🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-07T11:18:49-03:00
Camille Lima
CONTAS EM ATRASO

Tem dívida com bancos? Consumidores podem renegociar débitos hoje em mutirão da Febraban

O Mutirão Nacional de Negociação de Dívidas e Orientação Financeira reúne descontos, parcelamentos e taxas melhores para os clientes, além de oferecer conteúdos exclusivos de educação financeira

7 de março de 2022
11:18
Dividas-contas-bancos
Imagem: Reprodução

Pandemia, inflação crescente, crédito mais caro. Os últimos anos atingiram com força os brasileiros, que viram suas dívidas aumentarem cada vez mais. Mas, a partir desta segunda-feira (07), os consumidores em atraso com os bancos credores têm uma nova chance de renegociar seus débitos.

“Durante a pandemia, os bancos foram proativos e renegociaram voluntariamente mais de 19 milhões de contratos de empréstimos bancários, repactuando R$ 1,1 trilhão de saldos devedores e suspendendo R$ 150 bilhões em prestações”, disse Isaac Sidney, presidente da Febraban.

Agora, os clientes em débito podem conseguir descontos para quitar suas dívidas, taxas de juros melhores e parcelamentos no Mutirão Nacional de Negociação de Dívidas e Orientação Financeira.

O mutirão da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) teve início hoje e acontecerá até o último dia de março.

O evento está sendo realizado em parceria com o Banco Central, a Secretária Nacional do Consumidor (Senacon), além dos Procons de todo o país.

Como funciona o mutirão

O mutirão é feito de forma totalmente on-line. O cliente pode escolher por começar suas negociações através da plataforma Consumidor.gov.br, ou diretamente pelos canais digitais dos bancos.

Na plataforma, o usuário pode acessar um modelo de reclamação para se basear e criar sua própria solicitação. A proposta precisa estar dentro da realidade financeira do solicitante e descrever o valor mensal máximo que consegue pagar no acordo.

Segundo a Febraban, as 160 instituições financeiras que participam do evento têm um prazo de 10 dias para analisar o pedido do consumidor e apresentar uma proposta.

As dívidas podem ser negociadas em cartão de crédito, cheque especial, crédito consignado e outras modalidades de crédito.

Vale lembrar que contratos que tenham bens dados em garantia (veículos, motocicletas e imóveis) ou que estejam com as parcelas em dia não podem ser negociados.

“Como eu sei quanto devo?"

Para consultar suas dívidas, o usuário deve acessar a plataforma Registrato do Banco Central.

No sistema, é possível encontrar um relatório dos empréstimos e financiamentos em seu nome, além de contas bancárias, investimentos e chaves Pix.

O Relatório de Empréstimos e Financiamentos, também chamado de SCR, reúne em uma lista todas as dívidas no nome do cliente junto às instituições financeiras.

O BC destaca que os relatórios são sigilosos, logo, somente o usuário terá acesso a eles.

Caso o consumidor tenha mais de uma dívida, ele deverá consultar a lista com seus débitos e negociá-los um a um. Ou seja, será necessário abrir uma negociação com cada empresa em que ele possua contas em atraso.

Educação financeira na mesa

Além de negociar sua dívida, o cliente também encontra orientações e informações sobre educação financeira na página do mutirão.

A ideia é oferecer conteúdos educacionais exclusivos para que as pessoas com débitos não tenham que participar de novos mutirões no futuro.

“O mutirão nacional promove a educação financeira, fundamental para que o consumidor consiga evitar o endividamento de risco, tenha mais informações sobre produtos e serviços bancários e melhore sua saúde financeira”, afirmou Isaac Sidney.

Já Maurício Moura, diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta do Banco Central, afirma que “é fundamental o consumidor conhecer suas dívidas e avaliar se sua participação no mutirão é apropriada”.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

enxugando gelo

Alivia agora para apertar depois: corte de impostos sobre combustíveis e energia reduz estimativas de inflação para 2022, mas pressão volta em 2023

Economistas revisam suas projeções para o IPCA e alertam que fiscal e volta do PIS/Cofins podem voltar a bater na inflação no ano que vem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies