🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FECHAMENTO DO DIA

Temores com alta dos juros nos EUA interrompem sequência de ganhos do Ibovespa e índice recua 0,75% na semana; dólar fecha em queda de 0,2%, a R$ 4,77

O responsável por estragar o happy hour da B3 foi uma notícia que é positiva para a população norte-americana, mas péssima para as bolsas: a forte criação de empregos em maio

Larissa Vitória
Larissa Vitória
3 de junho de 2022
18:26 - atualizado às 0:03
Ibovespa queda bolsa fundos imobiliários
Imagem: Shutterstock

Fora o tropeço na segunda-feira (30), o Ibovespa caminhava para encerrar a semana no azul, com uma sequência de quatro altas consecutivas. Mas, eis que, nesta sexta-feira (3), caiu água no chopp do principal índice acionário brasileiro.

E o responsável por estragar o happy hour da B3 foi uma notícia que é positiva para a população norte-americana, mas péssima para as bolsas: a forte criação de empregos em maio.

Um mercado de trabalho aquecido — foram criadas 390 mil vagas no mês, número superior às projeções — é um incentivo para que o Federal Reserve (Fed) mantenha o pé no acelerador do aperto monetário. 

Para completar o cenário em Wall Street, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, disse que apoia aumentos agressivos de juros, pois não viu evidências suficientes de que a inflação atingiu o pico.

Com os temores renovados, os índices de Nova York fecharam o dia com quedas bruscas de 1% a 2,5%, pesando no mercado brasileiro.

Por aqui, um velho conhecido também deu as caras: o risco fiscal. A renovação das preocupações nessa área ocorreu após o governo admitir que não descarta apelar para novo estado de calamidade pública.

A sinalização assusta porque, às vésperas da corrida eleitoral, abriria espaço para gastos com medidas eleitoreiras, como o subsídio para amenizar a alta nos combustíveis e auxílios para caminhoneiros — uma das bases do presidente Jair Bolsonaro na eleição de 2018.

O resultado dos ruídos internos e externos foi a queda de 1,15% do Ibovespa hoje. O resultado apagou os ganhos dos últimos três dias e levou o índice a encerrar a semana em baixa de 0,75%.

Já o dólar experimentou grande volatilidade hoje. A moeda norte-americana passeou pelos campos positivo e negativo ao longo do dia, mas fechou a sexta-feira em queda de 0,20%, a R$ 4,7787. Na semana, o resultado foi um avanço de 0,85%.

Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

CÓDIGONOME ULT  FEC 
DI1F23DI jan/2313,42%13,44%
DI1F25DI Jan/2512,43%12,45%
DI1F26DI Jan/2612,37%12,30%
DI1F27DI Jan/2712,31%12,35%

Por que a criação de vagas assusta Wall Street?

A estabilidade de preços e o pleno emprego fazem parte do mandato duplo do banco central norte-americano, estabelecido pelo Congresso.

Com a casa em ordem do lado do mercado de trabalho, a tarefa do Fed agora é fazer a inflação voltar para a casa de 2% ano, e isso só é possível com o aumento da taxa de juros.

O lado positivo do relatório sob a ótica do mercado é que a taxa de desemprego permaneceu inalterada em 3,6%, enquanto os salários — que muitos acreditam que desempenharão um papel fundamental para determinar se a inflação elevada se consolida — desaceleraram.

E os índices de Wall Street não sentiram sozinhos o peso de um relatório de emprego acima do esperado e das consequências para a política do Fed. 

Os mercados europeus também fecharam em baixa nesta sexta-feira, com traders digerindo os dados do mercado de trabalho dos EUA. 

O índice FTSE 100, do Reino Unido, permaneceu fechado para as celebrações do Jubileu de Platina da Rainha. Mas o alemão DAX caiu 0,2%, o francês CAC recuou 0,3% e o italiano FTSE MIB baixou 1,1%. 

A surpresinha do governo

Como se não bastasse o exterior pesando para o Ibovespa, o cenário interno tumultuou os negócios hoje.

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, revelou que o governo não descarta decretar estado de calamidade pública novamente.

“A população está sofrendo hoje. Eu não vejo necessidade desse estado de calamidade atualmente, mas se chegar a um ponto de uma situação como essa, nós teremos que decretá-la”, declarou em entrevista à CNN Brasil.

Os técnicos do ministério da Economia já se declaram contrários à medida, que abriria espaço para gastos extraordinários.

Mas, com a aproximação das eleições, uma possível verba para medidas que aumentariam a popularidade do presidente Jair Bolsonaro é sempre considerada pelo núcleo político do governo.

Sobe e desce do Ibovespa

As ações ligadas às commodities metálicas foram o destaque positivo do Ibovespa nos últimos dias, mas, nesta sexta-feira, seu movimento de realização ajudou a pressionar o índice.

Ainda assim, elas não dominaram a ponta negativa. As maiores quedas do dia vieram de dois outros setores que sentem fortemente os temores de alta nos juros: tecnologia e varejo.

Confira as maiores quedas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
CASH3Meliuz ONR$ 1,80-6,74%
YDUQ3Yduqs ONR$ 15,70-5,71%
AMER3Americanas S.AR$ 18,41-5,78%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 3,58-5,79%
HAPV3Hapvida ONR$ 6,33-4,24%
Fonte: B3

Veja também quais papéis mais subiram hoje:

CÓDIGONOMEULTVAR
NTCO3Natura ONR$ 17,602,86%
PETR3Petrobras ONR$ 33,782,61%
QUAL3Qualicorp ONR$ 11,761,99%
PETR4Petrobras PNR$ 30,251,65%
GETT11Getnet unitsR$ 4,541,57%
Fonte: B3

*Colaborou Carolina Gama

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies