🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2.000,00 POR DIA – VEJA COMO

Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
PLANOS DE EXPANSÃO

Reforçando o caixa: Oncoclínicas (ONCO3) fará oferta de ações que pode movimentar R$ 735 milhões

A Oncoclínicas (ONCO3) pretende usar os recursos levantados com a oferta primária para viabilizar a expansão orgânica de sua rede

Fachada da Oncobio, unidade da Oncoclínicas (ONCO3) em Nova Lima (MG)
Fachada da Oncobio, unidade da Oncoclínicas (ONCO3) em Nova Lima (MG) - Imagem: Oncoclínicas

Uma das caçulas da B3, a Oncoclínicas pretende levantar mais recursos junto ao mercado — e, novamente, via oferta de ações. Menos de dois anos depois do IPO, a empresa planeja um follow-on que envolveria, a princípio, 70 milhões de papéis ONCO3; considerando o fechamento de sexta, de R$ 10,49, a operação pode movimentar R$ 734,3 milhões.

A oferta será dividida em duas partes: a primária envolverá a emissão de 20 milhões de novas ações e, portanto, tem potencial para injetar R$ 210 milhões no caixa da companhia; a secundária trará a venda de 50 milhões de papéis detidos pelos fundos Josephine e pelo grupo Unity — neste caso, o dinheiro vai direto para os vendedores.

Como de praxe, o total de ações da oferta pode ser acrescido em até 25% caso haja demanda para tal. Nesse cenário mais otimista, a operação movimentaria 87,5 milhões de papéis ONCO3, com um volume financeiro total de quase R$ 920 milhões, levando em conta a cotação atual.

Em comunicado à CVM, a Oncoclínicas diz que os recursos a serem levantados na oferta primária serão usados para "expansão orgânica, principalmente por meio de suas intenções de expansão em unidades de alta complexidade, bem como na participação em mais serviços na jornada do paciente".

A operação é destinada somente a investidores profissionais, ou seja, aqueles que possuem pelo menos R$ 10 milhões em aplicações financeiras, e será coordenada pelo Goldman Sachs; também fazem parte da assessoria financeira o Itaú BBA, o Santander Brasil, o BTG Pactual, o JP Morgan e a XP.

O período de subscrição para a oferta começa já na segunda-feira (12), e a fixação do preço por ação está prevista para o dia 20 de junho. Os papéis que constituem a transação começarão a ser negociados na B3 no dia 22 deste mês.

Leia também

Oncoclínicas (ONCO3): ações em baixa

A Oncoclínicas fez seu IPO em agosto de 2021, sendo uma das últimas companhias a aproveitarem a janela de aberturas de capital daquele ano — e, desde então, não houve novas estreias na B3. Ao chegar ao mercado, as ações ONCO3 foram precificadas a R$ 19,75; sendo assim, os papéis acumulam baixa de 47% de lá para cá.

O mau desempenho, no entanto, não é exclusividade da empresa de saúde: a maior parte das ações de empresas que fizeram IPO entre 2020 e 2021 está no vermelho — há casos em que a baixa acumulada desde a estreia na bolsa supera os 90%.

A Oncoclínicas tem 133 unidades em 35 cidades do país — a maior parte das operações está concentrada no Sudeste e no Nordeste. O grupo teve receita líquida de R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre, alta de 60,1% em um ano; o Ebitda mais que dobrou, para R$ 277 milhões, e o lucro líquido foi de R$ 41,2 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 15,6 milhões no mesmo período do ano passado.

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Yduqs (YDUQ3) dispara e Ibovespa sustenta os 127 mil pontos na véspera da ata do Fed; dólar sobe a R$ 5,11

21 de maio de 2024 - 17:23

RESUMO DO DIA: Em um dia marcado pela volatilidade na bolsa local e o avanço mais contido em Nova York, faltou combustível para a tentativa do Ibovespa de recuperar as perdas da sessão anterior. O principal índice da bolsa brasileira fechou em baixa de 0,27%, aos 127.411 pontos. Já o dólar à vista ficou a […]

PINGANDO NA CONTA

Dona da bolsa, B3 (B3SA3) mira ETFs pagadores de dividendos em nova versão do índice IDIV

21 de maio de 2024 - 15:36

Nova forma de cálculo do IDIV B3 permite que índice esteja atrelado a ETFs que repassam pagamentos de proventos aos cotistas

DESTAQUE DA BOLSA

Segredo revelado: Yduqs (YDUQ3) apresenta projeções para os próximos cinco anos e ações sobem mais de 10% na B3

21 de maio de 2024 - 13:05

Há uma semana, a companhia educacional reportou os resultados do primeiro trimestre e nada mais

GIGANTE DOS FIIs

Maxi Renda (MXRF11) quer captar até R$ 1 bilhão na bolsa e convoca assembleia para votar nova emissão de cotas; veja como participar

21 de maio de 2024 - 11:48

Se aprovada, essa será a décima emissão da carteira do FII e deve ser destinada a investidores em geral

OUTONO NÃO CHEGOU?

Altas temperaturas pegam a Lojas Renner (LREN3) desprevenida e provocam revisão para baixo pela XP

21 de maio de 2024 - 10:37

Os analistas destacam que as ações da varejista estão descontadas em relação aos níveis históricos, mas ainda não é hora de comprar os papéis

DANÇA DAS CADEIRAS

Exclusivo: Verde Asset reformula área de ações com a saída de três profissionais; Stuhlberger vai decidir risco no dia a dia

21 de maio de 2024 - 7:20

A reestruturação do time de ações acontece em um período turbulento para a indústria de fundos; fundo Verde perde para o CDI nos últimos 12 meses

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Com pressão de Vale, Ibovespa começa a semana em queda; dólar sobe a R$ 5,10

20 de maio de 2024 - 17:20

RESUMO DO DIA: O principal índice da bolsa brasileira entrou na penúltima semana de maio de olho no retrovisor. Isso porque os desdobramentos da saída de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) seguiram sendo o foco dos investidores locais. O Ibovespa terminou o dia com baixa de 0,31%, aos 127.750 pontos. Já o […]

INVESTIMENTOS

À procura de dividendos? Itaú Asset lança ETF que distribui renda para investidores 

20 de maio de 2024 - 15:14

Sob o código DIVD11, o fundo do Itaú começa a ser negociado em 11 de junho e com referência ao Índice de Dividendos da B3, o IDIV

QUEM CONTROLA O CONTROLADOR

Em vitória dos minoritários, Braskem (BRKM5) sobe forte na B3 após Novonor ser condenada a pagar indenização bilionária à companhia

20 de maio de 2024 - 11:23

Controladora da Braskem, Novonor foi condenada a indenizar a petroquímica em cerca de R$ 5,5 bilhões em processo aberto por acionistas minoritários

REVISÃO

Santander reduz projeção do Ibovespa para 145 mil pontos e muda carteira para enfrentar turbulência; veja as ações favoritas dos analistas

20 de maio de 2024 - 10:59

Mesmo com a redução da projeção em 15 mil pontos, o banco espera crescimento do Ibovespa em 13% neste ano e um retorno de 15% de lucro por ação

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar