🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-15T09:50:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DUAS VEZES, NÃO

Uma bagagem, uma tarifa extra: Bolsonaro veta o despacho gratuito em voos

Essa é a segunda vez que o presidente veta o despacho gratuito das bagagens; a tarifa extra é cobrada desde 2016

15 de junho de 2022
9:50
O presidente Jair Bolsonaro veta despacho gratuito de bagagens
O presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Alan Santos/PR

Pela segunda vez, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), vetou a retomada do despacho gratuito de bagagens em viagens nacionais e internacionais.

A decisão de veto foi informada na noite desta terça-feira (14), pela Secretaria-Geral da Presidência, e publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (15).

A proposta havia sido aprovada em maio pelo Congresso Nacional. Na medida provisória do “Voo Simples” , todos os voos teriam a liberação de bagagens, com a condição de ter até 23 quilos em voos nacionais e de 30 quilos para viagens internacionais.

Mas, para o Palácio do Planalto, o despacho gratuito das bagagens contraria o interesse público pela possibilidade de aumentar os custos dos serviços e, consequentemente, o preço das passagens aéreas.

Além disso, a retomada da liberação de bagagens sem custo extra poderia gerar “questionamentos e prejuízos a tratados internacionais dos quais o Brasil é signatário'', segundo o Palácio do Planalto.

O veto contou com o apoio do Ministério da Economia e do Turismo.

A cena se repete

Não é a primeira vez que Bolsonaro veta a gratuidade de franquia de bagagem. Em 2019, o presidente barrou uma medida provisória que previa a liberação sem custos a mais em voos domésticos.

A medida provisória, editada no governo Temer, previa que os passageiros poderiam levar uma bagagem de até 23 quilos nas aeronaves acima de 31 assentos sem cobrança extra, e em voos domésticos.

Fim da gratuidade das bagagens

Em 2016, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) desobrigou as companhias áreas a despachar bagagens gratuitamente, com exceção da mala de mão de até 10 quilos — que podem ser levadas na cabine.

Na época, o órgão defendeu que a mudança poderia reduzir os preços das passagens.

Além do veto ao despacho gratuito das bagagens…

Bolsonaro sancionou outros trechos da medida provisória nesta quarta-feira.

Pelo texto aprovado, a Anac passa a ter mais controle regulatório sobre a criação e a extinção de tarifas aeroportuárias devidas por companhias aéreas e passageiros pelo uso da infraestrutura, esclarece o governo.

"Ao mesmo tempo, é retirada da lei a lista das tarifas incidentes, como embarque, conexão, pouso e armazenagem", acrescenta a nota oficial.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies