O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-05T18:55:12-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
recalculando rota

BTG corta estimativa para o dólar no final do ano. É hora de comprar?

Projeção do BTG Pactual para o dólar sofreu um corte de R$ 0,60 em relação à estimativa anterior. Dólar mais fraco pode ter prazo curto

5 de abril de 2022
18:27 - atualizado às 18:55
Montagem com uma cédula de dólar, à esquerda, e uma de real, à direita, simbolizando a taxa de câmbio
Dólar está em trajetória de queda em relação ao realImagem: Shutterstock

Em meio à trajetória de queda do dólar nas últimas semanas, o BTG Pactual decidiu revisar suas projeções para a quantas andará o câmbio no final do ano.

Para o banco, o dólar encerrará 2022 no patamar de R$ 4,80, um pouco acima do valor de fechamento desta terça-feira, de R$ 4,6591.

Considerando essa projeção, comprar dólar agora pode ser uma boa pedida, mas a estimativa do BTG não significa que a moeda não vai cair mais ao longo dos próximos meses.

É importante notar que a projeção anterior do BTG, divulgada em março, era de que o dólar chegaria ao final de 2022 cotado a R$ 5,40.

Afinal, o que levou o BTG a fazer um corte de 60 centavos na estimativa do dólar de um mês para outro?

Vamos recapitular como chegamos até aqui.

A invasão da Ucrânia pela Rússia trouxe um efeito em cadeia nos indicadores macroeconômicos.

Devido a ambos os países serem grandes produtores de commodities, a guerra trouxe volatilidade nos preços.

Isso fez disparar as expectativas de inflação, motivando bancos centrais no mundo inteiro a anteciparem a redução de estímulos monetários.

Todo esse movimento deveria fortalecer o dólar em relação a outras moedas, uma vez que o dólar é considerado um investimento seguro. Tanto é verdade que o índice DXY, que mede o dólar ante uma cesta de moedas fortes, tocou a máxima em quase dois anos.

Mas não foi o que aconteceu no Brasil. Por aqui, a elevação dos preços do petróleo, minério de ferro e grãos melhoraram a balança comercial. Segundo o BTG, isso justifica "o ingresso mais robusto do fluxo de capitais estrangeiros para o mercado doméstico."

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM: lá você vai receber análises de mercado, notícias exclusivas, insights de investimentos em ações, criptomoedas, renda fixa e dicas de carreira; basta clicar aqui

Comprar dólar: agora ou nunca?

Porém, esse cenário pode ter prazo curto. O BTG ressalta que o quadro inflacionário americano pode interromper a apreciação do real. O banco acredita que as taxas de juros nos EUA devem encerrar 2022 entre 2,75% e 3,00% e fechar 2023 entre 3,75% e 4,00%.

"Com estes fatores na mesa, entendemos que o DXY tende a se fortalecer e o Real perder parte da atual apreciação", diz o BTG.

Além disso, o debate sobre política fiscal do próximo governo deve se intensificar conforme nos aproximamos das eleições, o que deve colocar mais risco no mercado local.

Como o câmbio é tão fácil de prever quanto os números da Mega Sena, é possível encontrar argumentos tanto a favor de comprar dólar agora, quanto contra.

Por isso, o Seu Dinheiro traz sempre análises que podem ajudar na sua tomada de decisão. A coluna do editor da Empiricus Matheus Spiess desta terça-feira (5) explica em detalhes sobre a janela de oportunidades que o dólar a R$ 4,60 traz. Confira!

Além disso, soltamos no nosso Instagram duas análises exclusivas sobre o dólar: uma de gestores que acreditam que é hora de comprar dólar. E outra que acredita que é para ficar fora da moeda por enquanto. Confira abaixo pelo nosso Instagram e aproveite para nos seguir (basta clicar aqui). Lá você vai receber análises de mercado, reportagens exclusivas, insights de investimentos em ações, criptomoedas, renda fixa e dicas de carreira:


Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies