O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-23T17:01:54-03:00
Carolina Gama
FECHAMENTO DO DIA

Temores de inflação voltam a assombrar Wall Street; S&P 500, Nasdaq e Dow Jones fecham com mais de 1% de queda

O petróleo tipo Brent avançou quase 5%, para US$ 120 o barril; na Europa, as bolsas encerraram o dia em baixa, com os investidores avaliando também a invasão da Ucrânia pela Rússia

23 de março de 2022
17:01
Bandeira EUA
Imagem: shutterstock

Os temores de uma inflação ainda mais elevada voltaram a assombrar os investidores nesta quarta-feira (23) em meio ao avanço dos preços do petróleo. Com isso, o S&P 500, o Nasdaq e o Dow Jones acabaram encerrando o dia com perdas superiores a 1%. 

O petróleo tipo Brent — referência no mercado internacional — avançou quase 5% para US$ 120 o barril. O petróleo WTI, dos Estados Unidos, teve alta de cerca de 4%, para mais de US$ 114 por barril.

Esse avanço fez o S&P 500 e dos demais índices da Bolsa de Nova York tropeçarem, pressionados pelos temores de impacto da inflação no crescimento global em um momento em que o Federal Reserve (Fed) continua a falar de aumentos mais rápidos na taxa de juros. 

Na terça-feira (23), o presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, enfatizou a necessidade de o banco central note-americano agir mais rápido e de forma mais agressiva no aumento da taxa de juros para conter a aceleração da inflação.

Os comentários vieram um dia depois de o presidente do Fed, Jerome Powell, dizer que o banco central estaria preparado para ir além da elevação de 0,25 ponto percentual (pp) nas próximas reuniões para garantir o retorno da estabilidade de preços. 

  • Dow Jones: -1,29%, 34.357,77 pontos
  • S&P 500: -1,23%, 4.456,12 pontos
  • Nasdaq: -1,32%, 13.922,60 pontos

Os desenvolvimentos da guerra entre Rússia e Ucrânia também continuaram no radar dos investidores. Amanhã, a invasão russa completa um mês e o fim do conflito não parece próximo — pelo menos não até o momento. 

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

Bolsas na Europa acompanham S&P 500?

Assim como o S&P 500 e os demais índices de Wall Street, as bolsas europeias fecharam em baixa nesta quarta-feira, com os investidores avaliando as preocupações com a inflação e a invasão da Ucrânia pela Rússia.

  • Londres: -0,22%
  • Paris: -1,17%
  • Frankfurt: -1,31%

O Stoxx 600 pan-europeu fechou em queda de 1%, com quase todos os setores e principais bolsas em território negativo. As ações de serviços públicos caíram 2,5% para liderar as perdas, enquanto as ações de petróleo e gás resistiram à tendência de queda e aumentaram 2%.

As principais notícias econômicas do dia vieram do Reino Unido, onde o ministro das Finanças Rishi Sunak anunciou um corte imediato nos impostos para os trabalhadores em uma tentativa melhorar o padrão de vida dos britânicos. 

A inflação no Reino Unido chegou a 6,2% ao ano em fevereiro, a maior desde março de 1992, à medida que os custos crescentes de alimentos, combustíveis e energia continuam a aprofundar a crise de custo de vida do país.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies