🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Olha o Gol

Boeing 737-8 Max é autorizado a retornar operações no Brasil pela Anac

A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
25 de novembro de 2020
18:00 - atualizado às 18:17
Boeing 737 da Ukrainian international airlines (UIA). Setembro de 2019 - Imagem: Shutterstock

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) finalizou, nesta quarta-feira (25), o trabalho independente para autorizar novamente a operação dos aviões modelo Boeing 737-8 Max no Brasil.

Leia também:

A validação das modificações, que tem um processo de aproximadamente dois anos, foi feita pela Anac após a aprovação da autoridade certificadora Federal Aviation Administration (FAA, agência de aviação civil dos Estados Unidos). A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

No último dia 18, a FAA já havia dado o sinal verde. A demora para a liberação sair aqui no Brasil é considerada normal, já que a Anac também participou do processo com a agência norte-americana.

Em nota, a agência afirmou que a aprovação do novo projeto do Boeing 738-8 Max juntou apenas as quatro autoridades de aviação que compõe o fórum Certification Management Team (CMT): a autoridade da União Europeia (Union Aviation Safety Agency (EASA)), a do Canadá (Transport Canada Civil Aviation (TCCA)) e a Anac, que discutiram juntamente com a FAA quais seriam as exigências para o retorno do modelo de aeronave às operações.

As exigências incluíram:

  • A determinação para a reconfiguração do sistema de controle de voo desse modelo de aeronave;
  • a correção do roteamento do conjunto de cabos;
  • revisões de procedimentos incorporados ao manual de voo;
  • testes de recalibração dos sensores;
  • revisão do programa de treinamento dos pilotos.

Agora, as companhias aéreas precisam realizar as alterações prometidas (juntamente com o treinamento dos pilotos). A Gol já disse que deve levar cerca de um mês para realizar todas as alterações na sua frota. Na sua frota, a aérea tem sete Max na sua frota, sem contar com os que já foram encomendados.

O superintendente de Aeronavegabilidade da Anac, Roberto Honorato, disse que "as modificações e procedimentos revisados fornecem total confiança para a retomada das operações do Boeing 737-8 Max no Brasil".

*Com informações de Estadão Broadcast.

Compartilhe

DUAS VEZES, NÃO

Uma bagagem, uma tarifa extra: Bolsonaro veta o despacho gratuito em voos

15 de junho de 2022 - 9:50

Essa é a segunda vez que o presidente veta o despacho gratuito das bagagens; a tarifa extra é cobrada desde 2016

TRIPULAÇÃO, PREPARAR PARA A DECOLAGEM

Campeã do Ibovespa, Embraer (EMBR3) inicia processo de certificação do seu ‘carro voador’ com a ANAC

10 de fevereiro de 2022 - 16:10

Dona do melhor desempenho no Ibovespa em 2021 terá ações de controlada responsável pelo eVTOL negociadas na NYSE

BOA NOTÍCIA

Depois da turbulência: Itapemirim firma compromisso com Procon-SP para reembolsar consumidores que reclamarem

28 de dezembro de 2021 - 18:28

Penalidade pode chegar a R$ 5 milhões com descumprimento de termo assinado hoje. Suspensão temporária das operações da ITA, o recém inaugurado braço aéreo do grupo, aconteceu no dia 17 e levou caos aos aeroportos.

Novas concessões

Anac aprova edital da 7ª rodada de leilões de aeroportos, que inclui Congonhas e Santos Dumont

21 de dezembro de 2021 - 15:00

A documentação, agora, será analisada pelo TCU; o governo espera que os novos leilões de aeroportos sejam feitos no 1º semestre de 2021

De quem é a culpa?

Golpe duro: CVC (CVCB3) despenca 7% após o fiasco da Itapemirim (ITA) e da Anac

20 de dezembro de 2021 - 14:19

As ações da CVC (CVCB3) se aproximam das mínimas após o caos gerado pelo fim das operações da Itapemirim (ITA), autorizadas pela Anac em maio

Preparar para decolagem

Renovação total: Gol faz acordo para adquirir aviões novos; veja os detahes

4 de agosto de 2021 - 7:51

Presidente da companhia aérea afirma que movimento é uma antecipação à esperada retomada da demanda por viagens após a pandemia

Airbus A320

Itapemirim começa a receber aeronaves para voos comerciais após Anac autorizar

9 de maio de 2021 - 17:54

A Itapemirim diz que a segunda aeronave Airbus A320 de sua frota deve chegar ao aeroporto de Confins (MG) neste domingo

diante da crise

Anac aprova reequilíbrio de R$ 1,27 bilhão para quatro aeroportos

24 de novembro de 2020 - 19:54

Terminais que foram beneficiados foram os aeroportos internacionais de Guarulhos (R$ 854,9 milhões), Brasília (R$ 184,8 milhões), Salvador (R$ 114,9 milhões) e Confins (R$ 111,1 milhões)

EFEITOS DA PANDEMIA

Anac aprova revisão extraordinária dos contratos de concessão de quatro aeroportos

16 de novembro de 2020 - 14:07

Objetivo é recompor equilíbrio-financeiro dos contratos, prejudicado pela crise da covid-19

após suspensão de voos

Anac avalia o retorno das operações do Boeing 737-8 MAX

14 de agosto de 2020 - 16:18

No Brasil, a Gol é a principal aérea que depende do modelo. A empresa tem hoje sete unidades na frota, que estão impedidas de voar, além de novas encomendas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar