O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-12T13:59:36-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Mercado de capitais

Sem apetite do investidor para IPOs, empresas recorrem às emissões de renda fixa para captar recursos no mercado

Debêntures foram o principal instrumento de captação de recursos das empresas no mercado de capitais no primeiro trimestre de 2022

12 de abril de 2022
13:59
Gráfico da Anbima de captação no mercado de capitais no 1T22, com destaque para a renda fixa
Gráfico da Anbima de captação no mercado de capitais no 1T22, com destaque para a renda fixa - Imagem: Reprodução

Os primeiros três meses de 2022 representaram um marco no mercado de capitais: a renda fixa teve a maior captação para um primeiro trimestre em 10 anos. 

Do total de R$ 105,2 bilhões captados pelas empresas, R$ 89,1 bilhões vieram de instrumentos de renda fixa, principalmente debêntures, de acordo com a Anbima.

“Esse foi um trimestre em que a gente teve movimento forte de subida da taxa de juros, o que refletiu no mercado de capitais como um todo”, diz o vice-presidente da Anbima, José Eduardo Laloni.

Ao mesmo tempo em que a renda fixa se tornou mais atrativa, os juros mais altos deprimiram o apetite por ofertas públicas iniciais (IPOs). Dessa forma, a renda variável se resumiu a ofertas subsequentes de ações, os follow-ons. 

No total, oito companhias fizeram follow-on entre janeiro e março: BR Partners, 3Tentos, BRF, Arezzo, Equatorial Energia, Livetech da Bahia, Alpargatas e Allied.

Debêntures se destacam

Com a migração para a renda fixa, o principal instrumento para captação das empresas foram as debêntures, ou seja, os títulos de crédito emitidos por empresas.

O volume captado pelas debêntures foi de R$ 55,9 bilhões, o que significa um aumento de 80,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com a Anbima, cinco ofertas de debêntures se destacaram ao captar, em conjunto, R$ 18,1 bilhões. Seus emissores foram: Claro (R$ 4,3 bilhões), Equatorial Energia (R$ 4 bilhões), Iguá RJ (R$ 4 bilhões), CCR (R$ 3,4 bilhões) e Localiza (R$ 2,5 bilhões).

Os principais destinos dos recursos captados via debêntures foram capital de giro e refinanciamento de passivo.

Leia também:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies