Menu
2019-05-21T19:16:58-03:00
Estadão Conteúdo
Novata no ar?

Anac deve aprovar autorização para Air Europa operar voos domésticos no país

Há expectativa de aprovação do processo incluído na pauta da reunião da direção do órgão marcada para 16h30 da quarta-feira

21 de maio de 2019
19:16
Avião da Air Europa
Air Europa - Imagem: Shutterstock

O pedido de autorização da Air Europa para operar voos domésticos no Brasil será avaliado na quarta-feira, 22 à tarde pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Há expectativa de aprovação do processo incluído na pauta da reunião da direção do órgão marcada para 16h30 da quarta-feira. Todos os documentos do processo foram entregues nesta terça, 21, pelos espanhóis.

Segundo uma fonte que acompanha o processo, o andamento da pedido pode ser considerado "bem avançado" e os diretores da agência já têm conhecimento detalhado dos planos da Air Europa no Brasil.

Na agência - que demonstra interesse na atração de estrangeiros, há expectativa de o pedido receber aprovação fácil dos três diretores que devem participar da reunião na tarde de quarta. A decisão precisa ser por unanimidade.

O problema atual, destaca a fonte, não está na autorização da Air Europa para voar no Brasil. "A maior dificuldade está no Congresso Nacional e saber se o texto da Medida Provisória que abre o mercado realmente será aprovado pelos parlamentares", disse.

Após negociação de última hora, o plenário da Câmara deve votar ainda nesta terça a MP que abriu o setor aéreo ao capital estrangeiro. A informação foi dada no meio da tarde pela líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

Essa MP foi editada no fim do ano passado pelo então presidente Michel Temer e permite que estrangeiros possam deter até 100% do capital das companhias aéreas brasileiras. Até a edição da matéria, o limite era de 20%. Para o governo, a permissão é necessária para garantir a competição no setor.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Nova realidade?

UBS prevê queda nos preços de minério de ferro e rebaixa Rio Tinto

Para os analistas, problemas com oferta no Brasil, intensificados pela pandemia, e atuação do governo chinês devem pressionar cotação do insumo

Muito além do pix

Bancos Centrais da Suíça e França testam transações com moedas digitais entre países

O experimento visa investir no mercado de empréstimos de “atacado” entre bancos, ao invés de transações públicas diárias, mas será o primeiro teste com as CBDC

COLUNA DO JOJO

Carteira Universa faz dois anos com 30 mil cotistas e ‘goleando’ o CDI; conheça

Ele é um fundo que atinge, na veia, a ideia do Felipe Miranda, que também é a minha: é possível que o varejo invista de forma praticamente idêntica à major league. O público geral não precisa ficar preso às armadilhas dos investimentos ruins.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies