subiu 10% em 2024: essas são as 5 ações para lucrar com o real fraco, segundo o BTG Pactual

13 de junho de 2024 - 14:28

Os analistas também escolheram cinco papéis para ficar longe em meio à disparada da moeda norte-americana neste ano — duas aéreas integram essa lista

STF DECIDIU

Fim do impasse sobre remuneração do FGTS deve beneficiar as ações de construtoras de baixa renda — e o BTG Pactual diz qual é a sua favorita no segmento

13 de junho de 2024 - 13:01

Vale relembrar que o fundo é uma de suas principais fontes de recursos para o setor imobiliário

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Fed mantém juros inalterados pela sétima vez consecutiva e dólar sobe a R$ 5,40; Ibovespa cai 1% de olho no fiscal

12 de junho de 2024 - 17:21

RESUMO DO DIA: Se enganou quem achou que a decisão dos juros nos Estados Unidos seria o único destaque do dia. O cenário fiscal doméstico roubou a cena e o Ibovespa voltou ao território negativo. O principal índice da bolsa brasileira fechou em baixa de 1,40%, aos 119.936 pontos, renovando a mínima do ano e […]

FECHAMENTO DOS EUA

Inflação e juros: o combo que fez o S&P 500 e o Nasdaq saltarem para um outro recorde intradiário

12 de junho de 2024 - 17:06

De um lado, o CPI de maio veio melhor do que as projeções. De outro, o Fed manteve a taxa de juros inalterada e reduziu para um o número de cortes neste ano

REPORTAGEM ESPECIAL

Exclusivo: Controladores da Méliuz (CASH3) montam posição em opções com ações da empresa, que quer apertar “pílula de veneno”

12 de junho de 2024 - 15:22

Ações da Méliuz (CASH3) dispararam mais de 15% após empresa divulgar que pessoas ligadas ao controle “venderam opções de venda” de ações da companhia

OPERAÇÃO GREENWASHING

Como uma operação da polícia federal deve afetar os dividendos de dois fiagros com mais de 40 mil cotistas

12 de junho de 2024 - 13:26

Os proventos do AZ Quest Sole (AAZQ11) e do AZ Quest negociado na Cetip, devem ser afetados pelos desdobramentos de uma operação deflagrada na semana passada

TERREMOTO NO MERCADO

Dólar dispara a R$ 5,42 e Ibovespa atinge menor nível em um ano: o que Lula tem a ver com isso?

12 de junho de 2024 - 12:35

Declarações do presidente da República suscitaram mais preocupações sobre o cenário fiscal; mercado vê enfraquecimento de Haddad

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar