Independência do Banco Central vai acabar? Entenda melhor aqui

Cotações por TradingView
2023-01-18T09:49:43-03:00
Camille Lima
OTIMISMO RENOVADO

Elon Musk vai comemorar? Vendas da Tesla disparam na China após corte de preços; ações TSLA sobem em NY

As vendas diárias médias da Tesla na China entre 9 e 15 de janeiro dispararam 76% em relação ao mesmo intervalo de 2022, segundo dados do CMBI

18 de janeiro de 2023
9:49
Modelo S da Tesla (TSLA34), fabricante de automóveis elétricos do bilionário Elon Musk
Imagem: Shutterstock

A semana mal começou, mas já deu a Elon Musk alguns motivos para comemorar. Após cortar os preços de seus carros elétricos na China, a Tesla viu as vendas no varejo dispararem em Xangai em janeiro.

As vendas diárias médias da Tesla na China entre 9 e 15 de janeiro dispararam 76% em relação ao mesmo intervalo de 2022, segundo dados do CMBI (China Merchants Bank International, em inglês).

A fabricante de veículos elétricos vendeu 12.654 automóveis nesse período. O valor corresponde a uma queda de 14,5% nas vendas gerais de carros no varejo chinês na base anual.

Porém, quando analisadas apenas as vendas de veículos elétricos e híbridos no país na semana, houve crescimento de 36,5% ante o ano passado.

A Xpeng, montadora rival da Tesla apoiada pelo gigante asiático Alibaba, registrou diminuição de 36% nas vendas de automóveis entre 9 a 15 de janeiro na comparação com 2022.

Enquanto isso, a fabricante chinesa BYD, que tem Warren Buffett como investidor, dobrou as vendas na semana em relação ao mesmo período do ano passado, para 40.435 carros.

Por volta das 9h45, as ações da Tesla avançavam 3,74% na bolsa norte-americana Nasdaq antes da abertura dos negócios, cotadas a US$ 136,40.

A Tesla e os carros elétricos

Pela primeira vez, os carros elétricos (EVs) atingiram a marca de 10% das vendas totais de automóveis no ano passado, com a entrega de 7,8 milhões de veículos, segundo dados da LMC Automotive e da EV-Volumes.com.

As vendas globais de automóveis eletrificados subiram 68% na comparação com 2021, ajudado pelo aumento robusto das vendas nos mercados da China e da Europa.

A Tesla manteve a liderança nas vendas de automóveis totalmente eletrificados neste ano, seguida pelas montadoras asiáticas BYD e SAIC Motors no ranking mundial.

Vale destacar que o crescimento das vendas de carros elétricos destoam da situação do mercado de automóveis como um todo, que sofreu com a inflação galopante, preocupações macroeconômicas e pausas na produção no ano passado.

As vendas totais de carros novos caíram cerca de 1% em 2022, segundo a LMC Data, para 80,6 milhões de veículos “comuns”. Nos EUA, a queda chegou a 8%, enquanto, na Europa, o recuo foi de 7%.

*Com informações de Reuters e Wall Street Journal

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

HYPE DO CHATBOT

Se cuida, ChatGPT! Alibaba entra na corrida da inteligência artificial com versão chinesa; veja quem já está nessa disputa

8 de fevereiro de 2023 - 14:10

A Microsoft não está assistindo tudo isso de braços cruzados e anunciou um mecanismo de pesquisa Bing com inteligência artificial e um navegador Edge, que será sustentado pelo ChatGPT

Repercussão do resultado

Itaú (ITUB4) acertou em provisionar 100% da exposição à Americanas, dizem analistas; ações disparam na bolsa

8 de fevereiro de 2023 - 12:56

Ao se prevenir totalmente de calote da Americanas no balanço do 4T22, Itaú evita que efeito contamine resultados de 2023

CORRIDA PLATINUM

Uber supera expectativas no 4º trimestre e encerra 2022 com balanço 5 estrelas; ações disparam nas bolsas

8 de fevereiro de 2023 - 12:09

A empresa encerrou os últimos três meses do ano passado com um lucro líquido de US$ 595 milhões, contrariando as expectativas de prejuízo dos analistas

VESPEIRO POLÍTICO

CEO do Itaú (ITUB4) fala sobre disputa entre Lula e presidente do BC: “é do jogo”

8 de fevereiro de 2023 - 11:44

Milton Maluhy, CEO do Itaú, vê a equipe do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, “na direção correta”, mas defende definição rápida da meta de inflação

TEMPOS DIFÍCEIS

Entenda o que está acontecendo com a Marisa (AMAR3) após a renúncia do presidente e alerta financeiro — ações caem mais de 5% na B3

8 de fevereiro de 2023 - 11:12

A Marisa (AMAR3) não detalhou quais as suas dificuldades financeiras que demandam melhorias na estrutura de capital

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies