O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-04T17:05:01-03:00
Carolina Gama
FECHAMENTO DO DIA

Explosão de alta: S&P 500 tem maior ganho desde maio de 2020 com ajuda do Fed; confira a reação das bolsas nos EUA

O banco central norte-americano elevou a taxa básica novamente hoje e em grau maior do que o aumento realizado em março: 0,50 ponto percentual, colocando os juros na faixa entre 0,75% e 1,00% ao ano

4 de maio de 2022
17:02 - atualizado às 17:05
bandeira dos estados unidos em wall street
Imagem: Shutterstock

O S&P 500, o Nasdaq e o Dow Jones tiveram uma explosão de ganhos nesta quarta-feira (04) graças ao Federal Reserve (Fed) — que também de uma forcinha para o setor de tecnologia avançar. 

O banco central norte-americano elevou a taxa básica novamente hoje e em grau maior do que o aumento realizado em março: 0,50 ponto percentual, colocando os juros na faixa entre 0,75% e 1,00% ao ano. 

Essa elevação foi amplamente antecipada, mas o que chamou atenção dos investidores foi a declaração do presidente do Fed, Jerome Powell. Ele descartou um aperto monetário ainda mais agressivo na campanha do banco central norte-americano de combate à inflação.

“Um aumento de 0,75 pp não é algo que o comitê esteja considerando ativamente”, disse Powell, acrescentando que espera que a inflação se estabilize com as recentes ações do Fed. 

A declaração fez o S&P 500 atingir o maior ganho desde maio de 2020 e também ajudou o setor de tecnologia a avançar, liderado pela Apple, enquanto os juros dos títulos do Tesouro dos EUA caíram. 

Além do aumento de 0,50 pp da taxa de juros — que deve se repetir pelo menos das duas próximas reuniões, segundo Powell — o Fed também indicou que vai iniciar a redução de seu balanço de ativos de US$ 9 trilhões em junho. 

Confira a variação e a pontuação dos principais índices de ações dos EUA:

  • Dow Jones: +2,82%, 36.0,61,72 pontos
  • S&P 500: +2,99%, 4.300,39 pontos
  • Nasdaq: +3,19%, 12.964,86 pontos

S&P 500 sobe, mas e as bolsas da Europa?

As bolsas europeias fecharam em baixa nesta quarta-feira, com os investidores aguardando uma decisão de política monetária do Federal Reserve.

O pan-europeu Stoxx 600 recuou 1%. As ações de varejo caíram 2,3% para liderar as perdas, já que a maioria dos setores e principais bolsas ficaram em território negativo.

  • Londres: -0,90%
  • Paris: -1,24%
  • Frankfurt: -0,49%

Além da decisão do Fed, que saiu depois que os mercados europeus fecharam, os resultados lucros corporativos continuaram como um dos principais impulsionadores do movimento individual dos preços das ações na Europa. Volkswagen, UniCredit e Enel estavam entre os que divulgaram seus resultados nesta quarta-feira.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies