🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
PROCURA-SE NOVO CHIEF TWIT

Elon Musk jogou a toalha: Bilionário quer abdicar da coroa de CEO do Twitter e define prazo para achar sucessor

Em painel no World Government Summit em Dubai, o chefe da Tesla disse que pretende nomear um sucessor ao cargo de CEO do Twitter, que ele ocupa desde outubro

O bilionário Elon Musk comprou o Twitter faz pouco mais de uma semana e já bagunçou todo o coreto da rede social
O bilionário Elon Musk - Imagem: Montagem / Divulgação

Alcançar o segundo lugar na lista de homens mais ricos do planeta exige certas qualidades (sejam elas positivas ou negativas), inclusive a habilidade de saber quando é hora de jogar a toalha — e é isso que Elon Musk pretende fazer.

O bilionário revelou, durante painel no World Government Summit em Dubai nesta quarta-feira (15), que pode pretende abdicar da coroa de CEO do Twitter e nomear seu sucessor até o final deste ano.

“Acredito que provavelmente no final deste ano deve ser um bom momento para encontrar outra pessoa para administrar a empresa. Acho que [o negócio] deve estar em uma posição estável no fim de 2023", disse o executivo, em chamada por vídeo no evento.

Logo após comprar a empresa, Musk assumiu o cargo de presidente do Twitter em outubro do ano passado, após demitir o anterior CEO, Parag Agrawal, na primeira rodada de cortes na companhia.

Segundo o Chief Twit, antes de escolher o novo presidente da empresa de mídia social, é preciso “estabilizar” a companhia. “Preciso estabilizar a organização e apenas garantir que ela esteja financeiramente saudável e que a trajetória esteja claramente definida.”

Vai ter sucessão?

No final do ano passado, após inúmeras críticas à gestão do Twitter, Elon Musk promoveu uma enquete na plataforma questionando se deveria, enfim, deixar a posição de Chief Twit.

Após mais de 17,5 milhões de votos, 57,5% dos eleitores votaram a favor da saída do executivo do posto mais alto da empresa.

O bilionário anunciou, em tweet, que iria cumprir a promessa de respeitar a decisão popular e renunciar ao cargo de CEO da rede do passarinho azul, permanecendo apenas na chefia das equipes de software e servidores. 

Na publicação, ele ainda determinou a principal qualidade que buscava em seu próximo sucessor: deveria ser “alguém tolo o suficiente para aceitar o cargo!”.

Horas depois de lançar a enquete, Musk chegou a dizer na plataforma no domingo que “ninguém queria o trabalho que poderia realmente manter o Twitter vivo”. “Não há sucessor.”

Os planos de Elon Musk para o Twitter

De acordo com informações da Associated Press, durante o World Government Summit, o executivo chamou o Twitter de “uma espécie de start-up ao contrário”. 

"Há trabalho necessário aqui para colocar o Twitter em uma posição estável e para realmente construir o mecanismo de engenharia de software", contou durante o evento. 

Algumas semanas atrás, o bilionário contou que possui planos para transformar a rede social do passarinho azul em uma espécie de “aplicativo de tudo”, nos moldes da plataforma chinesa WeChat.

Entre as novidades, o empresário pretende incluir as funções de fintech, como transações diretamente entre os usuários, conta poupança e cartão de débito.

De acordo com a imprensa internacional, a empresa já está desenvolvendo os softwares necessários para suportar as novas funcionalidades.

A diretora de produtos do Twitter, Esther Crawford, ainda teria reunido uma pequena equipe para analisar o que é preciso para integrar o sistema de pagamentos na plataforma, segundo informações do Financial Times.

*Com informações de Bloomberg e CNBC

Compartilhe

NOVOS INVESTIMENTOS

Petrobras (PETR4) anuncia parceria com empresa chinesa para projetos de energias renováveis e transição energética

18 de abril de 2024 - 11:17

Apesar do destaque para energias renováveis, parceria da Petrobras com a China National Chemical Energy Company também inclui acordos comerciais para exploração de petróleo

FABRICANTE DE CHIPS

Mesmo com lucro quase 10% maior, por que investidores penalizam as ações da “rival” da Nvidia, a TSMC?

18 de abril de 2024 - 10:29

Os lucros da TSMC são vistos como um indicador para a demanda global por chips, devido ao seu papel fundamental na indústria de fabricação e à importância de seus clientes

OFERTA DE AÇÕES

Sabesp (SBSP3): governo Tarcísio define modelo de privatização e autoriza aumento de capital de até R$ 22 bilhões; saiba como vai funcionar

18 de abril de 2024 - 10:21

Venda do controle da Sabesp ocorrerá via oferta de ações, com seleção de acionista de referência pelo mercado a partir das duas melhores propostas

O TAL DO MULTIFAMILY

Dona de 5 mil apartamentos, Brookfield aposta no mercado residencial para a renda e diz o que falta para o segmento decolar no Brasil

18 de abril de 2024 - 6:05

Demanda não falta, mas o vice-presidente sênior da gestora lista duas grandes dificuldades que o multifamily enfrenta no país

AS ÁGUAS VÃO ROLAR

A privatização da Sabesp vem aí: cidade de São Paulo dá um passo fundamental para a desestatização da companhia

17 de abril de 2024 - 20:18

Entre os cerca de 370 municípios atendidos pela Sabesp, São Paulo representa entre 45% e 50% da receita total da empresa de saneamento

MERCADO LOGÍSTICO

Muito além de Cajamar: Log (LOGG3) prevê maior demanda por galpões fora do Sudeste, mas ainda nos grandes centros

17 de abril de 2024 - 16:31

No quarto trimestre, por exemplo, a companhia entregou 131 mil metros quadrados em Salvador, Brasília e Maceió

POR QUE A PRESSA?

Vale (VALE3): a surpresa dos dados que fazem as ações subirem e os bancões correrem

17 de abril de 2024 - 14:47

A mineradora apresentou dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 e o mercado refez as contas sobre como será o desempenho financeiro da companhia, que ainda tem pedras no caminho — saiba se é hora de comprar ou vender

ELE MERECE?

Tesla pede a acionistas que votem para aprovar pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk barrado pela Justiça; entenda o caso

17 de abril de 2024 - 13:17

O bônus ao bilionário foi aprovado em 2018, mas o Tribunal de Delaware barrou o pacote após uma extensa disputa judicial entre um dos acionistas da Tesla e o CEO da companhia

O MERCADO NÃO GOSTOU

Vai decidir quando? Oi (OIBR3) adia pela quarta vez assembleia de credores que votará plano de recuperação judicial  — ações tocam mínima na bolsa

17 de abril de 2024 - 12:11

Os papéis da companhia caíram 1,47% e atingiram o menor valor do dia depois que a votação foi postergada junto com o stay period; confira a nova data e o novo horário

ATENÇÃO, ACIONISTAS

Klabin (KLBN11) e Gerdau (GGBR4) vão distribuir mais de R$ 5,5 bilhões em ações; veja como vai funcionar a bonificação

17 de abril de 2024 - 9:56

O bônus funciona como uma distribuição gratuita de novos papéis para os acionistas das empresas — mas existe data de corte para receber a “remuneração”

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar