Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-08T11:22:05-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Um mapa para o labirinto dos investimentos: confira o melhor do Seu Dinheiro nesta semana

Não existe fórmula mágica que garanta retornos expressivos; é preciso entender exatamente os riscos e incertezas inerentes às inúmeras alternativas de alocação

8 de janeiro de 2022
11:22
Mapa do tesouro e bússola
Imagem: Shutterstock

Investir está longe de ser uma tarefa trivial: não há fórmula mágica que garanta retornos expressivos — é preciso entender exatamente os riscos e incertezas inerentes às inúmeras alternativas de alocação dos recursos.

Quais as melhores ações da bolsa? Quais títulos de renda fixa oferecem as perspectivas mais promissoras? Quais criptomoedas oferecem os maiores potenciais de alta? A resposta para cada uma dessas perguntas é complexa, com uma série de variáveis a serem levadas em conta.

Dito isso, o ano de 2022 traz consigo um sem-número de questões difíceis a serem consideradas. A inflação está subindo no mundo todo; os bancos centrais estão elevando os juros para conter a alta de preços; as variantes da Covid-19 continuam a ameaçar o ritmo da atividade global.

E, no Brasil, as eleições presidenciais criam uma camada adicional de instabilidade aos ativos domésticos — e isso sem falar na persistência das dificuldades econômicas vistas no nosso país.

Para quem está começando no mundo dos investimentos, esse cenário é assustador. O labirinto de possibilidades, com curvas e bifurcações a cada passo, pode trazer uma desorientação paralisante. Desbravar sozinho esses caminhos tortuosos é um duro desafio.

E é por isso que o Seu Dinheiro preparou um mapa para que você não caia numa rota sem saída. Desde o começo do ano, estamos publicando matérias especiais para explicar o cenário e as boas escolhas em cada classe de ativos.

A série "Onde Investir em 2022" já mostrou os caminhos para a bolsa, a renda fixa, as criptomoedas e os fundos imobiliários no ano — e, ao longo da próxima semana, continuaremos analisando outras classes de investimentos.

O texto mais recente, da repórter Larissa Vitória, mostra as perspectivas para os FIIs nos próximos 12 meses, explicando os riscos e as oportunidades que estão adiante. A íntegra está aqui — e, dentro dela, você tem acesso às demais matérias publicadas na semana.

O mapa desse labirinto, no entanto, ainda não está completo. Faltam dos capítulos, que serão publicados nos próximos dias:

  • BDRs e ações estrangeiras, na segunda (10);
  • Dólar, ouro e proteções, na quarta (12).

Veja abaixo os demais destaques do Seu Dinheiro neste início de ano:

1. Touros e Ursos

O podcast Touros e Ursos está de volta! E a temporada 2022 do programa de áudio do Seu Dinheiro começou com um debate quente: afinal, quem vence a disputa entre bolsa e renda fixa em 2022?

A nossa equipe discutiu as perspectivas para esses dois mercados; para ouvir a íntegra desse primeiro episódio, é só clicar aqui. O Touros e Ursos irá ao ar às sextas-feiras — para não perder nenhum programa, siga o perfil do Seu Dinheiro no Spotify e nos demais tocadores de podcast.

2. Começando com o pé esquerdo

Quem olha para o desempenho do Ibovespa na última sexta-feira (7) pode ter a impressão que a bolsa brasileira quer recuperar o tempo perdido: o índice fechou o pregão nas máximas, em alta de 1,14%.

No entanto, os ganhos da última sessão da semana apenas amenizaram as fortes perdas vistas nos últimos dias — mesmo com esse avanço, o Ibovespa amargou uma baixa de 2% na semana. Incertezas econômicas, variante ômicron, Fed mais agressivo... tudo contribuiu para pressionar o mercado. A Julia Wiltgen e o Renan Sousa contaram como foi a semana para a bolsa brasileira.

3. O Fed com a faca nos dentes

E, falando em Fed mais agressivo: o banco central americano mostrou que não está para brincadeira em 2022. A ata da última reunião de política monetária mostrou que o processo de elevação de juros nos EUA deve começar mais cedo que o esperado pelo mercado.

Com isso, a festa da liquidez e a fartura de recursos está com os dias contados — o que abalou as bolsas no mundo todo e trouxe ainda mais dificuldades aos ativos de risco, como as ações de mercados emergentes. A Carolina Gama explicou os detalhes da ata do Fed neste texto.

4. A XP está com fome

Na XP, o lema 'ano novo, vida nova' parece ser levado a sério: logo nos primeiros dias do ano, o grupo anunciou a compra de uma fatia da Suno e a aquisição do Banco Modal.

Essa última, revelada na sexta (7), pegou muitos investidores de surpresa: a XP avaliou o Modal em cerca de R$ 3 bilhões, fortalecendo suas bases na guerra das plataformas de investimento. O Vinícius Pinheiro analisou a operação e trouxe os pormenores de mais uma grande fusão no mercado brasileiro.

5. Criptocrise?

No mundo das criptomoedas, o Bitcoin (BTC) não está em sua melhor fase: a maior moeda digital do mundo amargou perdas de mais de 10% na primeira semana de 2022, retornando ao patamar dos US$ 41.700.

A proximidade da alta de juros nos EUA tira parte do apelo dos ativos de risco, como as criptomoedas, e ajuda a explicar o baque. No entanto, há muitos outros fatores afetando o desempenho do Bitcoin — e o Renan Sousa elenca todos eles no balanço semanal das criptos.

Um bom sábado e um ótimo fim de semana a todos!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

BATALHA PELO CLIQUE

Mercado Livre lidera, mas Shopee avança em ranking de sites de comércio eletrônico mais acessados em dezembro; confira a lista

Americanas e Amazon completam o pódio dos sites com maior acesso. Site de viagens Booking ganhou oito posições e é o único do setor de turismo na lista

SEM ESPAÇO NO ORÇAMENTO

Servidores iniciam manifestação e prometem greve para fevereiro, mas Mourão diz que não há espaço para reajustes

Na peça aprovada no Congresso em Dezembro foi incluída uma previsão de R$ 1,7 bilhão para reajustes de salários do funcionalismo, contudo, a a categoria que seria beneficiada não foi especificada

NA CORRIDA PELA MINERAÇÃO

Intel planeja entrar no lucrativo ramo de mineração de criptomoedas e competir com Nvidia, a próxima empresa de US$ 1 trilhão

A escassez de condutores e semicondutores pode atrapalhar os planos da empresa, que divulgará o novo chip em fevereiro deste ano

TECHS SOFREM

Por que a alta dos juros nos EUA derruba as ações de Locaweb (LWSA3) e Inter (BIDI11) na B3?

O movimento com as ações ligadas ao setor de tecnologia na B3 ocorre desde o início do ano. Os papéis da Locaweb, por exemplo, acumulam queda de 40% apenas nos primeiros dias de 2022

FOLLOW ON

BRF definirá dia 1º preço da ação no follow on, que pode girar cerca de R$ 8 bi

A operação pode abrir o caminho para a Marfrig assumir o controle da BRF

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies