Menu
2020-11-16T14:07:43-03:00
Estadão Conteúdo
EFEITOS DA PANDEMIA

Anac aprova revisão extraordinária dos contratos de concessão de quatro aeroportos

Objetivo é recompor equilíbrio-financeiro dos contratos, prejudicado pela crise da covid-19

16 de novembro de 2020
14:07
Aeroporto
Imagem: Shutterstock

A diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou revisão extraordinária do contrato de concessão de quatro aeroportos em razão dos prejuízos causados pela pandemia da covid-19. As decisões estão publicadas na edição desta segunda-feira (16) do Diário Oficial da União.

A primeira decisão refere-se ao Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS) e tem como objetivo recompor o equilíbrio econômico-financeiro do aeroporto em razão dos prejuízos causados pela pandemia. Segundo o despacho, o valor referente ao desequilíbrio verificado em 2020 corresponde a R$ 119,442 milhões.

Segundo a decisão, a recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato será realizada por meio da: revisão das contribuições fixa e variável devidas pela Concessionária a partir de 2020, após a anuência do Ministério da Infraestrutura; e majoração temporária de 15% (quinze por cento) das Tarifas previstas no Anexo 04 do Contrato de Concessão.

Em outra decisão, a diretoria da Anac aprova revisão extraordinária do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Fortaleza (CE).
Segundo o texto, o valor referente ao desequilíbrio verificado em 2020 corresponde a R$ 94,326 milhões. A recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato será realizada, após a anuência do Ministério da Infraestrutura, por meio da revisão das contribuições fixa e variável devidas pela Concessionária.

Também teve aprovada a revisão do contrato de concessão o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão, com o objetivo de recompor seu equilíbrio econômico-financeiro. O valor referente ao desequilíbrio verificado em 2020 corresponde a R$ 365,660 milhões.

"A recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato será realizada, após a anuência do Ministério da Infraestrutura, por meio da revisão das contribuições fixa, variável e mensal devidas pela Concessionária", diz o texto da decisão.

Por fim, também foi aprovada revisão do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Florianópolis (SC). O valor referente ao desequilíbrio verificado em 2020 corresponde a R$ 37,193 milhões.

No caso do aeroporto de Florianópolis, a recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato será realizada por meio da revisão da contribuição variável devida pela Concessionária a partir de 2020, após a anuência do Ministério da Infraestrutura; e majoração temporária de 15% (quinze por cento) das Tarifas de Embarque, Conexão, Pouso e Permanência.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Inovação

Petrobras lança plataforma de soluções finaneiras para fornecedores

A Petrobras informa que lançou o Programa Mais Valor, nova ferramenta de soluções financeiras para fornecedores. Segundo a estatal, o piloto começou na semana passada e, a partir do dia 30 deste mês, a ferramenta estará aberta às empresas interessadas em antecipar faturas com taxas mais competitivas. A expectativa da estatal é de que o […]

HOMEM NEGRO ESPANCADO

Carrefour reitera que está tomando medidas após morte de João Alberto de Freitas

Empresa divulga comunicado um dia após perder quase R$ 2 bilhões em valor de mercado por conta do episódio

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

abertura dos negócios

Ibovespa sobe 1% com bancos e Petrobras e busca 109 mil; dólar tem queda firme

Investidores reagem com busca por ativos da renda variável em meio a uma menor percepção de risco político nos Estados Unidos e ao otimismo com vacina

no topo do ranking

Elon Musk ultrapassa Gates e se torna o segundo homem mais rico do mundo

Essa é apenas a segunda vez em oito anos que Gates perde posições no ranking

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies