🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
MACRON NÃO QUER, MAS TEM QUEM QUEIRA

O chega pra lá do Mercosul na Europa: bloco fecha primeiro acordo com gigante na Ásia — e não foi com a China

Mas tem país do Mercosul de olho em um acordo bilateral com Pequim, ainda que isso signifique quebrar as regras do bloco; descubra qual

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
7 de dezembro de 2023
20:01 - atualizado às 19:11
Mercosul - União Europeia
Mercosul - União Europeia - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Quando o presidente da França, Emmanuel Macron, saiu da reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no sábado (2) dizendo que o acordo entre o Mercosul e a União Europeia (UE) é antiquado e contraditório, o petista sofreu um forte revés por ser um dos principais defensores do tratado

Mas não demorou nem uma semana para que o Brasil e o bloco mandassem um recado para os europeus: se Macron não quer, tem quem queira. 

O Ministério das Relações Exteriores brasileiro informou nesta quinta-feira (7) que um acordo de livre comércio entre o Mercosul e Cingapura havia sido assinado durante a cúpula do bloco. 

Esse é o primeiro instrumento dessa natureza firmado com um parceiro da região Ásia-Pacífico, marcando a retomada da agenda de negociações extrarregionais do Mercosul 12 anos depois da assinatura do último acordo de livre comércio pelo bloco. 

A importância do pé na Ásia

Cingapura é um dos principais destinos das exportações do Mercosul e importante parceiro de investimentos do bloco. 

A corrente de comércio Mercosul-Cingapura, em 2022, foi de aproximadamente US$ 10 bilhões, segundo dados do Ministério das Relações Exteriores brasileiro.

No comércio com o Brasil, Cingapura foi, em 2022, o 7º principal destino das exportações, com vendas de US$ 8,4 bilhões. 

Além disso, Cingapura foi o segundo principal mercado das exportações brasileiras na Ásia, atrás apenas da China. 

Em termos de investimentos, em 2021, Cingapura ocupou a 12ª posição como origem de investimento estrangeiro direto no Brasil.

"O acordo Mercosul-Cingapura abre oportunidades comerciais e de investimentos, ao mesmo tempo em que salvaguarda o espaço para a formulação de políticas de interesse público", disse o MRE em nota. 

"Entre outros temas, o acordo possui compromissos em matéria de comércio de bens e serviços, investimentos, micro e pequenas empresas, compras governamentais, propriedade intelectual e medidas sanitárias e fitossanitárias."

ONDE INVESTIR EM DEZEMBRO: VEJA RECOMENDAÇÕES GRATUITAS EM AÇÕES, FIIS, BDRs E CRIPTOMOEDAS

Uruguai quer driblar as regras do Mercosul

Nos últimos meses, diplomatas do Mercosul e da UE intensificaram ainda mais os esforços para assinar um acordo. A pressa se dá porque a Argentina elegeu um presidente, que é contra o tratado — Javier Milei toma posse no domingo (10). 

Só que a  troca da guarda em Buenos Aires beneficia um outro país do bloco: o Uruguai — justamente por Milei não ter simpatia pelo multilateralismo, tirando o conservador Lacalle Pou do isolamento dentro do bloco. 

De olho nessa janela de oportunidade, o governo uruguaio defendeu ontem, na véspera da Cúpula do Mercosul, o direito de seu país fechar um acordo bilateral com a China, driblando as regras do bloco que exigem negociações multilaterais e a aprovação de todos os membros. 

"Queremos todo o Mercosul com a China. Mas, se o Uruguai puder avançar primeiro, acreditamos que também serve ao conjunto", disse o chanceler uruguaio, Omar Paganini. 

Montevidéu tem buscado acordos bilaterais para destravar o comércio, mas esbarra na Tarifa Externa Comum (TEC) sobre as importações.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

SEM CÉU DE BRIGADEIRO

Vai desbancar a Airbus? A gigante “Made in China” que pode provocar turbulência na aviação global

20 de fevereiro de 2024 - 19:58

Pequim criou uma empresa de aviação para bater de frente com rivais estrangeiras — e Airbus responde a concorrência à altura

COM OS DIAS CONTADOS

A China vai tombar de vez? O empurrão dos EUA que pode colocar a segunda maior economia do mundo em xeque

19 de fevereiro de 2024 - 19:50

No passado, o governo de Xi Jinping já alertou Washington sobre o “erro histórico” de impor limites à Pequim

SÓ DOR DE CABEÇA

A nova insônia da Argentina: o dado que vai tirar o sono de Javier Milei — e não é a inflação

19 de fevereiro de 2024 - 19:09

O governo já se defendeu dos números que devem trazer mais dor de cabeça para a Casa Rosada

SOB A LUPA EUROPEIA

Mais problemas para o TikTok? Rede social das dancinhas cai na mira da União Europeia — e pode receber multa pesada

19 de fevereiro de 2024 - 18:15

A UE vai investigar se a rede social viola as regras de conteúdo online destinadas a proteger as crianças na plataforma

O PODER DE UMA PAIXÃO

O caso amoroso que pode salvar Trump de ser condenado

19 de fevereiro de 2024 - 15:15

O romance em questão não está diretamente ligado ao ex-presidente dos EUA, mas pode ajudá-lo no processo sobre a tentativa do republicano reverter a derrota nas eleições de 2020

ANO NOVO, VIDA NOVA?

Viagens e gastos de turistas durante ano-novo na China superam níveis pré-pandemia, mas algo ainda incomoda os economistas

19 de fevereiro de 2024 - 11:37

Deslocamentos internos e gastos em viagens pela China mostram recuperação enquanto governo tenta impulsionar o consumo

MARCADOS PELA OPOSIÇÃO

Todos contra Putin: os inimigos que ousaram desafiar o homem mais poderoso da Rússia e não tiveram um final feliz

16 de fevereiro de 2024 - 19:43

A lista de desafetos do presidente russo é longa. O Seu Dinheiro separou os principais nomes de oposição e conta para você o destino — às vezes trágico — de cada um deles

"PASSOU MAL"

Quem foi Alexei Navalny, o opositor de Putin que denunciou a corrupção na Rússia e morreu na prisão

16 de fevereiro de 2024 - 10:01

Advogado e ativista anticorrupção, Navalny tinha 47 anos e entrou para a lista de opositores de Vladimir Putin que morreram nos últimos anos

TREMOR NA ÁSIA

A queda de um gigante: Japão perde posto de terceira maior economia do mundo; saiba qual país roubou o lugar

15 de fevereiro de 2024 - 16:44

A bolsa de valores japonesa, no entanto, reagiu bem à dança das cadeiras econômica; entenda por que o principal índice de ações de lá subiu mesmo com a confirmação da recessão

FICHA SUJA

Caso Sarkozy: por que um dos homens mais poderosos da França foi condenado e pode parar na cadeia

14 de fevereiro de 2024 - 19:31

Ele foi presidente de 2007 a 2012, segue como uma figura influente entre os conservadores e mantém relações amigáveis ​​com o atual chefe do Eliseu, Emmanuel Macron

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies