🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
EM RESPOSTA à CVM

Não é tudo isso: Americanas (AMER3) afirma que 92% das dívidas são sem covenants financeiros

Segundo a varejista, o valor de aproximadamente R$ 40 bilhões em dívidas financeiras corresponde ao montante da dívida bruta acrescido das operações de financiamento de compras de R$ 20 bilhões

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
21 de janeiro de 2023
11:46 - atualizado às 10:01
Americanas
Montagem com logo da Americanas - Imagem: Montagem Seu Dinheiro


Em resposta a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a dívida de mais de R$ 43 bilhões, a Americanas (AMER3) afirmou a maior parte da dívida não está atrelada a covenants financeiros.

Covernants financeiros são obrigações, firmadas em contratos, que as empresas tomadoras de crédito, geralmente, abarcam indicadores de liquidez e alavancagem, um teto para o endividamento ou até mesmo a classificação de risco concedida por uma agência de rating como garantia.

Segundo a varejista, o valor de aproximadamente R$ 40 bilhões em dívidas financeiras corresponde ao montante da dívida bruta de R$ 20.791 bilhões, que consta no balanço de 30 de setembro de 2022, acrescido das operações de financiamento de compras de R$ 20 bilhões que representa o rombo contábil.

"Ao declarar que a maior parte da dívida da companhia não estaria atrelada a covenants, o Sr. Sérgio Rial se referiu às dívidas da companhia com covenants financeiros, os quais são inclusive referidos quotidianamente somente como covenants. Tal afirmação encontra suporte nas informações públicas divulgadas pela companhia", explicou a Americanas em comunicado ao mercado

Sendo assim, nas informações trimestrais de 30 de setembro de 2022 da varejista, o somatório do valor das dívidas com covenants financeiros, dividido pelo total das dívidas, chega a cerca de 7,1%.

Portanto, as demais dívidas que não contam com covenants financeiros contratos financeiros com cláusulas com o vencimento antecipado da dívida em determinados eventos cerca de 92,9%.

Na tutela cautelar apresentada à Justiça do Rio, diz a companhia, os advogados não se referiam apenas aos covenants financeiros, mas a outras hipóteses de vencimento antecipado previstas nos instrumentos de dívida, como ausência de demonstrações financeiras auditadas, a queda de notas de ratings ou cross-defaults.

A CVM pediu explicações sobre como a companhia chegou ao valor de aproximadamente R$ 40 bilhões em dívidas que poderiam ter seu vencimento antecipado declarado caso a Tutela de Urgência Cautelar não tivesse sido deferida, uma vez que este valor não havia sido divulgado previamente e ser acima dos R$ 20 bilhões informados.

VEJA TAMBÉM - Americanas não foi o único fracasso de Lemann e sócios: confira outros 3 grandes desastres na história do trio

*Com informações de Broadcast

Compartilhe

PRÉVIA OPERACIONAL

MRV (MRVE3) quebra recorde de vendas no Brasil, mas ainda queima milhões em caixa nos EUA

15 de abril de 2024 - 18:33

Na Resia, incorporadora norte-americana da MRV, há uma regra de ouro: não queimar caixa em 2024. Mas a diretriz ainda não foi refletida nos resultados do 1T24

Ranking

O Galaxy desbanca o iPhone: Apple (AAPL34) perde liderança global de smartphones no 1T24

15 de abril de 2024 - 18:17

Embora o setor esteja em crescimento, a gigante de tecnologia apresentou uma queda de quase 10% nas remessas de iPhone no primeiro trimestre do ano

NA CARTEIRA

JP Morgan tira BRF (BRFS3) da geladeira: ações da dona da Sadia e Perdigão disparam na B3 com recomendação de compra 

15 de abril de 2024 - 10:38

Analistas do banco norte-americano veem BRF barata mesmo após disparada de 173% em 12 meses na B3

FALHA NO ACELERADOR

Mais problemas para Elon Musk? Ações da Tesla caem mais de 1% com notícia sobre demissão em massa e falhas no Cybertruck 

15 de abril de 2024 - 10:10

Montadora do bilionário deve demitir cerca de 10% da sua força de trabalho global, o equivalente a pouco mais de 14 mil pessoas, segundo notícia da Reuters

A PARTIR DE 2025

Saiba como a maior produtora de alumínio do país pretende reduzir emissões em até 30% — parte da resposta: com um investimento de R$ 1,6 bilhão

13 de abril de 2024 - 13:13

A multinacional norueguesa Hydro do ramo de alumínio projeta reduzir em cerca de um terço a intensidade de emissão de dióxido de carbono (CO2) nas operações brasileiras a partir de 2025.  A controladora das maiores operações de alumina e alumínio primário no Brasil diz que a previsão é que a meta seja alcançada após a […]

VITÓRIA!

Prio (PRIO3) fica com 100% de Wahoo: como a vitória deve aumentar a produção da petroleira; ações sobem na bolsa

12 de abril de 2024 - 13:05

A empresa recebeu uma decisão favorável da Câmara de Comércio Internacional em um processo arbitral relacionado à concessão BM-C-30, no campo de Wahoo

REESTRUTURAÇÃO DE DÍVIDAS

Light (LIGT3) assina acordos com credores, em novo passo em direção ao fim da recuperação judicial; ações caem na B3

12 de abril de 2024 - 11:46

Foram celebrados dois acordos com credores e debenturistas envolvendo as subsidiárias Light Sesa e Light Energia; entenda o que vem pela frente

ENGORDOU O PATRIMÔNIO

CEO da Nvidia fica quase R$ 3 bilhões mais rico em um dia. Conheça o bilionário que quase dobrou de fortuna em 2024

11 de abril de 2024 - 18:03

Jensen Huang é a 19º pessoa mais rica do planeta, de acordo com a revista Forbes, com um patrimônio avaliado em US$ 79,5 bilhões (R$ 404 bilhões)

ENTENDA O CASO

Justiça embarga obras de complexo bilionário da JHSF (JHSF3) no interior de São Paulo

11 de abril de 2024 - 16:01

A decisão aconteceu após pedido do Ministério Público, que afirma que a JHSF e outras duas companhias burlaram regras de licenciamento ambiental

DESISTIU DA BATALHA?

Gafisa (GFSA3): Esh Capital diminui participação após perder disputa sobre assembleia; ações caem 6% na B3

11 de abril de 2024 - 11:24

A gestora de Vladimir Timerman reduziu a participação na Gafisa de 20% para 4% do capital

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies